Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

Quem Tem Medo de Virginia Woolf? [Força de Produção]

QUEM-TEM-MEDO-DE-VIRGÍNIA-WOOLF-Por-Força-de-Pro

Edward Albee é o autor de um dos maiores clássicos contemporâneos da dramaturgia que mais tem corrido o Mundo ao longo de décadas e agora volta a estar em cena entre nós e com Alexandra Lencastre e Diogo Infante a darem vida ao casal Martha e George. 

Quem Tem Medo de Virginia Woolf? é um texto que todos os atores em determinada altura da sua vida anseiam dar vida e desta vez a ambição está do lado de Infante e Lencastre que ao lado dos jovens Lia Carvalho e José Pimentão dão vida a personagens que se confrontam entre a realidade e a ilusão numa autêntica queda livre sobre as complicadas relações conjugais.

Num serão de festa em casa do pai de Martha, reitor da universidade de New Carthage, onde George é professor e responsável pelo departamento de História, Martha convida um jovem casal a fazer-lhes companhia em sua própria casa após o serão animado. E a partir do momento em que a anfitriã revela a chegada das visitas que a discussão começa, iniciando-se assim uma crise que coloca a vida do casal de meia-idade a ser desfiada enquanto a bebida vai ajudando, ao longo de todo o encontro, a que o abismo recheado de revelações do passado, que afetam o presente, seja contado aos convidados que aos poucos caem na teia e nos «jogos» psicológicos que George cria para moldar os que estão à sua volta consoante a sua vontade, isto após ser humilhado por uma mulher egocêntrica, alcoólica e muito dada a novas experiências, se é que me faço entender, e pelos próprios convidados. Uma vida a dois completamente falhada com as falhas profissionais e pessoais a ser desvendadas e lembradas enquanto se vão magoando mutuamente. Afinal de contas não existem as famílias perfeitas que circulam em paz e comunhão à vista de todos, porque no interior de quatro paredes sempre existem problemas entre casais, problemas esses que vão sendo acumulados ao longo do tempo.

Quem Tem Medo de Virginia Woolf é uma critica à sociedade oprimida e que vive de aparências, fazendo recurso a um casal que se gosta mas que também se usa para se mutilar mutuamente como forma de escape enquanto estão sós e fora do olhar de quem está por fora do enlace e da verdade. 

Num texto duro e violento, Edward Albee exprime de forma desconcertante a verdade, confronto, traição, imaginação, provocação e muita loucura num serão complicado mas que não passa de um momento alto do que é um pouco o dia a dia das pessoas que se reprimem para não terminarem o que existe numa relação de forma alguma. 

Curtas e Diretas #79

Fim-de-semana de Páscoa significou duas idas ao teatro! Sábado pelas 21h00 fui enfrentar Quem Tem Medo de Virginia Woolf pelo Teatro da Trindade, onde Alexandra Lencastre, Diogo Infante, Lia Carvalho e José Pimentão tomam conta do palco e hoje, Domingo, pelas 16h30, foi a vez de assistir a Dois Homens Completamente Nus com Miguel Guilherme, Jorge Mourato e Sandra Faleiro. Durante a semana contarei a experiência sobre ambos os espetáculos aqui pelo blog!

Por ai alguém foi ao teatro? Já sei a resposta mas é bom manter a esperança!

Plaza Suite

Plaza.jpg

Alexandra Lencastre e Diogo Infante são as grandes estrelas de Plaza Suite, aquele espetáculo que tem dado que falar por conseguir esgotar a sala do Teatro Tivoli BBVA sessão após sessão. Primeiro e rápido comentário sobre esta comédia... Adorei!

Com dois atos distintos entre si, Plaza Suite é daquelas peças onde o lema «rir é o melhor remédio» marca presença do início ao fim! Com dois casais bem diferentes que desfolham as suas desventuras amorosas ao longo de uma vida perante as circunstâncias atuais em que se encontram, as duas histórias contadas e criadas por Neil Simon, encaixam na vida de tantos pares que andam por ai que é impossível não se fazerem comparações num momento ou outro. 

