Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

Férias sem sossego

Juro que não tenho paciência para estar de férias em casa! Passaram poucos dias e já é comum acordar com barulho, o que me deixa desde logo mal disposto pela manhã. Primeiro não consigo dormir mais que o normal, depois é desnecessário em período de férias ter de acordar tão cedo e por fim pergunto qual a razão de terem de fazer barulho só para irritarem os outros?

Uma primeira semana de férias por casa e o desejo que Sexta-feira chegue para que desapareça até dia 20 com a finalidade de descansar, dormir até mais tarde e não ter de ouvir o mesmo de sempre, dia após dia, hora após hora.

Casa... Trabalho... Casa... Trabalho...

A minha vida tem andado um pouco assim - Casa... Trabalho... Casa... Trabalho... - pelas últimas semanas! Sinto-me cansado e o estado de espírito não anda em forma, como tal nem para sair após o jantar existe vontade para ir beber um café fora, confraternizar e meter uns copos na mesa. 

Há vários meses, para não dizer mesmo um ano, que o trabalho não apertava tanto e a vida privada não ficava tão baralhada como agora. Tudo poderá advir do cansaço físico, é certo, mas neste momento o pensamento é para aproveitar a minha própria companhia nos tempos que me restam livres, tratar de me esticar ao comprido pela cama, pegar num bom livro, ver televisão como forma de entretenimento e pouco mais. O telemóvel vai fazendo companhia nas horas vagas e o blog por muito que tente anda um pouco desmotivado como o seu autor. Ambos andamos mais calados, sem ideias de mudanças e a desejar que as férias apareçam em breve para desfrutar de mais horas de sono livre e sem horários para deitar e levantar. 

Sinto-me cansado e farto do Mundo! Tudo gira, as horas passam e os desejos são cada vez menos para que a busca pela felicidade aconteça. Cansaço aliado ao pessimismo e falta de vontade dão nisto, confesso! Tenho a noção do que sinto mas também tenho uma grande apatia para com a mudança que deveria suscitar. 

Porta aberta! Pessoas de férias!

Serão de Sexta-feira! Um condutor! Um carro! Uma estrada! Um destino! Ups, um imprevisto!

Enquanto me dirigia a uma tasca/café/restaurante aqui da zona para um café e um copo ou outro de branco ia a olhar por vezes para o espelho para ver como estava o cabelo mas quando estou quase a chegar ao destino lembro-me que a melhor amiga se encontra de férias e ia passar à sua porta. «Tenho de ver se está tudo bem com a casa!», pensei, mas ao mesmo tempo e sem conseguir explicar a sensação que tive, pensei que algo não estaria da melhor forma! E não estava!

Assim que passo à sua casa reparo que a porta está totalmente aberta! Fico estático no carro! Paro praticamente no meio da estrada e naqueles primeiros segundos acho que perdi a capacidade de reação! Confesso que não percebi de imediato o que teria e devia fazer! Avancei, dei a volta ao carro e voltei a passar à porta para verificar se conseguia ver alguma coisa! Nada, tudo escuro e a porta sem qualquer movimento! Avanço e volto novamente para trás! Estaciono o carro uns metros à frente, ligo à amiga e pergunto onde está! Pergunta parva, claro, já que sabia muito bem que se encontrava de férias! Digo-lhe o que se passa enquanto chego junto da porta! Não entro porque decido logo ir até ao posto da GNR que fica a poucos metros da habitação! Continuo a falar com ela, encosto a porta e lá vou eu bater por três vezes à porta do posto quando me abrem! Explico toda a situação, fazem as perguntas da praxe e dois agentes seguem rua abaixo comigo! Entram na casa, fico em espera enquanto continuo a falar com ela, fazem-me perguntas para a questionar via telefone, servindo assim de intercâmbio! Tudo aparentemente normal e sem ser remexido naquela casa! Pedem para entrar e ver com os meus olhos a situação! Na verdade não conheço totalmente a casa para dar por falta de algo à primeira vista, mas verifico as coisas com um olhar meio ausente por desconhecimento! Eles vão embora e deixam a mensagem que passo à amiga! Fico dentro da casa e fecho a porta para ver se fica fechada mesmo sem chave! Parece ficar tudo ok! Abro a porta, saio e fecho! Ficou tudo fechado e aparentemente toda esta situação não passou de um susto!

Sem banhos

Devido aos problemas dos canos do prédio há uns dias ficamos sem poder utilizar a água um dia e depois disso tivemos outros problemas que apareceram por erros de quem fez as obras há uns meses. Agora e aproveitando a onda, aqui por casa a casa de banho está em remodelação e o banho está estritamente proibido acontecer neste momento porque não existe banheira. 

