Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

25
Abr13

Voltar a viver


O Informador

Alex é um homem bem sucedido nos negócios. Ao seu lado tem tido a sua mulher, Faith. Mas ao fim de vários anos de casamento e com as suas filhas já fora de casa, o casal, que sempre esteve bem, começa com os seus problemas conjugais e de entendimento. Existirá motivo maior para duas pessoas estarem juntas só porque sim, remetendo-se à vontade um do outro sem mostrarem o que verdadeiramente querem?

Com as duas filhas já adultas e sem precisarem dos cuidados maternos, Faith percebe que a vida que foi tendo sempre girou em torno do seu marido e filhas. E agora que só lhe resta um marido que mal lhe liga, o que fazer com o seu próprio futuro?

Perto dos cinquenta anos é sempre tempo para se voltar a viver, isto para quem perdeu a maior parte da sua vida por dedicação aos outros e é este o lema que me tem feito reflectir o livro Preces Atendidas de Danielle Steel e de onde fiz este pequeno resumo sobre o casal Alex e Faith. Como é que as pessoas se deixam levar pela vontade dos outros sem pensarem primeiro em si mesmas?

Faith, neste caso, sempre se dedicou à sua vida familiar, depois e quando está a chegar aos cinquenta anos percebe que perdeu a sua própria existência em função dos outros. Se por um lado tem o desejo de tudo mudar e lutar pelo que quer, por outro existe a pressão de quem ainda vive ao seu lado, que está habituado a chegar a casa e ter tudo feito e ao seu dispor, sem ter que se preocupar com nada.

Uma relação, seja ela com a duração que tiver, não serve para a ajuda e bem-estar das duas partes? Numa relação não se tem que querer que o outro esteja bem e se sinta realizado com o que tem e faz? Quem manda e tem por hábito sentir-se o líder não aceita ser enfrentado, mas para que duas pessoas estejam felizes tem de existir vontade dos dois e não apenas de um, não podendo existir o poderoso e o cão de guarda.

Não aceito que as pessoas se rebaixem a favor e a pensar nos outros. Nunca é tarde para se voltar a viver quando se andou de olhos fechados para o mundo e para o que ele tem para nos dar.

Faith acordou, mas muitas pessoas por esse mundo fora vivem em função de outras e não têm a sua própria vida. Existem muitos Alex's por aí, infelizmente, porque as ideias retrogradas nunca vão desaparecer da nossa sociedade machista.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Segue-me...

Facebook ___________________________________________________________ Instagram ___________________________________________________________ Twitter ___________________________________________________________ Pinterest Visita o perfil de O Informador no Pinterest. ___________________________________________________________ Goodreads
Envelhenescer
Três Homens Num Barco
Confissões de Inverno
O Templário Negro
Larga quem não te agarra
As Desaparecidas
Sentir
A Livraria
A Magia do Acaso
Hotel Vendôme
A Química
Não Gosto de Segundas Feiras
___________________________________________________________ BlogsPortugal
___________________________________________________________ Bloglovin Follow _____________________________________________________

 Subscreve O Informador

Mensagens

Comentários Recentes

Mais Comentados

Atual Leitura

_________________________________________________________

Parceiros Literários

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Espaço Cultural

_______________________________________________