Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

24
Ago17

Problema Cristina Ferreira


O Informador

cristina ferreira.jpg

Há uns meses a direção da TVI resolveu uma vez mais tentar apostar nos finais de tarde do canal para tentarem combater, talvez taco-a-taco, a liderança de anos do programa Preço Certo, apresentado por Fernando Mendes na RTP. A escolha do programa foi feita através de formatos internacionais de sucesso dentro dos moldes que queriam e a apresentação recaiu sobre Cristina Ferreira porque a aposta teria de ser com um dos rostos que mais audiências dá ao canal, seja em que horário for. Não sabiam os altos cargos da estação de Queluz que acabavam de criar no momento da decisão um grande problema que ainda hoje continua sem ser resolvido. 

Vamos analisar! Cristina faz dupla no Você na Tv! com Manuel Luís Goucha há treze anos e embora o formato resulte com um só apresentador, a dupla é a dupla e as audiências podem começar a ressentir-se de forma mais permanente e não esporadicamente como já aconteceu desde que Cristina passou a marcar presença somente dois dias por semana nas manhãs e isto em semanas normais de gravações do concurso, porque existem alturas que passam dias e dias sem a apresentadora apresentar o matutino com Goucha. Se nas manhãs faz falta, ao final da tarde e após destronar a liderança de Fernando Mendes é quase dar um tiro no escuro se Cristina for trocada por outro rosto. Existem possibilidades como Leonor Poeiras dentro do canal para tomar a apresentação de Apanha Se Puderes, mas será que o público não se queixará e deixa de ver o formato de forma tão permanente? É aquele tiro no escuro que poderão dar um dia destes e que eu, enquanto diretor, já tinha dado com os especiais famosos. Sim, já tinha testado a Leonor ao lado de Pedro Teixeira na apresentação dos programas especiais para ver como as audiências se portavam. 

As manhãs têm o problema de que Cristina faz falta, as tardes se a tirarem não sabem o que acontecerá a médio prazo e à noite? Outro problema! A estrela é das mais influentes e a par de Manuel Luís Goucha são os que têm alcançado os melhores resultados com os formatos que apresentam a solo ou em dupla em horário nobre nos últimos anos. Com uns dias nas manhãs e outros nas gravações das tardes que tempo sobra para Cristina voltar a fazer o seu Dança com as Estrelas ou ter uma nova aposta para os Domingos à noite? Não existe espaço para mais, mas a apresentadora faz falta também à noite e o problema torna-se assim ainda maior.

25
Ago16

Morte animal em direto na RTP


O Informador

A RTP continua a transmitir touradas em pleno século XXI!

Serviço público de qualidade onde? De público é que aquele canal não tem nada, só se for o dinheiro que todos nós pagamos na fatura da luz para serem transmitidos espetáculos de morte animal em direto!

Aplausos para todas as direcções, incluindo a atual onde a comédia impera e as cunhas reinam, para a má organização e programação que apresentam ao espetador!

06
Mar15

Adormecer com o BabyTv


O Informador

Ontem estava no momento zapping já deitado quando passo pelo BabyTv e parei para tentar perceber que bombom tinham para fornecer aos pequenos telespetadores e aos seus pais que acabam por passar algum tempo com o canal ligado para entreter e ajudar a adormecer os mais novos. Eis que passados talvez uns dois minutos o que tanto se ambiciona que aconteça às crianças na hora de ir dormir bateu-me à porta... Comecei a ganhar sono só por estar a olhar para um ecrã onde formas animadas e peixes circulavam de um lado para o outro com um som de fundo relaxante. 

Então não é que encontrei o canal ideal para me deixar levar nos momentos mortos e o sono tarda em aparecer? A suposta grande aposta que estava a ser transmitida tinha como nome A Luz e As Estrelas e assim fui embalado para uma noite bem dormida onde a calma transportou-me para sonos onde o sonho não existe!

09
Fev15

Mais Ídolos? Enjoo!


O Informador

O que se passará pela mente dos diretores de programas de alguns canais nacionais quando fazem determinadas escolhas sobre os formatos que irão lançar para os próximos meses?

Na SIC têm andado a perder há anos os serões de Domingo com talent shows atrás de talent shows, que mesmo perdendo vão renovando temporadas. Agora e depois do insucesso das últimas edições de Ídolos e Factor X e também da presente temporada de Achas Que Sabes Dançar?, que tem ficado em terceiro lugar no seu horário, o futuro irá recair, segundo uma revista semanal, em mais um Ídolos, pela sexta vez!

Se o programa já mostrou nas suas últimas versões que já não cola e agarra o público, se as apostas semelhantes também não consegue fazer nada de jeito, qual a ideia de insistirem em algo que irá voltar a penar ao longo de vários meses consecutivos? Algo não está bem pelas direcções televisivas quando surgem tais informações sobre as futuras apostas que decidem fazer, mas os interesses entre estações e produtoras parecem falar mais alto através dos contratos existentes por aí.

Até agora sabe-se que João Manzarra será o apresentador masculino dos novos Ídolos, como tem acontecido pelas últimas edições, estando Cláudia Vieira de fora do projeto por ter uma nova novela para protagonizar pelos próximos meses.

Mais do mesmo, mais um projeto sem grandes audiências e tudo irá continuar como tem estado até aqui. Com uma TVI líder nos serões de Domingo, com as suas apostas também repetidas mas que conseguem conquistar, e uma RTP cada vez mais forte capaz de deixar as apostas da SIC para trás!

