Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

23
Ago17

Eduardo Madeira Convida [Força de Produção]


O Informador

eduardo madeira convida.png

Eduardo Madeira já tinha o meu Gosto, mas após assistir a uma sessão de Eduardo Madeira Convida no Teatro Villaret posso garantir que passou a ser um dos preferidos na arte de fazer rir. Sim, fazer rir é arte porque não é para todos, é para quem sabe e olhem que andam por ai muitos piadolas com a mania que têm graça, mas que se esquecem dela em algum local reservado.

Num espetáculo que todas as semanas  recebe diferentes convidados, Eduardo Madeira apresenta dentro do seu estilo uma produção que arranca gargalhadas, aplausos e assobios do início ao final de cada sessão. As piadas, a crítica, o estilo, a graça, o contéudo... Tudo isto num palco sem cenário e que acaba por ser uma mixórdia entre cadeiras, microfones e garrafas de água porque todos usam mas ninguém arruma a sala de estar para quem aparece a seguir.

Eduardo Madeira entra em palco e as suas histórias com imitações a par de temas compostos e interpretados excelentemente (mal) por si dão o mote para o que se irá passar a seguir. O desenrolar da noite vai acontecendo sempre com o artista a seguir o seu guião mas dando ouvidos ao que o público vai dizendo para colocar piadas onde o ambiente político e os famosos não escapam a uma ironia com estilo e não com piadas secas e sem maneiras. Intercalando entre os seus momentos e os convidados, Madeira sai de cena para receber os seus amigos em noites onde prevalece a união entre o stand up comedy, a música e o que cada convidado e o próprio anfitrião souberem fazer de melhor. 

Assisti à sessão em que a noite foi também abrilhantada por Luís Filipe Borges, o Boinas, para os mais distraídos, pela dupla Sousa & Abreu que não tem o estilo que aprecio mas que mesmo assim conseguiram fazer-me rir e pela voz do fadista Ricardo Ribeiro que a par do canto ainda conseguiu entrar com a sua presença em palco no espírito cómico do momento. Bons convidados numa noite de muito riso e bom fado!

20
Jul17

Um Mundo de Pernas Para o Ar [Elan Mastai]


O Informador

um mundo de pernas para o ar.jpg

Autor: Elan Mastai

Editora: Bertrand Editora

Edição: 1ª Edição

Lançamento: Julho de 2017

Páginas: 384

ISBN: 978-972-25-3346-1

Classificação: 2 em 5

 

Sinopse: Estamos em 2016 e no mundo de Tom Barren a tecnologia solucionou os grandes problemas da humanidade: não há guerra, nem pobreza, nem abacates pouco maduros. Infelizmente, Tom não é um homem feliz. Perdeu a rapariga dos seus sonhos. E o que é que uma pessoa faz quando está de coração partido e depara com uma máquina do tempo? Faz uma estupidez.

Agora Tom dá por si numa realidade paralela aterradora (que nós reconhecemos logo como sendo o nosso 2016) e só pensa em corrigir o erro e voltar para casa. Mas é então que descobre uma versão encantadora da sua família, da sua carreira e de uma mulher que pode muito bem ser a mulher da sua vida.

Tem agora de enfrentar uma escolha impossível. Regressar para a sua vida perfeita, mas pouco emocionante, ou permanecer na nossa realidade, um mundo caótico, mas onde terá ao seu lado a sua alma gémea. À procura da resposta, Tom é levado numa viagem pelo tempo e pelo espaço, tentando perceber quem é de facto e qual será o seu futuro.

Cheio de humor e emoção, um livro inteligente e caloroso que é uma poderosa história de vida, de perdas e de amor.

 

Opinião: Um Mundo de Pernas Para o Ar prometia sim, mas não me conseguiu conquistar e acabei por chegar ao final desta leitura com um peso e com um grande prolongamento temporal que não era esperado. 

Comecei entusiasmado e consegui entrar facilmente na leitura, passando entre o real e o mundo criado para lá da mente, mas aos poucos fui perdendo o brilho que senti pelos primeiros capítulos até que cheguei a uma fase em que me obriguei a levar a leitura em diante porque não sou de deixar livros a meio. Genericamente não sou apreciador de ficção cientifica e mesmo em termos cinematográficos é um estilo que opto por não ver, mas pensei que este romance teria os ingredientes secretos para me conquistar mas nem a comédia me conseguiu alegrar ao longo das demoradas e arrastadas horas em que me dediquei a este livro. 