Quatro personagens centrais, quatro personagens secundárias interpretadas por Helena Costa e Ricardo de Sá e um decor que recebe em momentos distintos as duas histórias que se passam no mesmo local em datas diferentes. Se no início acompanhamos uma mulher que acredita festejar naquele dia o seu aniversário de casamento e faz de tudo para reconquistar o marido que a troca por uma jovem, já na segunda parte a acção, a que mais me conquistou, passasse em torno de uma noiva que se tranca na casa-de-banho do quarto de hotel enquanto os pais entram em desespero pelas contas que estão a pagar naquele dia em que a filha parece já não querer dar o «sim» ao noivo que a consegue convencer no final a abandonar o casulo onde fica durante grande parte do tempo. 

Amanhã é o dia!

Plaza.jpg

O espetáculo Plaza Suite conta com Alexandra Lencastre e Diogo Infante como as grandes atracções, a par dos jovens atores Helena Costa e Ricardo de Sá. Eu, que não podia perder esta produção irei amanhã até ao Teatro Tivoli BBVA assistir a uma das primeiras sessões, isto após a estreia de hoje e das apresentações dos últimos dias!

Pelos primeiros comentários que já andei a ver por aí, este Plaza Suite promete muita gargalhada do início ao fim, mas depois conto-vos tudinho, tudo, tudão!

Lencastre regressa aos palcos!

Plaza Suite.png

Plaza Suite é a comédia teatral que já está em preparação para estrear a 23 de Setembro no Teatro Tivoli BBVA, em Lisboa, assinalando este espetáculo o regresso de Alexandra Lencastre aos palcos nacionais.

Ao lado de Diogo Infante e com Helena Costa e Ricardo de Sá, este espetáculo com o selo da Força de Produção vive das aventuras e desaforos de dois casais bem diferentes e que enfrentam momentos marcantes das suas uniões. Duas histórias com quatro vidas envolvidas num enredo escrito por Neil Simon, um dos nomes mais conceituados da dramaturgia norte americana com vários sucessos internacionais. 

Vamos dançar?...

Dança com as Estrelas 1.jpg

A terceira edição do Dança com as Estrelas começou e os serões de Domingo voltam assim a apelar aos corpos em movimento, taco a taco e com a sintonia perfeita.

Cristina Ferreira dispensa apresentações, os jurados a mesma coisa, bailarinos de excelência e um elenco de concorrentes aparentemente abaixo das edições anteriores mas capaz de surpreender. Confesso que à partida quando vi os dez escolhidos apontei dois nomes como os elos mais fracos, Kátia Aveiro e António Raminhos. Depois de ver as suas prestações percebi que a ideia da irmã de Ronaldo estava completamente errada, no entanto o público português volta a mostrar que não gosta do clã Aveiro e retira Kátia da competição logo na primeira oportunidade. Quanto ao comediante que não sabe dançar, está ali para dar um toque de boa disposição ao formato, fazendo até um trabalho dentro do estilo que tem apresentado no que bem sabe fazer, mas longe do que o programa exige. No geral os concorrentes, mesmo não sendo figuras de topo do canal, estão dentro dos que os anteriores fizeram na estreia e agora é semana após semana que a evolução acontece e se irá fazer notar.

Sim este é um bom programa de dança, é daquelas apostas que sempre tem corrido bem ao canal ao longo de três anos seguidos e muda completamente o estilo e também o público base do que vinha a ser feito pelos últimos meses nos serões de Domingo. 

Gala das Estrelas

Por muito que se fale mal do canal que mais tem apostado no que é nacional, o que é certo é que quando chega o momento da Gala das Estrelas todos comentam porque vão espreitar o que os melhores estão a fazer pela noite mais natalícia da TVI. A festa da empresa é transmitida em direto para todos nós que ficamos a ver o melhor espetáculo do género transmitido no país, tal como Judite de Sousa afirmou em direto antes da grande noite do Casino Estoril.

Cristina Ferreira, Fátima Lopes e Manuel Luís Goucha foram os anfitriões de serviço, tal como tem acontecido pelos últimos anos, e ao longo das três horas de espetáculo vários foram os rostos a passarem pelo palco, ora com atuações, ora para falarem um pouco da Missão Sorriso e apelarem às chamadas telefónicas, desta vez por uma boa causa.

