Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

25
Out15

Adormecidos no restaurante


O Informador

Jantar fora com a melhor amiga tem tudo para ser um serão animado, para mais quando na mesa ao lado um casal adormece ao longo da refeição familiar. Acordarem só mesmo ao partir do bolo de aniversário!

E foi assim, vai-se jantar ao buffet chinês e várias são as caricaturinhas que vão desfilando ao longo do período em que estivemos a comer. Aniversariantes com decotes tão descarados que deixam todos a olhar, unhas postiças do tamanho do dedo, crianças a comerem batatas como se fossem bolachas e avozinhos que conseguem ter um jantar tão emocionante que antes mesmo de todos terminarem de comer já eles estavam em busca do vitinho encostados à parede.

Quando olhamos para a mesa do lado, depois de testemunharmos mil e uma coisas, eis que os avozinhos daquela família tinham adormecido, cada qual para seu lado, encostados à parede onde se sentaram quem sabe estrategicamente. 

10
Ago15

Adormeci ao almoço


O Informador

Não percebi o que se passou pela minha hora de almoço, mas o que é certo é que adormeci quase sem me dar conta!

Almocei sozinho - como é bom isto acontecer por vezes -, depois acabei por estar a beber café enquanto colocava as novidades das redes sociais e a leitura em dia. Quando dei por mim os olhos começaram a fechar-se, optei por encostar-me, depois deitar-me e lá fiquei eu, a dormir por uns bons minutos por um canto. 

Só acordei mesmo na hora de voltar a entrar ao trabalho e porque os meus colegas começaram a falar em meu redor para me tentarem fazer tropelias com alguma coisa que me sujasse a cara!

06
Mar15

Adormecer com o BabyTv


O Informador

Ontem estava no momento zapping já deitado quando passo pelo BabyTv e parei para tentar perceber que bombom tinham para fornecer aos pequenos telespetadores e aos seus pais que acabam por passar algum tempo com o canal ligado para entreter e ajudar a adormecer os mais novos. Eis que passados talvez uns dois minutos o que tanto se ambiciona que aconteça às crianças na hora de ir dormir bateu-me à porta... Comecei a ganhar sono só por estar a olhar para um ecrã onde formas animadas e peixes circulavam de um lado para o outro com um som de fundo relaxante. 

Então não é que encontrei o canal ideal para me deixar levar nos momentos mortos e o sono tarda em aparecer? A suposta grande aposta que estava a ser transmitida tinha como nome A Luz e As Estrelas e assim fui embalado para uma noite bem dormida onde a calma transportou-me para sonos onde o sonho não existe!

02
Jun14

As manhãs de segunda-feira


O Informador

Manhã de segunda-feira, aquelas horas que aparecem depois da noite que surgiu após o fim-de-semana, aqueles dias de descanso que são desejados e que passam com uma rapidez incrível. Não, as manhãs do primeiro dia de trabalho não são fáceis por aqui e acredito que para ninguém. Acordar e pensar que estamos prestes a entrar no local de trabalho para mais cinco dias laborais, para oito horas diárias de prisão longe da boa vida ao ar livre e do descanso que se dissipou há poucas horas atrás.

As manhãs de segunda-feira que batem à porta são péssimas! Custa-me adormecer pelo serão de Domingo e depois o acordar é pesado e cheio de vontade de continuar deitado, agarrado a uma baixa almofada que me faz companhia ao longo de todas as noites. Perceber que a claridade exterior já bate nas janelas e que são horas de levantar e pôr-me a mexer para o começo de uma semana é sempre aquele momento que podia perfeitamente ser deixado de lado!

Acordo, abro as janelas, despacho-me e minutos depois entro no local, aquele que me acolhe na maioria dos dias da minha atual vida, penso que é apenas o início de uma semana... Todos estão em modo off porque é de manhã e além disso é segunda-feira! As manhãs são sempre péssimas, mas no final da semana tudo acontece de outra forma, já existem os pensamentos de que faltam poucas horas para aqueles mágicos dias por casa, a dar um passeio à beira-mar ou a aproveitar o sol numa esplanada com um bom livro como companhia!

Não, não quero existir nas segundas-feiras de manhã, quero continuar a dormir até ao almoço, entrar em acção ao final do dia e perceber que no outro dia tudo já passou e que o mau início de semana já não vai acontecer, tendo ficado para trás, não sendo vivido e não sendo pesado!

As manhãs de segunda-feira são feias, mal cheirosas, carregadas de negativismo e embaraçosas! Não, não quero viver estes momentos de terror! Já passou?

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Segue-me...

Facebook ___________________________________________________________ Instagram ___________________________________________________________ Twitter ___________________________________________________________ Pinterest Visita o perfil de O Informador no Pinterest. ___________________________________________________________ Goodreads
Envelhenescer
Três Homens Num Barco
Confissões de Inverno
O Templário Negro
Larga quem não te agarra
As Desaparecidas
Sentir
A Livraria
A Magia do Acaso
Hotel Vendôme
A Química
Não Gosto de Segundas Feiras
___________________________________________________________ BlogsPortugal
___________________________________________________________ Bloglovin Follow _____________________________________________________

 Subscreve O Informador

Mensagens

Comentários Recentes

Mais Comentados

Atual Leitura

_________________________________________________________

Parceiros Literários

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Espaço Cultural

_______________________________________________