Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

03
Set16

O Homem Que Me Fizeste Ser


O Informador

o homem que me fizeste ser a.jpg

Autor: André Sousa

Data: Julho de 2016

Editora: Chiado Editora

Número de páginas: 158 páginas

Classificação: 3 em 5

 

Sinopse: “São três da manhã e o sono parece não querer chegar. As memórias são tantas: os dias vividos, as fotografias espalhadas por esta mesa e a certeza… de que te amo acima de tudo nesta vida. Poderia passar o resto dos meus dias a escrever-te, a contar-te tudo o que despertas em mim, tudo o que fizeste para mudar a minha história. No fim de contas, fizeste de mim um homem melhor, um lutador que te abraça nas noites frias, que te beija nos instantes de loucura, que te protege em todos os dias desta nossa paixão.”

 

Opinião: Um diário privado de um ser que ama com todas as forças que consegue atrair até si! Uma conjugação de verdadeiras recordações de sentimentos correspondidos onde a distância é culmatada pelo encontro, naquela união entre quatro paredes, numa cama com cheiro a paixão e onde a verdade flue num desenrolar de emoções entre dois seres que se completam. André Sousa é o autor de O Homem Que Me Fizeste Ser, uma obra pessoal e onde o poder de amar de um homem é descrito na perfeição!

O momento em que tudo começa com simples olhares, toques e partilhas até ao desenvolver dos sentimentos que geram o amor. A cumplicidade, conhecimento e união onde a plenitude acontece e a saudade causada pela distância toma lugar para derrubar todos os pensamentos negativos que possam surgir. O verdadeiro amor existe e pode ser refletido quando os sentimentos são reais, não significando um ato representativo junto do outro, não querendo alimentar expetativas para com quem está do outro lado. 

31
Ago16

Atual leitura... O Homem que me fizeste Ser


O Informador

A Chiado Editora tem vindo ao longo de 2016 a mudar a sua forma de aparecer junto do leitor! Capas muito mais apelativas, romances de autores nacionais, continuação na aposta em determinados nomes da escrita e uma maior presença pelas livrarias! 

André Sousa lançou a sua primeira obra poética, Juro Amar-te, em 2015 através da Chiado Editora e agora é com O Homem que me fizeste Ser que entra no mundo da ficção onde a poesia continua a ter o seu lugar. Um diário pessoal de quem ama, escreve e partilha com os leitores o que vai sentido ao longo de uma paixão que transforma ambos os lados.

O Homem que me fizeste Ser é a primeira obra que leio do autor do blog Pedacinhos de Mim e espero encontrar ao longo das 158 páginas bons motivos para começar a seguir os lançamentos deste algarvio que vive atualmente em Lisboa. 

Sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • O Informador

    Uma mulher a tocar neste tema que todas reconhecem...

  • O Informador

    Nem mais! As próprias mulheres reconhecem a dificu...

  • Paula Ribeiro Santos

    Olá. Ando há semanas a tentar escrever um post sob...

  • C.

    Sendo mulher, digo-te que prefiro trabalhar com ho...

  • O Informador

    Muitos dão para receberem em tudo na vida, mas qua...

Mensagens

Posts mais comentados

Pesquisar

Segue-me...

Facebook ___________________________________________________________ Instagram ___________________________________________________________ Twitter ___________________________________________________________ Pinterest Visita o perfil de O Informador no Pinterest. ___________________________________________________________ Goodreads
Envelhenescer
Três Homens Num Barco
Confissões de Inverno
O Templário Negro
Larga quem não te agarra
As Desaparecidas
Sentir
A Livraria
A Magia do Acaso
Hotel Vendôme
A Química
Não Gosto de Segundas Feiras
___________________________________________________________ BlogsPortugal
___________________________________________________________ Bloglovin Follow _____________________________________________________

 Subscreve O Informador

Posts destacados