Ah pois é, lá se foi a banheira à vida, deixando o seu lugar vago durante uns dias para que lá para o final da semana assente no seu lugar um novo poliban. O espaço encontra-se amplo e já pronto a receber o seu novo morador, faltando ainda renovar os canos pelos próximos dias para que o malvado do poliban apareça e assente arraias no seu novo local habitacional. 

Então e não tenho tomado banho? Felizmente que a família está sempre disponível para receber o menino até para tirar o mau cheiro do dia-a-dia!

Agora furaram os canos!

Há uns dias cheguei a casa e não tinha água porque as obras da casa do lado estenderam-se até à minha. Hoje chego a casa e não tenho gás porque as mesmas obras da semana passada deram buraco. Pois é... Ao furarem a parede do outro lado conseguiram furar os canos do nosso esquentador e agora está tudo tramado para um banho quente ao final do dia!

Duas semanas de obras inesperadas e por culpa dos vizinhos que conseguem contratar de uma só vez pessoas que não serão verdadeiros canalizadores e pedreiros! Toca a furar! Toca a partir! Toca a arranjar! Toca a não tomar banho durante horas!

Que se seguirá?!

Casa virada do avesso!

casa.jpg

Ao sair de manhã para ir trabalhar cruzei-me com a dupla de pedreiros e canalizadores que iriam ver de onde andava o mal dos últimos dias aqui pelo prédio, tal como vos contei! Chego a casa ao final da tarde e eis que tudo está virado do avesso como se um furacão tivesse atravessado a casa de ponta a ponta! 

Buracos no chão e parede, móveis e electrodomésticos fora do sítio, pó por todo o lado, tubos e canos espalhados com ferramentas, ... Um autêntico holocausto dentro de uma pequena cozinha, espalhando-se pela sala e entrada dos quartos. O problema que residia nas canalizações vinha da casa do vizinho e pensei que quando chegasse a casa tudo estaria resolvido e não teriam de mexer nas coisas cá por casa, mas afinal nada disso aconteceu... Isto porque resolveram arranjar tudo de uma vez para não se ter de mexer de novo daqui a uns tempos!

A vida num prédio!

Prédio.jpg

Os canos da casa do lado não andam em boas condições e deixam a água escorrer para o andar debaixo.

Uma mãe stressada quando nada advém aqui de casa, uns vizinhos de baixo em apuros porque o tecto está encharcado dia após dia, o esquentador tapado porque pinga-lhe em cima e o proprietário e rendeiros da casa que se encontra com problemas parecem não querer tomar decisões. O rendeiro sai durante horas e dias e deixa o contador aberto com a água a sair por algum lado que não pelas torneiras, o proprietário diz-se em espera que o canalizador lhe diga alguma coisa. Com tudo isto já passaram praticamente duas semanas e a tenda continua!

Por casa

Agora quando estás de folga ficas em casa toda a manhã?!

Fico pois então e sabem a razão? Está frio na rua, dedico-me à leitura e coloco alguns episódios das séries que estou a acompanhar em dia. Qual o motivo de andar por ai a vaguear sem motivo algum?

Fico em casa e fico bem! Algo contra? Ah bom!

Novos vizinhos

A nova vizinhança chegou à porta do lado! Confesso que ainda não os vi, ainda não os ouvi e nem senti o cheiro sequer! Um casal e uma jovem adolescente atracaram no apartamento que estava para alugar há mais de um ano e preparam-se assim para fazerem parte do número quatro da rua onde sempre tenho crescido. 

Ao longo de grande parte da minha vida a «tia» viveu à nossa frente até aos últimos meses que passou no lar de idosos onde acabou por falecer. Agora uns novos habitantes acabam de invadir a casa onde sempre me senti bem com um familiar de empréstimo que cuidou de mim quando os meus pais tinham de sair e não me podiam levar e as coisas acabam neste momento por parecerem estranhas. Pessoalmente confesso que mesmo sabendo e ouvindo as explicações sobre quem se está a mudar por parte dos meus pais, a curiosidade não existe, talvez por sentir que aquele espaço onde tinha um pouco de mim não lhes pertence, não sei! 

Sócrates da vida real

Que maluqueira foi mesmo aquela com os jornalistas de todos os canais nacionais à porta da nova morada de José Sócrates, que acabou de deixar o estabelecimento prisional de Évora para ficar em prisão domiciliária por Lisboa? 

Numa rua em obras, onde o alcatrão e os passeios ainda não existem neste momento, jornalistas e equipas de reportagem saltam grades, pulam buracos e atropelam-se para terem o momento certo do ex-Primeiro Ministro a sair do carro policial, tentarem uma nula declaração do próprio e do seu advogado, que mais uma vez rejeitou qualquer contacto com a imprensa. 