Tenho noção sobre a ideia base do autor e acho que tinha condições para a criar, elaborando conteúdo mas o que enrolou a meio e a forma apressada como terminou esta história de mundos paralelos acabou por me deixar mesmo em algum local onde o seguimento lógico da obra não estava. A tentativa de juntar o romance com a ficção cientifica e uns pozinhos de comédia poderia ter corrido bem, mas dos três o que melhor foi explorado foi mesmo a parte romanceada e um pouco da vida familiar, tendo o resto passado ao lado da essência, sem exploração de casos. Elan Mastai talvez por querer mostrar demais acabou por deixar escapar uma história que se tivesse sido melhor explorada e mais expostas teria corrido melhor. 

06
Set16

Faz-te ao Largo


O Informador

faz-te ao largo.jpg

Carlos Cabral escreveu, Rui de Matos encenou e Alberto Villar e Carlos Quintas protagonizam a peça Faz-te ao Largo que se encontra em cena no Teatro Armando Cortez de 1 a 18 de Setembro, numa curta temporada por Lisboa a anteceder a digressão nacional que já começa a ficar agendada.

Um grupo de amigos decidiu avançar com um projeto para dar visibilidade aos autores nacionais que tantas vezes são esquecidos pelo nosso teatro em detrimento da aquisição de textos de sucesso internacional. Assim nasceu a peça Faz-te ao Largo, através do esforço de pessoas que acreditam que o teatro em Portugal está vivo e há que dá valor ao que é feito por cá do início ao fim. 

Com um cenário simples, a pensar na digressão do espetáculo, e somente com dois atores em palco do início ao fim, esta comédia une dois antigos conhecidos de guerra num só espaço, um quarto alugado a uma senhoria que embora ausente também faça parte da história. 

O convívio e conhecimento de outros tempos dão o mote para que tudo se inicie quando Zorba e Anselmo se encontram pela primeira vez em Lisboa, várias décadas depois dos contactos anteriores. Se de início as coisas não correm bem, ao longo da sessão o público é convidado a assistir a bons momentos entre os dois mas também a várias quezílias, tudo devido à insistência de Zorba para a falcatrua em forma de burla que ao ser confrontado com os cuidados de Anselmo percebe que não conseguirá dar o golpe do baú a mais um, como tem feito ao longo da sua vida. Vários momentos de brincadeira, conversa e discussão são vividos em palco através dum reencontro após quarenta anos da estadia por uma ex-colónia portuguesa. 

Uma comédia da Jafes Produções com a ajuda da Yellow Star Company que viu assim a luz do dia e que convida o público a presenciar duas vidas tão distintas, a de Zorba que assim que vê algum dinheiro não resiste a esbanjar e a de Anselmo, o homem controlado nas contas e que não cai em armadilhas, mesmo de velhos conhecidos com olho para o engano. 

29
Jun16

Vencedores de GOD [01-07-2016]


O Informador

Joaquim Monchique está em GOD e O Informador teve em passatempo dois convites duplos para oferecer aos leitores do blog que tentaram a sua sorte para assistirem ao prolongamento desta divinal comédia pelo Auditório dos Oceanos do Casino Lisboa. Com sessão atrás de sessão esgotada e também com a crítica do seu lado, este espetáculo que já correu mundo e que chegou até nós através da Força de Produção despede-se ao longo do mês de Julho do público lisboeta, estando no entanto já agendada a temporada pelo Porto de 04 a 27 de Novembro. 

Como todos os desafios para vos presentear têm um início e um fim, o momento de revelar o nome dos vencedores destes convites chegou, dando assim por finalizado este passatempo que poderá ter nova edição daqui a uns tempos. Sendo assim, as duas vencedoras que irão ter à sua espera convites duplos para GOD pela próxima Sexta-feira, 01 de Julho, são a Anabela Carvalho e a Maria Baião, que irão ser contactadas via email com a informação sobre o levantamento dos bilhetes.