11
Jan15

Tyrant


O Informador

Os serões de Segunda-feira da FOX ganharam uma nova cor, ou melhor, um novo drama recheado de suspense e acção. A série Tyrant chegou ao canal, passadas algumas semanas da sua estreia mundial!

Relatando a história de uma família americana que volta às origens no Médio Oriente, esta produção atraí desde o primeiro episódio pela controversa forma como é contada. Bassam Al-Fayeed, Barry, interpretado por Adam Rayner, é o filho mais novo de um ditador que sempre recusou seguir as suas pisadas. Bons anos mais tarde a terra natal volta a receber Barry para o casamento do seu sobrinho e este regresso aparece com um forte envolvimento nas políticas familiares e nacionais outrora deixadas para trás. As reais vidas da ditadura imposta pelo seu pai e também pelo irmão mais velho, Jamal, personagem a cargo de Ashraf Barhom, confrontam-se com o regresso de Barry. A par de tudo isto, a sua esposa Molly, Jennifer Finnigan, e os dois filhos, após pisarem as origens da família não querem mais voltar a casa e ao país onde sempre viveram.

Uma série que já tem a sua segunda temporada a ser preparada para arrancar pelos próximos meses e que chegou há dias a Portugal nos serões da FOX. Eu, que não gostava deste tipo de produtos pesados e com violência, acabo por confessar que tenho andado a alterar tal opinião através de tão bons produtos internacionais onde a atualidade e a diversidade de temas impera.

Em Tyrant, a julgar pelos primeiros episódios, bons enredos foram criados onde a maldade, desejo de vingança, amor visto de vários prismas, abusos de poder, força e vontade não faltam entre as personagens centrais! Uma série com uma imagem superior ao habitual, com uma excelente fotografia aliada aos lindíssimos locais naturais onde parte da acção se desenrola e um texto bem organizado para prender quem está em casa durante quase uma hora a assistir a um produto de qualidade!

Vale sempre a pena espreitar e tirar as próprias ilações!

25
Nov14

Arouca, o autor do passado


O Informador

Jardins Proibidos foi outrora uma das novelas de sucesso da TVI, ajudando há anos o canal a conquistar a preferência do público com a ficção nacional. Agora José Eduardo Moniz, consultor do canal, e a atual direcção decidiram apostar numa continuação da história protagonizada por Vera Kolodzig e Pedro Granger. Se no início tudo fazia crer que o sucesso estaria do lado deste produto, após a estreia, cedo se percebeu que o autor Manuel Arouca já não tem capacidade para elaborar as histórias que os telespetadores atuais querem acompanhar!

Com um enredo fraco, um elenco que prometia e que não teve texto para seguir em frente com uma boa performance e uma produção que quis arriscar com uma imagem ligeiramente diferente do habitual, os atuais Jardins Proibidos de Manuel Arouca começaram com uma fraca história de amor, com várias personagens a fazerem pouco ou nada na trama, servindo muitas vezes de meros figurantes ao longo dos episódios. O autor já não tem capacidade para surpreender o público, criando cenas longas e sem qualquer interesse, não existindo acção que provoque alterações de episódio para episódio na novela.

O que fazer agora quando o fraco amor entre as personagens e os vilões da esquina não conseguiram agarrar quem está em casa por não terem nada de novo e só mostrarem uma forte cena de longe a longe? Pois, a direcção do canal ordenou mudanças na trama, vários atores estão de saída da novela, o suspense entra em acção com várias mortes mas o mal continua no centro de tudo... O autor que não consegue fazer uma boa novela! Bem podem tirar e colocar personagens, mexer nos temas centrais dos Jardins, mas se a escrita continua entregue a Arouca por muito que se mexa nada mudará para provocar o interesse a quem podia estar rendido a esta continuação da história de sucesso de outros tempos!

Comecei a acompanhar a novela, vou vendo uns minutos em mudança de canal e percebo que tudo continua na mesma! Embora as mudanças no centro da acção estejam a ser feitas, as coisas continuam fracas e já não há muito a fazer, a não ser atirar a novela para um horário tardio, não esticar nem um episódio do que está planeado e arrancar com a preparação das novas apostas de ficção do canal com todo o rigor para que nada falhe quando as próximas estreias acontecerem com pés e cabeça, tendo bons autores do seu lado. O elenco não conta, quando o que está no papel não interessa a ninguém!

Mais sobre mim

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários Recentes

  • PP

    Que assim seja!

  • PP

    O meu também é assim

  • PP

    Magnífica iniciativa.

  • Flávia Hidalgo

    Tenho interesse imenso em comprar. Mas não encontr...

  • O Informador

    Geralmente oito horas não consigo, nem ao Sábado e...

Mensagens

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Segue-me...

Facebook ___________________________________________________________ Instagram ___________________________________________________________ Twitter ___________________________________________________________ Pinterest Visita o perfil de O Informador no Pinterest. ___________________________________________________________ Goodreads
Envelhenescer
Três Homens Num Barco
Confissões de Inverno
O Templário Negro
Larga quem não te agarra
As Desaparecidas
Sentir
A Livraria
A Magia do Acaso
Hotel Vendôme
A Química
Não Gosto de Segundas Feiras
___________________________________________________________ BlogsPortugal
___________________________________________________________ Bloglovin Follow _____________________________________________________

 Subscreve O Informador