Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

11
Ago17

Peço desculpa! Let The Sunshine In [11.08.2017]


O Informador

Peço desculpa a todos os que se inscreveram no passatempo Let The Sunshine In [11 de Agosto de 2017], mas coloquei na cabeça que a sessão em sorteio seria para Sábado, dia 12, e deixei passar o prazo para fechar o acesso às participações. Agora que ia encerrar o questionário para atribuir os vencedores é que cai na realidade que a sessão que esteve em sorteio era a de hoje, não dando já tempo para atribuir os convites e lançar a lista com os nomes vencedores para que consiga entrar em contacto com a bilheteira que pede a lista com umas horas de antecedência, como é compreensível.

Isto nunca me aconteceu, mas os erros também surgem e assumo-o aqui. Deixo já a mensagem que se existir próxima sessão em sorteio para este mesmo espetáculo que todos os que se inscreveram desta vez entrarão em concurso, fazendo uso do mesmo questionário para que não percam a vossa hipótese.

Mais uma vez peço desculpa pelo sucedido, mas nos apontamentos do blog marquei o dia 12 e não o 11, acabando por correr mal essa falha.

07
Jul17

Parcerias


O Informador

Ser blogger em Portugal começa a ser visto como um modo de influenciar os leitores e a partir do momento em que as empresas com as suas marcas começaram a perceber isso, as parcerias têm vindo a aumentar, aparecendo como um modo de provocar as vendas perante o consumismo. Tenho parcerias e quem me segue percebe isso perfeitamente, no entanto não minto em relação ao que acho sobre o produto em si! Se gosto, gosto! Se não gosto, não gosto! Mas nem todos os bloggers funcionam assim!

Vejo por ai muito boa gente, com parcerias de anos, algumas as mesmas que as minhas ou ainda mais diversificadas que cometem erros atrás de erros com o que fazem com os acordos que mantém e ao que parece continuam porque nada lhes é dito acerca do que (não) fazem.

Primeiramente vou falar do meu caso, ao ter uma parceria e ao receber um produto de alguma marca, primeiro tento sempre mostrar assim que o recebo pelas redes sociais, mas não me fico por ai, ao contrário do que vejo acontecer constantemente. Recebo o produto, seja ele qual for, mas vou dar o exemplo dos livros por ser o mais fácil neste caso de falar a nível pessoal. A editora envia as suas novidades, combinadas ou não previamente comigo e dentro dos meus gostos. Chega o livro a casa, mostro o exemplar e o mesmo fica em espera para ser lido mas é lido e comentado no blog uns dias ou semanas depois, não ficando eternamente numa estante esquecido após ter mostrado uma mísera imagem pelas redes sociais em como o recebi e ponto final. Não, isso não é ético e isso não é mostrar capacidade para assumir uma combinação, tanto que já existem editoras a rever e todas o deveriam fazer, as suas parcerias junto de bloggers que se restringem a pousar os livros para a objetiva e de imediato os colocam a um canto sem mais lhes pegarem para terem uma opinião pessoal a defender acerca dos mesmos pelo blog. 

Para que as editoras quererão manter um contacto mais estreito com um blogger que gosta de ler se essa pessoa se resume a mostrar a capa e contracapa da obra e nem a lê para ter uma opinião a dar sobre a mesma? Não percebo sinceramente quem o faz há anos e que continua a ter o que bem quer e parece mostrar que esse é o caminho correto. 

Uma parceria tem de resultar da boa vontade dos dois lados e não somente se ficar por demonstrações como se fossem cartazes publicitários à beira da estrada onde os consumidores ficam somente com uma imagem na cabeça e terão de procurar uma opinião por outro local porque dali não tiram mais nada. 

06
Jun17

Aplicação do SapoBlogs


O Informador

Um apontamento que tenho de destacar e que ao longo de vários anos já devia ter sido melhorado pelos nossos Sapos que tratam dos Blogs é a aplicação, que não é bem uma aplicação, para os telemóveis.