03
Ago15

Mínimos


O Informador

12345.jpg

Prometia, tem cumprido junto da maioria do público mas não me convenceu! É certo que gostei e soltei várias gargalhadas ao longo dos noventa minutos de Mínimos, no entanto não sai da sala de cimena com a sensação que esperava.

Usando a boa fama que os pequenos bonecos amarelos conseguiram junto dos fãs em Gru, o Maldisposto, a aposta é certeira num filme protagonizado pelos verdadeiros heróis de outrora, no entanto podiam ter feito um outro enredo em detrimento das perseguições onde os maus da fita existem sempre.

Não gosto de ver filmes animados onde tudo se baseia nos bonecos andarem atrás dos vilões para salvarem a honra do convento, neste caso a honra da coroa. Qual a razão de não terem feito o filme com os Mínimos com uma história familiar e bem mais animada sem armas e maroscas para conseguirem alcançar o que tanto queriam?

Certo que os pequenos vivem em comunidade e protegem-se mutuamente, lutando como um todo e passando uma grande mensagem nesse campo, no entanto esse estilo é deveras irritante nos momentos em que Scarlett interege com a comunidade amarela de forma completamente desnecessária.

01
Ago15

EDP cobra-me €0,01


O Informador

edp.jpg

Contado ninguém acredita! Ontem cheguei a casa e a minha mãe passado um bocado diz-me que se esqueceu de ir pagar a fatura de €0,01 que tinha chegado com o acerto da conta da luz! Sim, também não acreditei que seria possível a EDP enviar uma fatura com esta quantia em detrimento de juntar a porra do cêntimo com a conta do próximo mês!

Em que país é que vivemos mesmo para se gastarem folhas, envelopes e o tempo dos contribuientes com a finalidade de pagarem o que custa menos do que o valor gasto para emitirem o aviso? É verdade que com cêntimo a cêntimo fazem-se milhões, mas também é verdade que pelo próximo mês estaremos por cá para pagar a conta normal onde mais uma pequena moeda não faria a diferença!

Podemos rir com esta fatura? Podemos sim senhor!

10
Mar15

Coisas que me fazem rir


O Informador

Um tema bem promissor este que A Mulher Que Ama Livros e o Homem Certo em trio comigo escolheram para começar a Tag ComCanela, o início de um desafio mensal que terá temas para todos os gostos a partir de agora! Somos três amigos, três blogs e três ideias diferentes sobre a vida, o mundo e a sociedade em que circulamos de um lado para o outro como baratas tontas que não sabem onde circular para atingirem os seus objetivos a longo prazo. Senhoras e Senhores, tem aqui início o texto Coisas que me fazem rir...

 

Antes de mais afirmo que não sou de riso fácil! Sou simpático, gosto de sorrir para quem também sorri na minha direcção só que no fundo quando existem conversas e temas onde muitos conseguem largar risos em alto e bom som ou somente risinhos envergonhados e com alguns problemas sonoros eu nem sempre o consigo fazer, tendo de estar mesmo à-vontade com a situação e perceber totalmente a piada das coisas!

O que me pode fazer rir e que até acabou por dar origem a este texto é algo nojento, ou talvez um derivado da sanita ou do penico dos mais novos. Falo do cocó, em estado líquido, sólido ou sem género! Falar e contar histórias que envolvem cocó, sujidade e afins, imaginando as situações que são relatadas é um bom motivo para rir à descarada, ao ponto das dores abdominais começarem por tanto esforço fazer com a boa disposição a surgir. O cocó, quem diria que este é um bom motivo para uma coisa que me faz rir, mas é e não existe volta a dar nem nada para esconder quanto ao tema!

Depois o que também é bom para me fazer rir... Hum, talvez uma queda de um desconhecido mesmo à nossa frente, daquelas quedas meio atrapalhadas e em que a pessoa acaba por não se aleijar. Um tombo dos bons, com pernas no ar e sacos espalhados. Que delícia!

Continuando no trajeto do riso do momento poderei atracar entre os meus amigos! Quem melhor para me fazer rir que eles? Quando estamos juntos sempre, mas mesmo sempre, começamos a rir por vezes sem qualquer razão aparente. Todos me parecem ter uma vacina qualquer que os sinalizou como detentores de comédia ao encontrarem-se. E assim é, estando juntos parecemos os palhaços de serviço, sinalizando algumas vezes com um simples olhar o que nos irá levar à risota pegada com pensamentos que se cruzam e relatam entre si os vários acontecimentos sobre o que cada qual está a pensar no momento. 