Rita Pereira, Alexandra Lencastre, Paulo Pires, Maria Ruef, Fernanda Serrano, Diogo Amaral, Jessica Athayde, José Alberto Carvalho, Leonor Poeiras, ..., todos os rostos que têm feito os melhores produtos do canal ao longo dos últimos anos estiveram presentes nesta gala que consegue reunir num só espaço os melhores dos melhores.

O público sabe onde um bom espetáculo de entretenimento é feito e concebido e é por isso que ano após ano, quer seja em aniversários ou pelo Natal os espetáculos que mais rendem junto dos telespetadores são os da TVI que conseguem deixar os concorrentes bem longe há vários anos. Todos percebem onde está a liberdade para brincar, reinando a espontaneidade, onde os apresentadores, jornalistas e atores se juntam a cantores e bailarinos para mostrarem que gostam e sabem brincar fora da sua área de conforto, sem terem que provar nada a ninguém.

Pelas redes sociais a #galadasestrelas esteve entre os assuntos do momento, provando que se fale bem ou mal, o que interessa é que falem. E quando se fala do que está a ser transmitido em televisão é porque se está a ver, não é bem verdade?

Vi e gostei, sendo um dos dias anuais que sempre gosto de ficar por casa para ver esta festa natalícia cheia de alegria e com uma boa missão por trás, a de ser solidário, com um simples gesto, uma chamada telefónica!

A Tua Cara Não Me É Estranha Kids - Estreia TVI

Se o programa A Tua Cara Não Me É Estranha com adultos teve sucesso ao longo de três edições, o que esperar agora da edição Kids, onde os mais novos são as estrelas principais no palco da TVI? A emoção vai estar acima do habitual no formato e a aliança entre concorrentes e mentores vai ser fundamental no sucesso desta reciclada aposta do canal. A estreia correu como esperado, fazendo lembrar o também programa de sucesso Uma Canção Para Ti! Gostei de ver!

Pequenos concorrentes com o nervosismo à flor da pele mas com um bom disfarce por trás, dando em vários casos a percepção de um à-vontade em palco como os profissionais. O que cativa neste formato é o facto das imitações atingirem um nível elevado para jovens que por vezes nada têm em comum com a música até entrarem nos castings para poderem ser um dos concorrentes.

A produção conseguiu pegar em dois programas queridos do público, juntou-os num só e aliou adultos de sucesso como mentores a aprendizes, fazendo assim a conjugação perfeita do que o espetador quer ver em casa.

Pequenos cantores que deixam pais, família, jurados e mentores com a lágrima no canto do olho, adultos com um nível já conhecido, apresentadores de sucesso e dois programas que resultaram bem num só com a magia do profissionalismo e a espontaneidade de uma equipa que sabe bem fazer o que agarra as massas. O que se pode esperar daqui para a frente? Um formato com bons resultados e que certamente irá dar muitas alegrias a quem o idealizou e pensou, tornando-o realidade para o que poderá ser a primeira edição mundial de várias que irão ser feitas em Portugal e no mundo, tal como os dois originais que lhe deram origem!

Gostei da estreia e sim, será o meu novo programa de Domingo à noite!

Os Mais Mediáticos de 2013

Mais mediáticosA imprensa cor-de-rosa anda recheada de personalidades do mundo da televisão, música e futebol e tal como é habito com o final de um ano, aparecem os dados sobre os famosos que mais se destacaram através das revistas nacionais. Eis a lista dos nomes que mais noticias tiveram, tendo sido os rostos mais requisitados pelas diversas revistas do mundo cor-de-rosa e de televisão. Uns são óbvios, já outros...

Como não podia deixar de ser, e tal como era previsto, 2013 foi o ano de Cristina Ferreira no pequeno ecrã e também na imprensa. A apresentadora da TVI destacou-se com os programas que apresentou ao longo do ano e tornou-se numa estrela que lançou várias apostas ao longo dos doze meses. Cristina já não é só uma apresentadora, é uma empresária que tem feito sucesso dentro e fora do mundo televisivo, tendo dado bem nas vistas através da sua vida profissional e pouco ou nada pela parte pessoal!

