Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

Poupança alentejana

27.08.13Publicado por O Informador

O país é o mesmo e a economia segue tal exemplo, no entanto mudando de zona as coisas mudam de preço de forma vertiginosa. Como se explica que uma ida a um complexo de piscinas municipais tenha um preço tão diferente entre a região de Lisboa e o Alentejo?

Pois é, por Lisboa é quase impossível ir a umas piscinas geridas por uma Câmara Municipal onde não se pague cinco euros. Já no que toca à zona alentejana, poder ir dar umas braçadas a uma piscina pode ficar por um simples euro. Que diferença é esta quando se fala de um local público que contribue para o orçamento camarário, existindo o mesmo tipo de despesas de local para local?

É por estas e por outras que as coisas não funcionam no nosso país. Se no Alentejo tudo se torna mais barato e ainda existe retorno, por que razão nas zonas mais populacionais se tendem a esticar os preços até o público alvo sentir que tem de fazer outras opções e fugir dos locais pagos?!