Rir à fartazana é também com as histórias da hora de almoço pelo meu trabalho! Oh, que histórias que são contadas por aquele local onde nada foge áquelas bocas, para mais quando histórias que chegam do outro lado do Atlântico com sotaque se cruzam com situações bem nacionais, palavras com significados diferentes, taradices e consumismos. Tudo por aquelas horas serve de pretexto para se estar bem disposto, embora a boa disposição também não signifique que se tenha de andar com um sorriso descarado de orelha a orelha. 

Continuando a divagar por este mundo do riso, onde me consigo também perder é com alguns momentos televisivos. Não com séries cómicas e de humor trabalhado. Prefiro seguir uma boa série familiar que acaba por ter alguns momentos cómicos ao de leve entre as várias personagens. Rir para a televisão é algo de doidos, não? Pois, mas sou um doido!

06
Fev15

50 Sombras em preparação


O Informador

50 sombras

O sucesso literário foi lançado há uns anos com 50 Sombras de Grey. Agora, depois de adaptações pelos Estados Unidos, Alemanha, Holanda, França, Espanha e Reino Unido, chega aos palcos nacionais o musical 50 Sombras!

Inspirado no best-seller da autoria de E. L. James esta comédia divertida e sexy está a ser preparada pela produtora UAU para encher as salas do Teatro Tivoli BBVA e do Coliseu do Porto a partir de 16 de Abril! As protagonistas deste espetáculo estão a ser escolhidas por estes dias, dando depois vida a Pam, Carol e Bea, as amigas do clube de leitura que escolhem 50 Sombras de Grey como livro do momento. Com várias cenas tórridas escritas e com três personalidades bem diferentes, as cenas, «sim, essas cenas!», serão passadas para o palco através dos inconfessados desejos de cada uma. António Pires será o responsável pela produção de 50 Sombras, o musical irreverente, divertido, desinibido, com algum latex e sem meias medidas e palavras que tem conquistado o público por onde tem passado!

Meninas, já colocaram na vossa agenda a passagem por uma destas salas nacionais pelos próximos meses para conviverem com o excitado e picante trio de personagens ao qual me parece que irá ser impossível de resistir? Pelo que sei as escolhas do elenco recairão em pessoas sem complexos corporais e desinibidas em palco. Quem serão as atrizes que irão colocar Portugal a comentar este espetáculo que pretende criar polémica através do cruzamento entre a realidade escondida e a comédia?

Não li 50 Sombras de Grey mas confesso que estou curioso para assistir ao filme que está prestes a estrear pelas salas de cinema nacionais, querendo depois também assistir a este musical para tentar perceber o que está por detrás deste fenómeno que conquistou o mundo!

18
Dez14

Ganha bilhetes para Boeing Boeing


O Informador

Boeing BoeingHá algum tempo que queria ver a comédia da Yellow Star Company, Boeing Boeing, e na última semana lá visitei o Teatro da Trindade onde passei um serão divertido na companhia de todo o elenco deste excelente espetáculo. Agora e porque tenho a oportunidade de partilhar o que de bom anda a acontecer pelo mundo das artes, tenho bilhetes duplos para oferecer aos leitores do blogue.

Quem quiser ser um dos vencedores dos bilhetes que tenho para oferecer da sessão das 18h00 do próximo Domingo, 21, só tem que copiar a frase que se segue, colocá-la como comentário a este texto, ser seguidor do blogue pelo Facebook, tal como da página da Yellow Star Company e partilhar o link do passatempo pelo seu mural da rede social! No momento da participação peço que o nome e email sejam colocados corretamente para uma melhor comunicação para com os vencedores!

«O Informador leva-me ao Teatro da Trindade a assistir à comédia Boeing Boeing!»

Em palco o público depara-se com um noivo que tem na sua vida um trio de hospedeiras de bordo com horários laborais diferentes entre si, sem que o cruzamento no mesmo espaço entre ambas aconteça. No entanto com as trocas de escalas as três mulheres acabam por se encontrar e aí tudo pode acontecer!