Rita Pereira continuou a estar entre os rostos mais atrativos para a imprensa e mesmo ao seu lado teve a sua colega e também rival Maria João Bastos, tendo ambas sido protagonistas de muitas notícias sobre a sua inimizade pessoal e também devido aos seus amores e vidas fora do ecrã. Destaco neste top 25 o nome de Fanny que muitos odeiam, mas que continua a ser destaque por onde passa, tendo sempre algo novo para ser comentado e falado pelos jornais e revistas. Luciana AbreuAlexandra LencastreCláudia VieiraManuel Luís Goucha são nomes previsíveis desta lista, ao contrário de João MotaMariana MonteiroMaya que tiveram um ano bem parado e onde até me surpreende o facto de aparecerem pelo top.

Os mais mediáticos da imprensa cor-de-rosa deram nas vistas em 2013 e a empresa Cision fez este estudo de mercado que mostra que o mundo televisivo, principalmente o da TVI, continua a ser rei entre os rostos mais badalados na imprensa, seguindo-se o futebol através de Cristiano Ronaldo e a música com Tony Carreira.

Em 2014 aponto Cristina Ferreira para continuar na liderança da tabela, sendo que prevejo que a jovem atriz Sara Matos venha também a ter um lugar de destaque pelos próximos meses.

Os Mais Mediáticos de 2013

Mais mediáticosA imprensa cor-de-rosa anda recheada de personalidades do mundo da televisão, música e futebol e tal como é habito com o final de um ano, aparecem os dados sobre os famosos que mais se destacaram através das revistas nacionais. Eis a lista dos nomes que mais noticias tiveram, tendo sido os rostos mais requisitados pelas diversas revistas do mundo cor-de-rosa e de televisão. Uns são óbvios, já outros...

Como não podia deixar de ser, e tal como era previsto, 2013 foi o ano de Cristina Ferreira no pequeno ecrã e também na imprensa. A apresentadora da TVI destacou-se com os programas que apresentou ao longo do ano e tornou-se numa estrela que lançou várias apostas ao longo dos doze meses. Cristina já não é só uma apresentadora, é uma empresária que tem feito sucesso dentro e fora do mundo televisivo, tendo dado bem nas vistas através da sua vida profissional e pouco ou nada pela parte pessoal!

Rita Pereira continuou a estar entre os rostos mais atrativos para a imprensa e mesmo ao seu lado teve a sua colega e também rival Maria João Bastos, tendo ambas sido protagonistas de muitas notícias sobre a sua inimizade pessoal e também devido aos seus amores e vidas fora do ecrã. Destaco neste top 25 o nome de Fanny que muitos odeiam, mas que continua a ser destaque por onde passa, tendo sempre algo novo para ser comentado e falado pelos jornais e revistas. Luciana AbreuAlexandra LencastreCláudia VieiraManuel Luís Goucha são nomes previsíveis desta lista, ao contrário de João MotaMariana MonteiroMaya que tiveram um ano bem parado e onde até me surpreende o facto de aparecerem pelo top.

Os mais mediáticos da imprensa cor-de-rosa deram nas vistas em 2013 e a empresa Cision fez este estudo de mercado que mostra que o mundo televisivo, principalmente o da TVI, continua a ser rei entre os rostos mais badalados na imprensa, seguindo-se o futebol através de Cristiano Ronaldo e a música com Tony Carreira.

Em 2014 aponto Cristina Ferreira para continuar na liderança da tabela, sendo que prevejo que a jovem atriz Sara Matos venha também a ter um lugar de destaque pelos próximos meses.

Dança com as Estrelas [Final]

Cristina Ferreira enfrentou pela primeira vez o horário nobre a solo e a aposta foi mais que ganha logo com a estreia de Dança com as Estrelas. Agora com o final deste programa, que convidou os famosos a dançarem, uma segunda temporada terá que existir no próximo ano, porque o contrário nem faz sentido!

