Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

22
Jul14

Moniz chegou, viu e venceu


O Informador

Há poucos meses atrás tornou-se notícia de que José Eduardo Moniz estava de volta à TVI como consultor para a ficção nacional, na altura revelei que este regresso do capitão ao barco que levou a bom porto ia dar os seus frutos. Agora, poucas semanas depois de as novelas em que já colocou as mãos terem sido modificadas com as suas ideias, a direcção do canal só pode estar a bajular o marido de Manuela Moura Guedes.

Tirando o facto de que Belmonte tinha tudo o que podia ser bem feito consigo, estando só entalada entre dois produtos mais fracos, não conseguindo assim dar nas vistas sozinha, esta novela escapou às ideias de Moniz e não teve qualquer alteração na sua história, correndo tal e qual como estava planeada até ao final das gravações e fazendo o seu bom percurso, agora com duas ajudas consistentes do seu lado.

Agora o que se destaca mesmo é o bom trabalho que o ex-diretor geral da estação de Queluz tem feito com a novela O Beijo do Escorpião. Quando a trama protagonizada por Dalila Carmo e Sara Matos arrancou com as suas gravações foi apresentada como a novela que iria mexer com a ficção nacional, tendo tal ficado pela ideia. Não é que não tenha tido uma boa história inicial, no entanto faltou sempre algo na novela que puxasse pelo público, isto até chegar José Eduardo e reunir várias vezes com os seus autores, atores e equipas de produção. Em pouco mais de dois meses depois desde que começou a trabalhar com a equipa da primeira novela da noite da TVI Moniz conseguiu fazer com que a mesma chegasse alguns dias à liderança sobre a novela da SIC, Sol de Inverno, sendo que agora a liderança anda mais pelos lados da trama de Queluz, deixando a novela de Carnaxide, o que há meses não acontecia, para trás. O Beijo do Escorpião precisava de mudanças e de ter assuntos que fizessem com que o público falasse e comentasse entre si os acontecimentos do último episódio e isso tem acontecido, estando agora a novela a liderar a maioria dos dias fase à sua concorrente direta. O que dizer sobre este facto? Moniz chegou, viu e venceu!

Além de Belmonte e O Beijo do Escorpião existe ainda o facto da novela da meia-noite, Mulheres, ter tido desde o início da sua escrita a visualização de Moniz. A novela foge da típica história novelesca, sendo um produto completamente diferente do que se tem feito em Portugal, estando talvez mais ao nível das séries internacionais viradas para o público feminino, onde os dramas das protagonistas persistem e fazem com que a história se aproxime do seu público alvo. Nota-se em Mulheres que existe a mão do consultor de ficção do canal, percebendo-se que o trabalho tem sido bem feito, sendo que a novela tem levantado os valores de um horário que estava a ser perdido desde o final do último reality show. Mais uma vez Moniz percebeu o que era necessário para aquele horário e fez a aposta certa, escolheu o seu elenco perfeito e tem feito sucesso.

Com pouco tempo a colaborar com o canal que relançou e que levou até à liderança há mais de cem meses atrás, José Eduardo Moniz percebe de ficção como ninguém no país e consegue analisar o que é pedido do outro lado do ecrã. O resultado, esse está à vista de todos e a liderança no horário nobre já pertence de novo ao canal que perdeu tal estatuto há uns meses atrás quando se deixou encostar à sombra da bananeira. A TVI nunca perdeu a liderança no total do dia desde que começou a liderar, no entanto ao serão deixou escapar os seus bons trunfos que aos poucos estão a regressar ao canal.

O futuro pertencerá à continuação da novela Jardins Proibidos, que está a ser preparada com todos os cuidados e detalhes para atingir um sucesso que há muito não acontece pelo nosso país, existindo uma outra novela já a ser preparada para fazer brilhar várias estrelas do canal e levar o público a continuar a reapaixonar-se pelas tramas que tão bem são escolhidas pelo homem que sabe fazer televisão em Portugal.

José Eduardo Moniz chegou, viu e venceu! O que pedir agora? Que continue o seu bom trabalho a bem dos bons produtos de ficção nacional!