Em palco estão os atores Sofia Ribeiro, Patrícia Tavares, Melânia Gomes, Elsa Galvão, Joaquim Horta e João Didelet, compondo um elenco surpreendente que me conquistou do início ao fim da sessão. A tradução de Boeing Boeing esteve a cargo de Marc Xavier, a encenação ficou pelas mãos de Cláudio Hochman. Paulo Sousa Costa, o produtor, teve também o papel de adaptar para a realidade nacional este espetáculo que tem feito sucesso por onde tem passado.

Boeing Boeing pode ser vista de quarta a sábado, às 21h30, e domingos, às 18h00, pela sala principal do Teatro da Trindade. Um espetáculo que vale a pena ser visto e que agora tens aqui a oportunidade de ganhar bilhetes para a sessão do próximo Domingo. Os vencedores serão seleecionados através do sistema automático random.org, sendo os mesmos anunciados e contactados após as 12h00 do próprio dia da sessão!

Boa sorte a todos e quem sabe boa viagem na companhia de Boeing Boeing!

28
Ago14

Vou ao teatro... Casado à Força


O Informador

Duas semanas depois da estreia da peça Casado à Força no Teatro Thalia, no arredores do Jardim Zoológico de Lisboa, lá vou eu sentar-me na plateia da sala para assistir ao mais recente espetáculo da produtora Yellow Star Company!

Patrícia Tavares, João Lagarto, José Henrique Neto, Vítor Norte, Tiago Costa e Eduardo Molina formam o elenco desta comédia da autoria de Molière. Num trabalho que conta a história de um homem que quer casar com uma mulher mais nova e que ao perceber que é traído pela mesma vê-se também obrigado a casar, em Casado à Força o riso parece estar garantido do início ao fim.

A critica tem comentado de forma bastante positiva esta peça e hoje será a minha vez de a poder ver! O que acharei sobre a mesma é o que depois contarei por aqui pelos próximos dias, combinado?!

Casado à Força

21
Ago14

Trophy Wife


O Informador

Trophy WifeO FOX Life estreou recentemente uma das novas séries da ABC e agora que a comecei a ver posso dizer que irei continuar a acompanhar Thophy Wife. Não posso dizer pelos primeiros episódios que seja uma grande série cómica, no entanto esta produção tem aquele toque que aprecio ver nos últimos momentos antes de adormecer e quero estar a ver televisão, rir um pouco e ficar assim entretido com as peripécias de algumas personagens.

Depois de ficar agarrado a Modern Family e ter visto as duas temporadas de Suburgatory e também de Apartamento 21, agora chegou a vez de ser com Thophy Wife que consigo ficar entretido sem ter que pensar muito. Tenho séries como A Teoria do Big Bang e Elementar para continuar a acompanhar e em fila de espera Scandal e A Guerra dos Tronos, no entanto naqueles últimos momentos do dia gosto de estar com algo mais suave e esta é uma boa solução televisiva.

Pelo que andei a pesquisar a primeira e única temporada, até agora, conta com vinte e dois episódios. Em Trophy Wife Kate, uma rapariga que vivia em festa cai literalmente nos braços de Pete, um homem com duas ex-mulheres e três filhos. A partir daí tudo começa a acontecer e as situações mais hilariantes são partilhadas quando a nova família da jovem está minimamente reunida. 

Uma série razoavelmente classificada pelo IMDb e que aconselho para os fãs da comédia simples e de entretenimento!

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Segue-me...

Facebook ___________________________________________________________ Instagram ___________________________________________________________ Twitter ___________________________________________________________ Pinterest Visita o perfil de O Informador no Pinterest. ___________________________________________________________ Goodreads
Envelhenescer
Três Homens Num Barco
Confissões de Inverno
O Templário Negro
Larga quem não te agarra
As Desaparecidas
Sentir
A Livraria
A Magia do Acaso
Hotel Vendôme
A Química
Não Gosto de Segundas Feiras
___________________________________________________________ BlogsPortugal
___________________________________________________________ Bloglovin Follow _____________________________________________________

 Subscreve O Informador

Mensagens

Comentários Recentes

Atual Leitura

_________________________________________________________

Parceiros Literários

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Espaço Cultural

_______________________________________________