Sara Matos foi a grande vencedora desta arriscada aposta da TVI e foi uma justa vencedora. Tendo sido a concorrente que mais evoluiu dentro do programa e que foi perdendo os seus medos através dos desafios que lhe foram sendo colocados pela frente, semana após semana, esta jovem atriz revelou e lutou contra si própria para se transformar na melhor concorrente de entre as oito estrelas. Não votei porque sou um mero espetador sem voto na matéria mas apoiei a Sara e achei que a sua vitória foi justa.

Quanto ao formato, e embora tenha pensado que era uma arriscada aposta porque os formatos de dança não costumam conquistar tão bem os portugueses como os de música, o Dança com as Estrelas conseguiu tocar na preferência dos telespetadores que Domingo após Domingo lhe foram dando vitórias mais seguras face aos valores da concorrência. A Cristina nunca seria um risco na apresentação e mostrou que a solo ou acompanhada já está no topo. A Endemol esmerou-se com os cuidados de produção e conseguiu alterar o que primeiramente poderia não estar a correr tão bem, transformando o programa num momento de festa e alegria onde todos são convidados a assistirem como se estivessem numa tasca a olhar para um palco onde a boa dança acontece. Os jurados deram o seu toque e se no início a Alexandra Lencastre poderia ser mais do mesmo, o Cifrão não tinha nada para dizer porque é uma pessoa mais reservada e o Sr. Alberto era um dançarino desconhecido e só estava ali pela parte técnica... Tudo se transformou e esta tripla funcionou na perfeição e ajudou a abrilhantar a festa! Os concorrentes, esses, superaram-se e brilharam como não se estava à espera e foi isso que ajudou a curiosidade do público a aumentar perante este programa.

O Dança com as Estrelas foi uma aposta segura, conquistou e terá que ter uma segunda edição em 2014 porque o público pede, a apresentadora quer, os jurados dão luz verde, o canal só tem a ganhar e a dança agradece!

Dança com as Estrelas em alta

Semana após semana tenho acompanhado o programa Dança com as Estrelas da TVI e após três galas é caso para se dizer que se o que começou bem continuar assim, a final, que acontecerá com dois ou três pares, será ao rubro porque o que pode ser visto agora nada tem a ver com o dia de estreia.

Cristina Ferreira tem dado o mote nos serões de Domingo e os bailarinos têm feito um excelente trabalho semanal com os concorrentes porque quando chegam a palco todos têm mostrado uma grande evolução e um programa de dança, que geralmente é algo que não me atrai como os de canto ou representação, conseguir-me prender ao ecrã para ver os paços que cada par tem para apresentar no grande palco que é a televisão deixa-me desejoso de ver a próxima gala.

Como é que é possível, em menos de um mês, ver pessoas que não costumam ter na dança o seu prato forte conseguirem brilhar alto com o que apresentam neste formato? Confesso que me invejo por ver atores, apresentadores, cantores e desportistas a fazerem coreografias de autênticos bailarinos e a surpreenderem-se a si próprios pelas suas capacidades físicas aos mais variados ritmos musicais.

A competição em Dança com as Estrelas está cada vez melhor e como só um poderá vencer, não será uma escolha nada fácil, isto a julgar pelo que tem sido apresentado através deste crescimento notório da performance dos concorrentes.

A par dos pares dançantes, da apresentadora e dos jurados que se mostram perfeitos nesta aposta, também há que louvar a produção da Endemol que com anos e anos de trabalho em vários tipos de programas não descura o cuidado com o que mostra aos telespetadores e também por esta área as surpresas têm acontecido através da excelente caracterização, cenários e imagens que passam para o ecrã.

Espero que a evolução destas três semanas não pare porque o que é bom pode sempre ser melhorado!

Mundo ao Contrário

A TVI arrancou com mais uma novela e depois das imagens que Destinos Cruzados começaram por mostrar aos portugueses há uns meses, eis que agora parece que o que serviu como aperitivo na telenovela que tem Alexandra Lencastre como dupla protagonista, será agora o prato forte desta nova aposta chamada Mundo ao Contrário.

Sexo, droga e violência são, a meu ver, os três grandes ingredientes desta nova novela, aliando-se esse facto a todo um enredo que vai dar bem que falar, isto a julgar pelo primeiro episódio que foi apresentado. 

