Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

10
Jun13

Óculos novos e baratos


O Informador

09-06-2013

A Seaside já me tinha piscado o olho por ter uns giros óculos de sol e a um preço bem acessível, 4,99€, mas no dia em que me apercebi disso não comprei nenhum par porque os que queriam estavam riscados.

Agora lá comprei dois pares, diferentes um do outro... Estes da imagem são azuis e confesso que não os usarei assim tanto como aos outros, isto porque dão mais nas vistas e não ficam bem com todas as roupas!

Não tenho um biquíni amarelo, mas agora tenho uns óculos de sol azuis florescentes!

26
Mai13

Vou ler As raparigas que sonhavam ursos


O Informador

as raparigasO meu novo companheiro de leitura foi comprado há dias por cinco euros e tem como título As raparigas que sonhavam ursos. Premiado na categoria de Romance em 2009 com o World Fantasy Award, esta obra da autoria de Margo Lanagan e publicada em Portugal pela Guerra & Paz, já me tinha piscado o olho em tempos, mas na altura deixei-a para trás. Agora trouxe-a comigo por menos dinheiro do que na época se o tivesse comprado e lá vou eu conhecer estas raparigas que sonham com coisas estranhas...

Sinopse:

Como sobreviver num mundo onde a beleza não pode ser separada da crueldade?

As Raparigas Que Sonhavam Ursos é uma história comovente de viagens e transformações, que oscila entre o masculino e o feminino, a realidade e o mito, a natureza e a magia, o consciente e o inconsciente, o temporal e o espiritual.

Liga vive modestamente no seu céu pessoal, que lhe foi dado por magia em troca da sua vida terrena. As suas duas filhas, a doce Branza e a curiosa Urdda, crescem neste mundo harmonioso, protegidas da violência e dos preconceitos da cidade que, outrora, tinham tornado a vida da mãe insuportável.

Mas o mundo verdadeiro não pode ser negado para sempre e, gradualmente, as fronteiras entre o refúgio de Liga e o lugar de onde ela tinha fugido vão cedendo. 

Num romance de grande intensidade emocional, Margo Lanagan explora a maldade e a doçura e revela a magia de aprender a viver com as duas.

Não costumo ler nada, ou se o faço é porque calhou, sobre os livros que vou comprar ou ler, mas com este, e já depois de o ter comigo, andei pelo mundo dos blogues de quem já o leu e parece que tenho em mãos uma grande história. A ver vamos como As raparigas que sonhavam ursos me vai conquistar!

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Segue-me...

Facebook ___________________________________________________________ Instagram ___________________________________________________________ Twitter ___________________________________________________________ Pinterest Visita o perfil de O Informador no Pinterest. ___________________________________________________________ Goodreads
Envelhenescer
Três Homens Num Barco
Confissões de Inverno
O Templário Negro
Larga quem não te agarra
As Desaparecidas
Sentir
A Livraria
A Magia do Acaso
Hotel Vendôme
A Química
Não Gosto de Segundas Feiras
___________________________________________________________ BlogsPortugal
___________________________________________________________ Bloglovin Follow _____________________________________________________

 Subscreve O Informador

Mensagens

Comentários Recentes

Mais Comentados

Atual Leitura

_________________________________________________________

Parceiros Literários

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Espaço Cultural

_______________________________________________