Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

Passar o ano de fato e gravata

30.12.12Publicado por O Informador

Enfim, este ano lá me convenceram e vou passar o ano de fato e gravata, como se estivesse presente numa cerimónia com requinte. Confesso que não me apetece nada, mas mesmo nada ter de me vestir a rigor para esta noite que nos leva para 2013, mas lá terá que ser, ou não...

Convenceram-me a estar presente num jantar de amigos e depois partir para uma das mais faladas festas da nossa capital para celebrar o enterro de 2012 e dar as boas-vindas ao novo ano, mas só de pensar que tenho que ir de fato e gravata, dá-me logo vontade de me baldar.

Acho que vou ter esta sensação mesmo até à hora de ter que apanhar a boleia para me por a caminho de Lisboa e poder festejar por várias horas esta passagem de ano. Não me apetece nada ir a este festa todo repimpado. Vou passar o ano meio contrariado e isso não deve ser nada bom presságio, não é verdade?

Se eu passar o ano a fazer algo de que não gosto e num sítio onde não me apetece, será que ficarei ao longo dos doze meses de 2013 sempre a viver contra as minhas vontades e desejos?!

4 Comentários

Comentar Post