Se aquando da estreia de Destinos Cruzados tinha ficado de novo conquistado à ficção nacional, depois de algumas novelas mais fracas da TVI, agora volto a gostar do que vi dos primeiros momentos desta nova produção. Finalmente parece que a direcção do canal voltou a estar atenta e percebeu que não se pode parar, tendo-se que arriscar sempre para poder fazer mais e melhor, conquistando o público.

Sara Barradas e Margarida Marinho a mostrarem que estão à frente de um bom elenco, mas que nada já têm a provar porque embora com idades diferentes, estão as duas num nível bem elevado da representação e ambas comprovaram isso com a apresentação destas suas novas personagens. Adorei!

Quero continuar a ver este Mundo ao Contrário porque fiquei agarrado de início, mas só saberei daqui a uns tempos se o que foi apresentado vai continuar a manter o meu nível de exigência como é pedido.

Destinos Cruzados

Destinos CruzadosA TVI é a casa das novelas em Portugal e depois de uns tempos em que as produções perderem o seu fôlego, eis que chegou Destinos Cruzados para mostrar que a ficção nacional do canal está bem viva.

Já há muito tempo que não via uns primeiros episódios de uma novela tão bons. Sempre com algo a acontecer, com uma excelente imagem e qualidade de som, isto aliados a um texto de António Barreira, que é o meu autor preferido e que já venceu um Emmy, parece que tudo foi cuidado para se voltar aos altos números e conquistar o público.

Com um elenco constituído só de estrelas que os telespetadores estão bem habituados a ver em horário nobre e com tudo o resto bem definido e delineado para se triunfar, o sucesso parece-me que vai estar do lado destes Destinos Cruzados.

A mim estes primeiros episódios já me conquistaram, espero agora que não se volte a descurar para não se voltarem a dar passos de recuo.

O novo rosto de Alexandra Lencastre

Ela é uma das estrelas principais das novelas da TVI, onde já grava uma nova trama, mas como o peso da idade já lhe faz confusão, eis que Alexandra Lencastre submeteu-se a algumas intervenções cirúrgicas faciais para rejuvenescer o seu rosto, mas...

As coisas parecem não ter corrido assim tão bem, pelo menos a julgar pelas imagens das gravações que já vieram a público! Alexandra Lencastre ficou com o rosto esticado em demasia e perdeu a sua expressão facial.

A atriz tem vindo a mostrar desagrado pela sua imagem, mas será que era mesmo necessário cometer este ato à sua pele do rosto? Podia ter feito uns retoques, mas não com tanta demasia como foi feito. Pelas imagens parece que agora o trabalho como atriz torna-se ainda mais complexo, é que a nível facial tem que exigir mais de si própria para mostrar os sentimentos das suas personagens. Não existem tantas curvas como antes, e numa mulher com quase cinquenta anos isto é notório!

Estavas tão bem Alexandra, porque quiseste mudar assim tanto a tua cara?! Podias ter feito algumas coisitas, mas não tanto assim! Volta velha Alexandra, estás perdoada!

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Segue-me...

Facebook ___________________________________________________________ Instagram ___________________________________________________________ Twitter ___________________________________________________________ Pinterest Visita o perfil de O Informador no Pinterest. ___________________________________________________________ Goodreads
Envelhenescer
Três Homens Num Barco
Confissões de Inverno
O Templário Negro
Larga quem não te agarra
As Desaparecidas
Sentir
A Livraria
A Magia do Acaso
Hotel Vendôme
A Química
Não Gosto de Segundas Feiras
___________________________________________________________ BlogsPortugal
___________________________________________________________ Bloglovin Follow

Comentários recentes

  • O Informador

    Só te posso dizer que estou mesmo a terminar a sua...

  • O Informador

    Estás a dizer que sou uma inspiração ao longo dest...

  • O Informador

    Uma viagem sem partida e chegada é sempre uma viag...

  • O Informador

    Se gostas estás à vontade para partilhar pelas red...

  • Carolina Paiva

    Parece-me bem :) fico à espera da opinião :)

Atual leitura

Mensagens

Parceiros Literários

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Espaço Cultural

_______________________________________________