Será que não pensam em fazer de raiz uma aplicação para os blogs onde seja mais fácil e ágil visitarmos os vizinhos do lado e principalmente comentarmos e respondermos aos comentários pelo nosso blog? Os comentários é o principal problema que deteto na suposta aplicação que existe porque além de bloquear e de andar constantemente a pedir para colocarmos os dados do login, os erros são uma constante na hora de fazer Publicar. 

Tendo tudo a funcional na perfeição seria muito melhor e de uma maior rapidez para conseguirmos estar em cima dos comentários que nos são feitos e podermos responder em qualquer lugar. Pessoalmente já nem tento comentar qualquer blog Sapo através do iPhone porque sei que terei de andar uns dez minutos para conseguir escrever sem bloqueios após abrir a conta e finalmente conseguir publicar. 

03
Jun17

Semana de adaptação


O Informador

Os leitores regulares do blog já devem ter dado por isso, para mais porque vos contei há uns dias, que esta semana voltei ao trabalho, numa nova empresa, novas funções e vontade de aprender. 

Logo na entrevista quis ficar, fui o escolhido e lá comecei. No primeiro dia sai ainda mais entusiasmado com o novo emprego do que pensava, já no segundo esmoreci um pouco. Ao terceiro as coisas começaram a entrar nos eixos e terminei a semana com várias questões para esclarecer com os colegas sobre o modo como processar toda a informação, mas com a ideia que afinal talvez as coisas não sejam assim tão complicadas de elaborar, desde que se comece a entrar nos eixos. Com isto o que ficou para trás? O blog que em dois meses passou a ser quase o meu emprego a tempo inteiro e agora voltou a ser encostado para as horas vagas, o que esta semana até se tornou complicado por parecer que a inspiração não surgia. 

Não escrevi lá muito por estes dias, tendo recorrido mais a textos já elaborados anteriormente e que esperavam pela luz do dia para serem publicados, tendo adiado outros porque não sei se irei conseguir continuar a publicar dois ou mais textos por dia. Por agora voltamos à fórmula da publicação matinal e uma ou outra mais no final do dia, mas não me quero esticar porque sabem que vos gosto de dar notícias diariamente e se os próximos dias continuarem a ser um poço vazio de inspiração tenho que recorrer ao que está guardado para não perderem o fio à meada aqui no blog. 

30
Mai17

Maria João Costa em entrevista n' O Informador


O Informador

À Conversa com... Maria João Costa.png

O espaço À Conversa com... teve há uns meses uns especiais a serem publicados aqui pelo blog, mas agora, e talvez porque o Verão faz destas coisas, eis que o espaço está de regresso e com uma publicação regular ao longo dos próximos tempos. A primeira entrevistada será Maria João Costa, autora de Ouro Verde, a quem agradeço desde já pela simpatia e disponibilidade que apresentou desde logo para falar comigo e não ter receio de enfrentar uma longa entrevista de um blogger. 

Próxima Sexta-feira de manhã, o À Conversa com... Maria João Costa será publicado e é favor partilhar por tudo o que é rede social porque desde já vos digo que estou orgulhoso de conhecer um pouco mais esta autora que com o seu primeiro trabalho televisivo alcançou o sucesso! Ouro Verde e muito mais como destaque numa entrevista cativante, sincera e reveladora!

29
Mai17

O que é um blog de sucesso?!


O Informador

Ao longo da leitura de Ser Blogger, da autoria de Carolina Afonso e Sandra Alvarez, fui percebendo que vários dos blogs «de sucesso», que servem de exemplo ao longo deste bom guia explicativo, podem ser conhecidos mas pelos dados revelados em alguns dos casos acabei por constatar que ser um blogger de sucesso é ter menos visualizações que eu e mesmo em alguns casos um menor número de seguidores pelas redes sociais. 