12
Jul14

Sara e Lourenço separados


O Informador

Conheceram-se na série Morangos com Açúcar onde fizeram de par romântico! Cinco anos depois os jovens atores que passaram o amor das suas personagens para a vida real está separado! Depois de Cláudia Vieira e Pedro Teixeira, parece que agora foi a vez de Sara Matos e Lourenço Ortigão seguirem caminhos diferentes na vida pessoal!

Mais um casal nascido na série juvenil que vê o seu amor terminar, depois de tantas mostras e juras de amor espalhadas pela imprensa e redes sociais. Os dois atores sempre pareceram unidos por algo bonito, no entanto parece que a vida profissional de cada um e as notícias mais faladas pelas revistas e jornais pelos últimos meses ajudaram a que o desgaste acontecesse.

Depois de algumas alegadas traições e saídas com outras pessoas por parte de ambos, relatadas pela imprensa, parece que os dois rostos das novelas e programas da TVI decidiram optar pelo fim da relação que os unia. Foram vistos juntos pela última vez pelas Marchas de Santo António, onde desfilaram como padrinhos de um dos bairros mas antes disso já as imagens partilhadas pelas redes sociais mostravam que os atores poderiam já não estar juntos. Agora surge a confirmação!

Desaparece assim mais um casal que deu muito que falar e sempre foi bem recebido quando apareciam juntos pelos locais onde o público lhes mostrava o carinho desejado por ambos.

Sara e Lourenço estão separados e começam agora assim um novo festival pelos jornais e revistas sobre o seu futuro e as pessoas com quem se encontram e trocam meias palavras! Adeus ao casal Matos/Ortigão! Olá aos solteiros Sara e Lourenço!

19
Dez13

Destinos Cruzados sem fim


O Informador

A novela da TVIDestinos Cruzados, já está no ar há mais de um ano e de há alguns meses para cá que se pode dizer que esta produção não vive, já sobrevive no tempo, porque com tanto encolher de episódios e esticanços, já não existe paciência para a Liliane Marise e companhia.

A direcção do canal de Queluz quer fazer render as suas novelas ao máximo mas além destes Destinos Cruzados já não terem história de jeito porque tudo começou a ser enrolado, com as mesmas personagens a circularem de um lado para o outro, existe o facto de por dia só ir para o ar meio episódio, fazendo com que por semana, e também devido aos dias de nomeações do Secret Story - Casa dos Segredos servirem como folga para esta novela, só serem transmitidos dois capítulos inteiros da novela.

Já se prepara a nova novela da noite do canal que a partir de Janeiro irá começar a fazer companhia a Belmonte, mas pelo que parece estes destinos irão continuar a serem cruzados com os mais recentes produtos de ficção porque duram, duram e duram como as famosas pilhas, a diferença é que esta duração já não cativa... Enjoa!

O que poderia ser o grande final de uma novela não vai passar de um alívio porque este emplastro já deveria estar longe da grelha da TVI há alguns meses. Os espetadores que começaram por assistir a este produto e que o foram abandonado devido ao mau tratamento que sempre lhe foi dado em termos de horário, duração e história, neste momento quando sintonizam o canal e percebem que a história das sósias está a ser transmitida só devem pensar... «Isto ainda não acabou?»

Que verdadeiro martírio!

09
Out13

TVI acorda para a ficção


O Informador

Finalmente e depois de algum tempo de desalento, a direcção da TVI voltou a acordar e percebeu que é na ficção que tem o seu produto forte e onde tem que andar com todos os cuidados para não estragar o que conseguiu fazer ao longo dos últimos anos.

Tenho gostado de ver o tratamento que o canal tem dado ao seu mais recente sucesso, Belmonte. Além de estar a ser transmitida no mesmo horário desde que estreou, ainda tem tido a sorte de ver os seus episódios a serem bem promovidos ao longo do dia, tendo até tido direito a um resumo das duas primeiras semanas. Há muito que já não se via tal tratamento a uma novela e isso é de louvar, ainda para mais porque estamos perante um bom produto, que tem feito as delicias do público, que não gosta de ver trocas e baldrocas com as suas novelas pelos horários.

A par da estima que parece acontecer dentro da TVI para com Belmonte, também aplaudo o facto de terem dado novo destaque à quase infindável Destinos Cruzados. A novela estreou no primeiro horário, depois sofreu e andou a saltitar entre as 21h30, 22h30 e 23h30, até que voltou ao seu lugar e agora dando colada à mais recente aposta, voltou a ter o seu público, que embora cansado do produto que já deveria ter terminado há umas semanas, consegue manter o interesse de quem o vê.

