Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

18
Out13

Rádio Comercial


O Informador

Novos resultados das audiências de rádio foram tornados públicos e a Rádio Comercial volta-se a destacar perante as suas parceiras e rivais! Eu pertenço ao universo dos ouvintes que têm ajudado a este sucesso da rádio dirigida por Pedro Ribeiro! Parabéns!

Das Manhãs da Comercial ao Todos no Top, eu estou lá! Embora não seja um ouvinte fanático de música e por consequência de rádio, quando estou em viagem, seja rápida ou prolongada, o som é uma das minhas companhias! De manhã à noite, ao almoço ou ao jantar, a Comercial está sempre sintonizada no meu carro e é a principal opção quando me deixo envolver pela rádio.

De entre as opções mais conhecidas das rádios nacionais, a fase em que a CidadeFm ocupou boas horas da minha vida já passou há algum tempo e desde aí que me deixei adoptar pela sua parceira do grupo Media Capital e não larguei mais!

Pedro Ribeiro, Nuno MarklVasco PalmeirimVanda Miranda Ana Isabel Arroja são as minhas preferências da equipa, sendo também as vozes que estão mais tempo no ar nas horas em que me faço acompanhar pela Comercial.

Parabéns por mais uma vitória de um projeto que tem vindo a mudar para melhor em função das preferências dos seus ouvintes! Obrigado!

10
Fev13

Sempre em movimento e ocupado


O Informador

«Não consigo estar quieta sem nada para fazer. Não é defeito, é feitio. Preciso de cenas!»

Ana Isabel Arroja

Há uns dias Ana Isabel Arroja partilhou na sua página de Facebook a frase que transcrevi em cima e eu não podia estar mais de acordo, é que sinto o mesmo.

Não consigo estar quieto e sem nada para fazer. Eu sou assim, sempre estive habituado a estar ocupado e a ter que arranjar sempre alguma coisa para fazer. Se estiver em casa e começar a perceber que nada me vai ocupar nas próximas horas ou trato de inventar alguma coisa ou começo a organizar-me para sair e ir fazer algo. Se estou na rua e o que estou a fazer termina ou trato logo de mudar de local e procuro novas acções ou então estamos mal. Não consigo mesmo estar parado e por vezes estou a fazer várias coisas ao mesmo tempo, mas quieto é que não.

A isto ainda se junta o facto de não conseguir estar num local onde predomina o silêncio! Se estiver em casa tenho que ter sempre a televisão ligada e mesmo que não esteja a ligar nenhuma ao que está a dar, sempre faz barulho. Na rua preciso de ter pessoas por perto e mesmo que não fale com esses desconhecidos, pelo menos vejo movimento e distraio-me com as vidas alheias.

Não consigo de facto estar parado e quieto e se me virem assim então é porque devo ter algo que me preocupa. Alertem-me caso isso aconteça sem me dar conta!

Ana Isabel Arroja, se leres este post dá um «Oi» para perceber que estamos em sintonia.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Segue-me...

Facebook ___________________________________________________________ Instagram ___________________________________________________________ Twitter ___________________________________________________________ Pinterest Visita o perfil de O Informador no Pinterest. ___________________________________________________________ Goodreads
Envelhenescer
Três Homens Num Barco
Confissões de Inverno
O Templário Negro
Larga quem não te agarra
As Desaparecidas
Sentir
A Livraria
A Magia do Acaso
Hotel Vendôme
A Química
Não Gosto de Segundas Feiras
___________________________________________________________ BlogsPortugal
___________________________________________________________ Bloglovin Follow _____________________________________________________

 Subscreve O Informador

Mensagens

Comentários Recentes

Atual Leitura

_________________________________________________________

Parceiros Literários

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Espaço Cultural

_______________________________________________