Existe um caso partilhado pelo livro em que no total do mês o blog consegue ter as mesmas visualizações que o meu num só dia bom ou em três dias normais, tendo o mesmo estilo de público alvo que eu, entre os 24 e os 35 anos de idade e uma percentagem maior de mulheres a visitarem que homens. Existe uma diferença de visitantes e visualizações abismal entre os valores daquele exemplo de blog e do meu caso, mas se um é de sucesso sem números, O Informador não o é, pelo menos segundo o meu ponto de vista, mesmo tendo um maior volume de visitantes. A análise foi feita recorrendo a vários bloggers nacionais, mas se uns são conhecidos e com um grande número de visualizações, existem os que aparecem e que são somente conhecidos dentro do «nicho» do tema que abordam, tendo bem menos pessoas a passarem diariamente pelo espaço online.

Ter um blog de sucesso é sempre uma questão de pensamento da pessoa! Para mim o meu não é de sucesso, é um blog que tem crescido com dedicação mas que ainda está longe do sucesso. Existe depois quem olhe para o seu projeto e o considere cheio de trunfos e estrelas mas poucos são os que por lá passam. 

26
Mai17

Bloggers do Copy Paste


O Informador

Os blogs nascem como cogumelos por ai e se uns vão ficando com o tempo, existem outros que se esfumam tão rápido como o modo e forma como aparecem. O que não percebo nos bloggers é o facto de em muitos dos casos se cingirem a fazer copy paste de artigos que lhes são enviados via email ou que descobrem pela internet. 

Será que as pessoas não conseguem ter uns míseros cinco minutos para se inspirarem nos textos que lhes enviam de agências de comunicação e não só para elaborarem um novo artigo redigido com as suas próprias palavras sem fazerem o tão célebre Copiar e Colar? É falta de noção de quem tem blogs e não venham dizer que isto é uma moda recente e de quem está a aparecer e a começar a ser blogger agora porque não o é! Existem por ai muitos endereços com anos de experiência que continuam a praticar essa imbecilidade de pegar exatamente no que receberam, que muitas vezes se tiver um erro nem o detetam porque não se dignam sequer a ler, e a publicar sem qualquer alteração de texto. Ou seja, recebem, copiam e colam, colocam o título as tags e vamos lá publicar para terem um novo texto diário para os seus leitores os visitarem e perceberem que existe algo novo para espreitarem.

Sinceramente não percebo como é que ainda existem pessoas com esta capacidade de não serem originais e se deixarem ficar pela simplicidade das coisas sem terem o mínimo de trabalho de criarem algo seu. Como seria tão fácil no meu caso receber a lista dos lançamentos literários e coloca-la tal e qual como me aparece no email ou pegar numa sinopse de um novo espetáculo e publica-la, ficando de igual para igual com o que aparece no portal ou redes sociais da produtora e locais de vendas de bilhetes. Seria fácil e poupava tempo sim! Coloco a sinopse dos livros sim, mas acrescento sempre algo, porque tenho uma opinião para ser dada, tal como o faço com as peças de teatro que vejo e os produtos que experimento. Uma opinião pessoal é importante para mostrarem que são seres que pensam e refletem sobre o que fazem! Não visito blogs que façam somente um catálogo diário sobre os novos lançamentos, preferindo que tudo seja mais completo, podendo ser mostrando o que é lançado sim com o recurso ao copy paste mas depois existirem artigos de opinião sobre o que vão lendo, tal como outros textos sobre eventos e não só de forma a completarem o espaço. 

24
Mai17

Cansaço de blogger


O Informador

Existem momentos na vida em que é necessário falar porque ao fim e cabo se não falarmos com os outros acabamos por ir guardando para nós o que sentimos e isso acaba por massacrar e pesar ao longo do tempo.

Há uns dias andei um pouco saturado, talvez não possa dizer bem saturado, mas os bloggers devem compreender que por vezes achamos que o projeto que estamos a fazer já não vale a pena seguir em frente, mesmo que tudo aponte para coisas boas, percebemos que por vezes acabamos por acusar cansaço, mesmo que um blog não seja algo que nos exija permanência, mas sim dedicação consoante a disponibilidade de cada um. 

