Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

O fim da imprensa escrita

19.03.16Publicado por O Informador

econ.gif

O Diário Económico enquanto jornal imprenso e líder de mercado no seu sector chegou ao fim por dificuldades económicas que há algum tempo começaram a aparecerem. Salários em atraso, dispensa de funcionários, subsídios por pagar e férias gozadas mas não pagas ditaram o final de um dos jornais de economia mais credíveis da nossa praça. Fica, por agora, o seu parceiro televisivo, o Económico TV que parece conseguir sobreviver mesmo com baixas audiências! Isto é o principio do fim da imprensa escrita para que o pequeno ecrã, a imagem e o facilitismo comecem a ganhar de vez o seu lugar no trono da comunicação?!

Nos dias que correm e com a rapidez com que a sociedade se move é cada vez mais visível que a imprensa escrita e em papel começa a perder terreno para as novas tecnologias e multimédia. Os leitores começaram há algum tempo a optar por ficarem a par da situação do mundo através do mundo da internet onde vídeos aparecem a cada momento com as últimas notícias, não sendo necessária a sua leitura. O tempo corre, a preguiça da leitura une-se à falta de tempo e a rapidez com que se prime o «play» é muito maior do que a aquisição de um jornal diário que tem de ser transportado, aberto com as suas enormes páginas para ser lido aos poucos, num maior espaço de tempo que a mesma notícia consegue ser dada através de uns meros minutos televisivos. 

A imprensa escrita nacional deu a 18 de Março de 2016 mais um passo para o final! Qual será a próxima antiguidade imprensa a ruir para que o seu espaço pelas aplicações de telemóvel e pelo pequeno ecrã continue bem activo?!

1 Comentário

Comentar Post