Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

21
Jul13

Luar do Bairro Alto


O Informador

Lua Bairro AltoUma noite bem passada na companhia dos amigos pode acontecer em qualquer lado, mas desde que descobri a magia das diferenças do Bairro Alto, em Lisboa, que não dispenso em por lá passar sempre que posso. Aquelas ruas de calçada são outra coisa quando de copo na mão se podem contar histórias e ver passar a banda da vida de todos nós. Neste dia, a lua estava mesmo por cima dos nossos pensamentos com o seu olhar mágico quando a noite estava ainda uma criança!

A dois ou em grupo, percorrer as ruas do Bairro Alto nos serões de fim-de-semana é diferente e não consigo explicar a diferença que aquele espaço lisboeta tem dos restantes porque a sua magia só pode ser adquirida através da presença e não com explicações que não conseguem mostrar a verdadeira identidade do local.

Quando por lá fui pela primeira vez, odiei, mas o tempo apresentou-me o outro lado daquele bairro tão conhecido pelas suas ruas que se enchem na noite para receberem os clientes habituais e as visitas, as que não são da capital e mesmo as internacionais. O Bairro Alto é o espaço ao ar livre da noite lisboeta mais conhecido além fronteiras e tudo isso tem um motivo, o seu multi ambiente com uma diversidade sem igual.

O luar do Bairro Alto neste serão conquistou-me e não o pude deixar fugir. Obrigado à lua e aos meus pequenos póneis por me fazerem companhia!

13
Mai13

Bairro Alto


O Informador

Agora que o tempo quente já bateu à porta do nosso país, os serões de fim-de-semana já podem ser melhor passados e na zona de Lisboa os meus caminhos vão dar ao Bairro Alto.

Há uns anos, e da primeira vez que fui conduzido pelas ruas do Bairro, tenho que confessar que não gostei nada, mas mesmo nada, de andar por lá. O ambiente, as pessoas, as conversas, as visões, ..., levaram-me a não gostar do que acabava de conhecer, mas com o passar do tempo e com outras companhias aprendi a ver o que achava mau com outros olhos e...

Hoje, e depois de uma re-apresentação feita por outras pessoas, adoro ir ao Bairro Alto e já faço questão de o apresentar a quem ainda não conhece as zonas por onde gosto de andar. Com o calor que já anda por aí e que promete continuar nos próximos meses as saídas para aquela zona de diversão noturna de Lisboa são para continuarem a acontecer e com maior regularidade.

Gosto de ir ao Bairro Alto, aconselho a quem não conhece a zona a tentar por lá passar numa noite quente e depois tentem ver o lado bom das coisas... Porque quando se juntam três Bs - Bairro, bebida e boa-disposição - está tudo ganho para se ter uma boa noite entre pessoas de quem se gosta!

24
Fev13

Lixo de Lisboa


O Informador

A nossa capital nos últimos tempos tem andado para trás no que toca ao lixo que é colocado pelos moradores às suas portas. Tenho notado cada vez mais que o cuidado que existia na recolha do lixo em Lisboa já não é mais o mesmo e as coisas acumulam-se durante mais tempo pelas ruas, o que dá um mau aspecto tremendo.

Além de ser em Lisboa o único local em que vejo o lixo ser deixado em sacos e caixas pelo chão ao longo das ruas, ainda tenho que lamentar a falta de cuidado que tem existido na sua recolha. O que me tem dado a parecer é que os carros do lixo já não passam com tanta assiduidade como antes nos locais e as coisas acumulam-se por mais horas, o que é lamentável acontecer nos dias que correm e numa cidade que se quer limpa.

Além disso, quero comentar o facto de os senhores do lixo passarem em certas ruas na hora em que se pode dizer que é a de ponta. Passo a explicar... Pela zona do Bairro Alto não seria mais fácil o lixo ser retirado antes das 20h00 ou depois das 04h00? É que por volta das 00h00 aquela zona está mais movimentada que nos outros horários e as carrinhas andam por ali de um lado para o outro no meio de quem se quer divertir, estar a beber uns copos e na conversa e tem que se andar a desviar de um lado para o outro para os senhores do lixo passarem e não levarem ninguém à sua frente!

Lisboa fica tão feia com aqueles sacos cheios do que já não presta, sacos esses que depois se rompem e espalham o seu mau conteúdo que fica à vista de todos e pronto para ser levado pelos animais de rua que andam por aí!

A Câmara Municipal de Lisboa tem que ter isto em atenção porque as eleições estão ai a chegar e há que ter argumentos fortes junto da população que vai votar. E não me parece que com lixo acumulado se chegue a um bom porto!

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Segue-me...

Facebook ___________________________________________________________ Instagram ___________________________________________________________ Twitter ___________________________________________________________ Pinterest Visita o perfil de O Informador no Pinterest. ___________________________________________________________ Goodreads
Envelhenescer
Três Homens Num Barco
Confissões de Inverno
O Templário Negro
Larga quem não te agarra
As Desaparecidas
Sentir
A Livraria
A Magia do Acaso
Hotel Vendôme
A Química
Não Gosto de Segundas Feiras
___________________________________________________________ BlogsPortugal
___________________________________________________________ Bloglovin Follow _____________________________________________________

 Subscreve O Informador

Mensagens

Comentários Recentes

Atual Leitura

_________________________________________________________

Parceiros Literários

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Espaço Cultural

_______________________________________________