Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

13
Set14

Romance em Amesterdão, os vencedores!


O Informador

31 107No dia 2 de Setembro lancei o passatempo para oferecer dois exemplares do livro Romance em Amesterdão, da autoria de Tiago Rebelo e lançado pelas Edições ASA. Agora a hipótese de comentar para ganhar chegou ao fim e é altura de revelar o nome dos vencedores desta obra que também tive a oportunidade de ler há uns tempos.

Foi através do sistema random.org que seleccionei os números vencedores, tendo obtido o 31 e o 107, tal como pode ser visto através da imagem, o que traduzido pela ordem dos comentários revela que tenham sido as participantes Marlene Santos e Sílvia Catarina Pereira Coelho a ganharem os exemplar de Romance em Amesterdão. As vencedoras irão receber um email para que os seus dados sejam fornecidos e com a finalidade do seu prémio poder ser enviado.

A todos os participantes e não participantes só tenho a agradecer por estarem desse lado e informar que se continuarem a visitar O Informador terão sempre novas oportunidades através dos passatempos que já estão lançados ou aparecerão pelos próximos tempos! Até já!

Romance em Amesterdão

Quando o amor parecia diluído no tempo, eis que volta a ser vivido no presente. Uma história apaixonante.

Passaram quinze anos desde a última vez em que Mariana e Zé Pedro estiveram juntos – tempo que poderia ter sido suficiente para fazer desmaiar os tons da paixão se os amantes fossem outros, se o sentimento não tivesse calado tão fundo nas suas almas. Mariana imaginara, milhares de vezes, o reencontro; Zé Pedro desesperara por voltar a vê-la. E, sem que nada o fizesse prever, um brevíssimo encontro, numa estação de metro apinhada de gente, vem tornar aqueles quinze anos quase irreais. Quando tudo parecia ter sido aplacado pelo tempo, quando tudo o que acontecera em Amesterdão parecia confinado ao universo das fantasias românticas e do sonho, eis que o passado ressurge e se impõe, com um ímpeto que os esmaga, que lhes revolve o coração.

Mas peças no tabuleiro do jogo da vida são múltiplas e, não raras vezes, dotadas de vontade própria. A felicidade, alada e colorida, é tão apetecível quanto caprichosa – e sempre imprevisível.

Sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

Mensagens

Pesquisar

Segue-me...

Facebook ___________________________________________________________ Instagram ___________________________________________________________ Twitter ___________________________________________________________ Pinterest Visita o perfil de O Informador no Pinterest. ___________________________________________________________ Goodreads
Envelhenescer
Três Homens Num Barco
Confissões de Inverno
O Templário Negro
Larga quem não te agarra
As Desaparecidas
Sentir
A Livraria
A Magia do Acaso
Hotel Vendôme
A Química
Não Gosto de Segundas Feiras
___________________________________________________________ BlogsPortugal
___________________________________________________________ Bloglovin Follow _____________________________________________________

 Subscreve O Informador