A vida real de José Sócrates volta a entrar em direto na casa de todos nós, em pleno horário dos principais serviços informativos de cada canal! Ainda dizem que não existem coincidências? Horários marcados e tudo para o centro das atenções poder ser transmitido em direto e sem cortes e costuras posteriores!

Visitas sem noção

É totalmente falta de respeito uma pessoa aparecer em casa de outras sem avisar e após as dez da noite! Uma coisa é saber que os donos da casa se deitam tarde ou estão de pé sempre até altas horas e aí poder aparecer quando apetece mas convém avisar. Outra é saber que após o jantar as pessoas arrumam as coisas e preparam-se para o descanso e sossego do lar e eis que toca a campainha já com todos de pijama e meio ensonados!

É totalmente desnecessário e uma grande perda de noção aparecer sem avisar para lá das horas ditas normais de visitar alguém! Não o faço e odeio que o façam comigo porque existem sempre limites que mesmo não estando impressos e redigidos em qualquer lei são essenciais para a boa convivência em sociedade!

Casa construída em três horas

A China não pára e desta vez foi a empresa ZhuoDa que acabou de deixar o mundo de boca aberta e com perspectivas habitacionais bem interessantes. 

A empresa demonstrou como através de impressoras 3D é possível a construção de casas em apenas três horas. Com a promessa de serem duradouras, estas casas podem ter até dois pisos e durar até 150 anos com um uso normal como todas as outras. Ainda não se conhecendo os materiais usados para o feito, o que é sabido é que os mesmos provêm de resíduos agrícolas e industriais. 

Da criação dos modelos até à construção das casas estão poucos passos que podem ser percorridos em apenas dez dias, segundo os responsáveis da ZhuoDa. Além de ser rápido está ainda a promessa da diminuição dos custos de construção, estando os preços por agora a rondar os 400€ por metro quadrado. 

Primeiro dia bem caseiro

Acho que é a primeira vez que passo todo o dia 1 de Janeiro, desde que acordei da noite de passagem de ano até voltar a deitar, em casa. Não sai, pouco comi, aproveitando para ficar pela cama a descansar, com a televisão com as séries do momento e o computador ligado, muitas horas sem perceber com que finalidade.

Por ter ficado em casa neste primeiro dia do ano será que poderei arriscar que os próximos meses simbolizarão que conseguirei ser mais caseiro e poupado? Espero e desejo que isso aconteça mesmo, precisando de passar mais tempo com as minhas coisas, sossegado no meu canto e sem grandes festejos! 

A idade começa a fazer-se sentir e a vontade de acalmar e passar os meus dias livres e frios por casa acaba por saber cada vez melhor! Abençoado primeiro dia de 2015!

Espelhos IKEA

[caption id="attachment_9863" align="aligncenter" width="500"]Kolja Espelho Kolja Espelho[/caption]

A IKEA é um mundo para quem já tem a sua própria casa! Como ainda vivo com os pais mas penso que em breve poderei dar o passo da libertação do ninho, a decoração é uma das coisas que mais aprecio na arte de rechear as várias divisões de uma casa!

Como tal e fazendo lembrar alguns blogues bem conhecidos da nossa praça, andei a visitar o portal dos famosos armazéns internacionais e eis que estes espelhos encheram-me o olho e estariam completos para preencherem qualquer quarto que me calhe na berlinda! São simples, sem adereços e práticos para colocar em qualquer divisão, sem existirem as preocupações com as cores e material da moldura envolvente!

Um pormenor sobre espelhos... No meu cantinho de solteiro sempre tenho vivido sem um único espelho! Será possível para quem quer escolher o adereço certo para o local certo daqui a uns tempos?

[caption id="attachment_9858" align="aligncenter" width="500"]Krabb Espelho Krabb Espelho[/caption][caption id="attachment_9859" align="aligncenter" width="500"]Krabb Espelho Krabb Espelho[/caption]

Mais sobre mim

foto do autor

Pesquisar

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Segue-me...

Facebook ___________________________________________________________ Instagram ___________________________________________________________ Twitter ___________________________________________________________ Pinterest Visita o perfil de O Informador no Pinterest. ___________________________________________________________ Goodreads
Envelhenescer
Três Homens Num Barco
Confissões de Inverno
O Templário Negro
Larga quem não te agarra
As Desaparecidas
Sentir
A Livraria
A Magia do Acaso
Hotel Vendôme
A Química
Não Gosto de Segundas Feiras
___________________________________________________________ BlogsPortugal
___________________________________________________________ Bloglovin Follow

Comentários recentes

Atual leitura

_________________________________________________________

Mensagens

Parceiros Literários

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Espaço Cultural

_______________________________________________