Foi por sentir que talvez o blog teria de terminar sem existirem verdadeiros motivos para o fazer, bem pelo contrário, que pensei que não valia a pena o esforço de dedicar minutos ou algumas umas horas diárias a este projeto que me dá tanto gozo fazer. 

Falei com uma pessoa que me aconselhou a parar por uns dias para também descansar e tentar refletir para perceber se era mesmo essa a ideia de colocar um ponto final que queria levar em diante. Acabei por nem levar assim tanto tempo por perceber que este blog já faz parte de mim, já convivemos há uns aninhos um com o outro e acaba assim por ser um espelho da pessoa por detrás das letras e imagens que vão sendo publicadas dia após dia. 

Senti que dias não são dias e talvez por agora andar mais disponível que anteriormente e a ideia de que me deveria dedicar um pouco mais ao blog acaba por atrofiar os pensamentos, já que o tempo é mais mas não é por isso que vejo este espaço de escrita e partilha como uma profissão a que tenho de dedicar a maior parte do tempo livre. Nada disso acontece e não é isso que tenciono levar em diante, optando por ter n' O Informador um escape do dia-a-dia.

21
Mai17

Publicidade no blog


O Informador

No momento em que criei o blog logo lancei blocos publicitários no mesmo e assim irei continuar a fazer. Por vezes percebo que são várias as pessoas curiosas sobre o método de colocar os anúncios e se tal é permitido. Sim, é permitido dentro das fórmulas que tenho, não com janelas a abrirem a torto e a direito e de forma incomodativa que só incomodam os leitores que queiram visitar o blog.

Atualmente utilizo o Google Adsense que numa primeira fase poderá parecer um pouco complicado até se começar a perceber o método, mas tudo é bem explicado pelo Google e não custa nada até perceberem o método para desenharem os anúncios, coloca-los no blog e começarem aos poucos a tirarem os vossos lucros que só são pagos após atingirem um valor superior aos 70€. Os anúncios do Adsense coloco pela barra lateral do blog essencialmente para que não quebre o esquema dos textos e acho que é assim que terá de ser feito para não estragar tanto a imagem. 

Utilizo também o Primetag mas num campo mais soft. Dentro do Primetag existem várias criações possíveis de anúncios, mas opto por essencialmente fazer barras com quatro ou oito produtos de forma a poder colocar no final dos textos. Tem de ser ter em atenção que os produtos selecionados para os anúncios criados neste espaço terão de estar de acordo com o texto, não sendo aleatório. O Primetag é de facto bem mais fácil de utilizar e recomendo, sendo que o seu pagamento também só é feito quando atingirem um valor acima dos 75€.

10
Mai17

A Porto Editora na Feira do Livro de Lisboa


O Informador

autores que nos unem.png

A 87º Feira do Livro de Lisboa decorrerá de 1 a 18 de Junho este ano e as editoras estão apostadas em reforçar a sua oferta e mostrar junto de todos nós que este é o evento literário do ano. Para isso e porque não querem deixar as novidades longe dos leitores que merecem saber de forma antecipada as novidades que estão a ser preparadas, o grupo Porto Editora, de onde fazem parte a Porto Editora, a Bertrand Editora, a Círculo de Leitores, a Temas e Debates, a Quetzal, a Assírio & Alvim, a Livros do Brasil, a Sextante Editora, a Pergaminho, a Contraponto, a Areal Editores, a Raiz Editora, a GestãoPlus Edições, a ArtePlural, a 11x17, a Ideias de Ler, a Albatroz, a 5 Sentidos e ainda a Coolbooks, lançou o portal Autores que nos unem onde todas as novidades e agenda do evento irão ser destacadas. 

autores que nos unem circulo.jpg

Num encontro intimista ao final da tarde na Bertrand do Chiado, responsáveis editoriais e bloggers reuniram-se para partilharem experiências e as novidades que estão prontas para serem anunciadas junto da imprensa e sucessivamente à sociedade que gosta de literatura pelos próximos dias. Diversidade ao longo do evento e a aposta na aproximação entre autores e leitores serão as armas forte do grupo Porto Editora, dando assim continuidade ao que tem vindo a ser feito pelos anos anteriores. 