Secret Story - Casa dos Segredos este ano chegou com a sua quarta edição, só que ao contrário do que aconteceu no passado, desta vez o formato não é a grande aposta de horário nobre do canal. Os diários da casa dão ao final da tarde e ao final da noite, não estragando as novelas que estão no ar ao longo de todo o ano e não só por três ou quatro meses, como é caso do reality show.

A ficção este ano voltou a ganhar força na TVI, mas é importante realçar que isto só aconteceu porque a SIC se impôs durante vários meses com as suas Dancin' DaysGabrielaAvenida Brasil. Agora que os sucessos da SIC/Globo chegaram ao fim, o canal de Queluz, outrora dirigido por José Eduardo Moniz, voltou a perceber o que o público quer ver na sua antena e tem tido o cuidado de fazer boas apostas, cumprindo com horários e promovendo os seus produtos.

Assim sim, dá gosto poder ficar depois do jantar a assistir a um bom produto de televisão... Belmonte! Espero que a aposta na ficção não se fique por aqui e que os próximos meses venham a mostrar que é por este caminho que o canal vai voltar a entrar, colocando os programas da vida real para segundo plano, sem necessitar de os retirar do ar!

23
Set13

Belmonte [Estreia]


O Informador

«Isto é o paraíso!» ditou, pelas palavras do ator António Capelo, o início da novela Belmonte na antena da TVI. A grande aposta em termos de ficção nacional para o horário nobre do canal de Queluz já estreou e teve com o seu primeiro episódio um bom impacto perante O Informador.

Adorei! Adorei! Adorei! Se há uns tempos afirmei que uma outra novela do mesmo canal me tinha conquistado logo pelo seu primeiro episódio, esta suplantou a outrora nova aposta e a qualidade está bem presente e vincou-se tão bem em todos os pormenores desta nova produção.

Dos atores ao texto, da banda sonora à imagem, dos cenários aos pormenores... O cuidado que está impresso em Belmonte é notório e tal tinha mesmo de acontecer. Mostrar o nosso país, numa produção adaptada, recuperando atores que têm estado afastados do pequeno ecrã e ainda conseguir encontrar uma atriz brasileira para uma das personagens principais foi um trabalho excelentemente bem conseguido e a luta dos últimos meses está agora a começar a ser mostrada aos telespetadores.

Eu fiquei maravilhado com todo o primeiro episódio pelo tipo de história que conta, por mostrar o nosso país tal como é, com óptimas paisagens naturais do nosso Alentejo e por ter um elenco com nomes bem conhecidos e que não costumam encontrar-se nos mesmos trabalhos. Graças à extinção dos contratos de exclusividade outros rostos têm agora a oportunidade de aparecer em detrimento das estrelas que são assim deixadas para trás. É bom ver esta renovação de elencos e não estar constantemente com as mesmas caras, novela após novela, onde só mesmo as personagens mudavam porque os corpos continuavam a ser os mesmos. Gostei desta variedade e só por isso a aposta já era vencedora!

O tipo de história é atrativa com uma luta familiar a dar o grande toque deste trunfo e depois com uma banda sonora bem romântica e capaz de englobar várias estilos e com um trabalho de fotografia tão bem cuidado, esta Belmonte poderá não ser só mais uma novela. Se tudo continuar como foi apresentado na sua estreia, o público tem nesta produção da Plural um novelão capaz de conquistar miúdos e graúdos.

Mais sobre mim

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários Recentes

Mensagens

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Segue-me...

Facebook ___________________________________________________________ Instagram ___________________________________________________________ Twitter ___________________________________________________________ Pinterest Visita o perfil de O Informador no Pinterest. ___________________________________________________________ Goodreads
Envelhenescer
Três Homens Num Barco
Confissões de Inverno
O Templário Negro
Larga quem não te agarra
As Desaparecidas
Sentir
A Livraria
A Magia do Acaso
Hotel Vendôme
A Química
Não Gosto de Segundas Feiras
___________________________________________________________ BlogsPortugal
___________________________________________________________ Bloglovin Follow _____________________________________________________

 Subscreve O Informador