Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

03
Mar13

O Mundo Amarelo


O Informador

O Mundo Amarelo 3O Mundo Amarelo não é um simples livro de recriação de um passado pesado que mexeu com todo o presente de uma pessoa. Este livro que a Editorial Presença lançou do autor espanhol Albert Espinosa é uma demonstração de como uma doença muda a vida de uma pessoa. Em muitos casos leva à morte, mas a quem tem a sorte de isso não acontecer, essa mesmo morte começa a ser vista de outra forma, isto porque já se esteve à sua porta e depois tudo é ultrapassado. Boa disposição, alegria, vontade de viver e mostrar isso aos outros é o que este O Mundo Amarelo conta, num livro escrito na primeira pessoa do autor para o leitor, sem rodeios, nem contradições. Aconselho!

O que é ser um amarelo? O que é conhecer pessoas amarelas? Como é viver perto de um amarelo? Como os nossos amarelos nos ajudam a ultrapassar os nossos desafios? Todos nós, através do que é explicado neste livro, que poderia ser considerado de auto-ajuda, mas que não o vejo como tal, conseguimos entrar no mundo amarelo de Albert Espinosa, o autor que aos 14 anos viu a sua vida mudar com o diagnóstico de um cancro, que se primeiramente o afectou, depois o lançou para a vida com outra noção do que é viver.

Em O Mundo Amarelo não é contado todo o processo da doença de forma sofredora, tudo é contado através das aprendizagens que foram feitas por quem passou e por quem cresceu com isso, aprendendo a transformar o mau em bom e em tornar tudo da forma como se quer ver e não como teoricamente deveria ser.

Através de médicos, auxiliares hospitalares, doentes, familiares de doentes e várias pessoas que se cruzaram com Albert ao longo dos anos em que viveu entre a sua casa e o hospital, o autor avança com 23 descobertas que foi fazendo para mudar a sua vida para algo de bom e para tirar partido do mal para ter um futuro bem mais risonho. O 23 é um número bem especial neste livro por várias razões que agora não vou contar, mas todas elas fazem sentido entre quem já sabe o que é ser amarelo e já encontrou alguns dos seus amarelos!

Eu revelo que O Mundo Amarelo não seria um livro que primeiramente estaria na minha lista de leituras, mas assim que o recebi percebi logo pelo simples folhear de páginas e com a passagem dos olhos pelas mesmas que iria gostar muito de ter entre mãos por algumas horas esta leitura que pelo tema base se poderá pensar que é triste, mas onde a tristeza não tem lugar e nem se consegue aproximar.

Eu já sei o que é ser um amarelo e já percebi que ao longo da minha vida que já encontrei alguns, poucos, mas alguns amarelos. Uns ficam e transformam-se em amigos, amantes e companheiros, outros aparecem da mesma maneira como partem, rapidamente, mas marcam, e isso é ser amarelo.

Sinopse: A vida de Albert Espinosa mudou quando tinha 14 anos e lhe diagnosticaram um cancro. Aos 15 amputaram-lhe a perna esquerda, e, até aos 24, quando foi dado como curado, retiraram-lhe ainda o pulmão esquerdo e extraíram-lhe parte do fígado. Mas, como o próprio diz: «O cancro tirou-me as coisas materiais […] mas deu-me a conhecer muitas outras coisas que nunca teria conseguido descobrir sozinho.» Este é o livro onde o autor partilha as experiências e os ensinamentos que o ajudaram a viver feliz mesmo nas circunstâncias mais difíceis. O sucesso desta obra tem sido contagiante, registando sucessivas edições, milhares de exemplares vendidos e direitos adquiridos por mais de uma dezena de países. O Mundo Amarelo deu também origem a uma série televisiva em Espanha, cujos direitos de adaptação nos Estados Unidos foram comprados pela produtora Dreamworks, de Steven Spielberg.

28
Fev13

Expectativas sobre O Mundo Amarelo


O Informador

O Mundo Amarelo 1O Mundo Amarelo, um dos novos livros da Editorial Presença, chegou até mim como oferta da editora e agora vou pegar nesta obra de Albert Espinosa que tem feito sucesso pelo mundo e devorá-la.

Confesso que primeiramente não pensei que me fosse interessar assim tanto por este primeiro livro do autor espanhol, mas depois de ler alguns trechos posso revelar que acredito que assim que lhe pegar não o vou largar até ver o seu final ser lido.

O Mundo Amarelo tem como lema «Acredita nos teus sonhos e eles realizam-se». Esta é uma obra que, pelo que tenho lido pela crítica, consegue mostrar como a forma de vida de um adolescente que parece estar a ruir pode ser transformada numa alegria, mostrando através da sua escrita aos seus leitores como se dá a volta à situação mais complicada que nos pode afectar a qualquer um.

Deixo agora a Sinopse de O Mundo Amarelo para entrar de melhor forma dentro deste universo...

O Mundo Amarelo

Acredita nos teus sonhos e eles realizam-se
Sinopse: A vida de Albert Espinosa mudou quando tinha 14 anos e lhe diagnosticaram um cancro. Aos 15 amputaram-lhe a perna esquerda, e, até aos 24, quando foi dado como curado, retiraram-lhe ainda o pulmão esquerdo e extraíram-lhe parte do fígado. Mas, como o próprio diz: «O cancro tirou-me as coisas materiais […] mas deu-me a conhecer muitas outras coisas que nunca teria conseguido descobrir sozinho.» Este é o livro onde o autor partilha as experiências e os ensinamentos que o ajudaram a viver feliz mesmo nas circunstâncias mais difíceis. O sucesso desta obra tem sido contagiante, registando sucessivas edições, milhares de exemplares vendidos e direitos adquiridos por mais de uma dezena de países. O Mundo Amarelo deu também origem a uma série televisiva em Espanha, cujos direitos de adaptação nos Estados Unidos foram comprados pela produtora Dreamworks, de Steven Spielberg.
Este livro veio acompanhado por uma folha autocolante com seis bolas amarelas com a mensagem «Fazes parte do meu Mundo Amarelo. Queres saber porquê? presenca.pt/amarelos». A intenção será colocar estes seis autocolantes em obejtos das pessoas que quero que saibam fazer parte da minha vida de forma intensa.
Que tal também espreitares este mundo que pode bater à porta de qualquer um e ser vivido da maneira que cada pessoa o enfrentar? Acreditar nos sonhos e lutar por os realizar é o lema deste livro que parece estar recheado de boa-disposição e humor. Dentro de dias contarei o que achei mesmo desta obra que já começou a fazer sucesso pelo mundo!

Mais sobre mim

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários Recentes

Mensagens

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Segue-me...

Facebook ___________________________________________________________ Instagram ___________________________________________________________ Twitter ___________________________________________________________ Pinterest Visita o perfil de O Informador no Pinterest. ___________________________________________________________ Goodreads
Envelhenescer
Três Homens Num Barco
Confissões de Inverno
O Templário Negro
Larga quem não te agarra
As Desaparecidas
Sentir
A Livraria
A Magia do Acaso
Hotel Vendôme
A Química
Não Gosto de Segundas Feiras
___________________________________________________________ BlogsPortugal
___________________________________________________________ Bloglovin Follow _____________________________________________________

 Subscreve O Informador