Os leitores serão assim convidados a visitarem o espaço para conhecerem escritores nacionais e estrangeiros, assistir a tertúlias e showcookings, participar em workshops e assistir a vários lançamentos da primeira fila. Para que tudo isto aconteça são necessários os autores e nesse campo já estão de presença marcada pelo certame, José Luís Peixoto (11 de Junho), Mário de Carvalho (3), Richard Zimler (10 e 11), Gonçalo M. Tavares (15), Bruno Vieira Amaral (10, 11 e 17), Francisco Louça (4), Sérgio Godinho (10), Anabela Mota Ribeiro (4 e 17), Manuela Gonzaga (10), Teolinda Gersão (18) e Alberto S. Santos (10, 11, 15, 17 e 18).

Para além dos autores enumerados, quem também será destaque pela Grupo Porto Editora na Feira do Livro será Francesc Miralles que vem a Portugal desvendar os segredos dos centenários do Japão para uma vida longa e feliz. O espanhol é um dos autores de Ikigai, viva bem até aos cem, onde partilha alguns truques e dicas para refletir e aplicar no dia a dia. 

05
Mai17

Estranho Termo de Pesquisa


O Informador

Eis um termo de pesquisa que me aparece pelo blog como sendo do dia de ontem... «loira casada apanhada na rua fode por ipad».

Gostaria de saber que texto encontraram pel' O Informador com tal informação e como é que tal pesquisa veio aqui parar. Se o procurador me conseguir ajudar a arranjar resposta para o caso agradeço, já que fiquei curioso. 

Quem será a dita loira casada? Qual seria a rua? E quem estaria do outro lado do iPad?

01
Mai17

Novidades para os Domingos


O Informador

Há uns dias surgiu-me uma ideia de voltar a fazer algo que me deu imenso gosto fazer há uns tempos num outro projeto em que participei. E como essa mesma ideia foi alimentada numa simples conversa pelas redes sociais, eis que lhe vou dar andamento e posso-vos dizer que um espaço semanal, dedicado especificamente para os Domingos, está a ser elaborado para ser lançado, ou talvez, relançado de forma séria para chegar e ficar aqui pelo blog. 

Ainda não vos vou dizer do que se trata porque não quero já levantar suspeitas, deixando-vos somente com a ideia de que estou a criar algo que não dependerá só de mim mas que será para ser apresentado aqui pelo blog. Numa fase inicial não sei se terá publicação semanal ou quinzenal, mas será algo para levar a sério e manter de forma regular para habituação dos visitantes que por aqui passam.

Apetece-me arriscar e voltar um pouco a um passado que me fez feliz numa certa altura da vida e será por ai que seguirei o caminho das publicações de Domingo do blog. Não fiquem a pensar que será uma coisa em grande, será um espaço semanal, normal e banal, mas que não dependerá só de mim. 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Segue-me...

Facebook ___________________________________________________________ Instagram ___________________________________________________________ Twitter ___________________________________________________________ Pinterest Visita o perfil de O Informador no Pinterest. ___________________________________________________________ Goodreads
Envelhenescer
Três Homens Num Barco
Confissões de Inverno
O Templário Negro
Larga quem não te agarra
As Desaparecidas
Sentir
A Livraria
A Magia do Acaso
Hotel Vendôme
A Química
Não Gosto de Segundas Feiras
___________________________________________________________ BlogsPortugal
___________________________________________________________ Bloglovin Follow _____________________________________________________

 Subscreve O Informador

Mensagens

Comentários Recentes

Atual Leitura

_________________________________________________________

Parceiros Literários

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Espaço Cultural

_______________________________________________