Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

Mais Respeito Que Sou Tua Mãe

mais respeito que sou tua mãe.png

Uns anos após a primeira temporada de sucesso de Mais Respeito que Sou Tua Mãe, Joaquim Monchique voltou a juntar o elenco onde aliou novos rostos para recuperar este espetáculo na altura em que completa 30 anos de carreira. Do Casino Estoril, onde mais de trinta e cinco mil espetadores assistiram, para o Auditório dos Oceanos do Casino Lisboa, Mais Respeito que Sou Tua Mãe voltou para reconquistar o público que continua a esgotar a sala sessão após sessão.

Numa renovada e reformulada versão, esta comédia familiar convida o espetador a divertir-se ao longo de duas horas com as peripécias de uma pobre família da Baixa da Banheira onde cada elemento tem as suas particularidades tão bem definidas que é impossível não gostar. Do avô que planta droga no quintal para consumir e vender aos netos adolescentes com ideias surreais sem esquecer o menino bonito da família e o pai benfiquista e conservador, encontramos-nos perante uma família onde a mãe Esmeralda é o centro da ação, onde tudo lhe cai em cima, dos problemas às notícias em primeira mão, sendo ao mesmo tempo a confidente e a fonte para resolver tudo o que acontece no seio familiar. 

Joaquim Monchique desempenha o papel de Esmeralda Bartolomeu e é assim o centro de toda esta divertida comédia que levou vários ajustes da versão de 2010 para esta renovada apresentação. Leve, descomplexada e critica, Mais Respeito Que Sou Tua Mãe é daqueles trabalhos que por muito que se veja, e eu vi a primeira temporada, não se deixa de querer voltar porque sempre dá para soltar umas boas gargalhadas graças a um texto bem preparado e a um elenco bem composto que consegue transformar uma conversa com piadas num momento bastante irreverente e que transmite ao público emoção. 

Antes da estreia assisti a uma entrevista de Monchique onde percebi que o ator e encenador viu o original na Argentina e não descansou enquanto não o conseguiu comprar no momento para o trazer até Portugal, tendo sido convidado a sair do teatro por estar a invadir áreas privadas. Mas o que é certo é que a adaptação foi conseguida naquele próprio dia e vários anos após a estreia nacional estamos de novo com a possibilidade de ver ou rever esta comédia que pode receber um público mais cabisbaixo mas tem o dom de colocar os ânimos para cima para que todos deixem a sala de espetáculos de sorriso no rosto. 

Joaquim Monchique dispensa apresentações e é por isso que somente o seu nome vende e atrai o público até ao Auditório dos Oceanos. Depois Luís Mascarenhas, Joel Branco, Tiago Aldeia, Rita Tristão da Silva, Rui Andrade, Diogo Mesquita, Bruna Andrade e Leonor Biscaia encaixam tão bem nas suas personagens que o espetáculo consegue não ter mazelas de interpretação do início ao fim. Elenco bem definido, numa história bem criada para entreter e não deixar ninguém indiferente com a imensidão de temas familiares e pessoais que vão sendo debatidos ao longo de cada sessão.

Vale a pena ver ou rever Mais Respeito Que Sou Tua Mãe, a comédia que regressou em boa hora aos palcos nacionais para assinalar os trinta anos de carreira de uma das estrelas maiores do espetáculo em Portugal. Joaquim Monchique está de Parabéns e este será o seu ano, já que após esta representação outros sucessos serão repostos ao longo dos próximos meses, como é o caso de God e Paranormal, outros sucessos de anos anteriores do ator. 

Mais Respeito Que Sou Tua Mãe - Nova Versão

A mãe de família e dona de casa mais desesperada da Baixa da Banheira, e de Portugal, está de volta nesta nova versão de Mais Respeito Que Sou Tua Mãe. Esmeralda Bartolomeu continua a sua luta pela sobrevivência no caos de um seio familiar onde tem de lidar com um marido desempregado que só tem apego ao futebol; um sogro de 80 anos tão, ou mais, adicto à marijuana que o seu filho mais novo; uma filha adolescente com um comportamento sexual mais desenvolvido (e desenvolto) que o seu; e um filho mais velho que é gay, e depois deixa de ser… e depois volta a ser… e depois deixa de ser outra vez!

O aguardado regresso de Mais Respeito Que Sou Tua Mãe assinala os 30 anos de carreira de Joaquim Monchique que veste a pele de Esmeralda Bartolomeu e assina, também, a encenação e adaptação de uma das peças de maior sucesso na Argentina, de autoria de Hernán Casciari. Aquando da sua estreia em 2010, Mais Respeito Que Sou Tua Mãe, foi um êxito de bilheteira em Portugal e foi visto por mais de 35 mil espectadores.

 

FICHA ARTÍSTICA

Texto Hernán Casciari  

Encenação e Adaptação Joaquim Monchique

Cenografia e Figurinos Joaquim Monchique e Rui Filipe Lopes 

Desenho de Luz Luís Duarte

Assistente de Encenação Ana Brito e Cunha

Produção Força de Produção

Interpretação Joaquim Monchique, Luís Mascarenhas, Joel Branco, Tiago Aldeia, Rita Tristão da Silva, Rui Andrade, Diogo Mesquita, Bruna Andrade e Leonor Biscaia

 

A partir de 29 de Março | Auditório dos Oceanos, Casino Lisboa

Quinta a sábado 21h30 | Domingo 16h30

Preço entre €12 e €16

Bilhetes já à venda na Ticketline, Fnac, e locais habituais.

1000x1450.jpg

2 Comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Pesquisar

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Segue-me...

Facebook ___________________________________________________________ Instagram ___________________________________________________________ Twitter ___________________________________________________________ Pinterest Visita o perfil de O Informador no Pinterest. ___________________________________________________________ Goodreads
Envelhenescer
Três Homens Num Barco
Confissões de Inverno
O Templário Negro
Larga quem não te agarra
As Desaparecidas
Sentir
A Livraria
A Magia do Acaso
Hotel Vendôme
A Química
Não Gosto de Segundas Feiras
___________________________________________________________ BlogsPortugal
___________________________________________________________ Bloglovin Follow _____________________________________________________

 Subscreve O Informador

Mensagens

Comentários recentes

  • O Informador

    O mais curioso é que agora muitos dos que ajudaram...

  • O Informador

    Neste momento isso não depende de mim, quem sabe.....

  • Just_Smile

    Como concordo contigo... Aliás, acho que esta mini...

  • Cláudia - Mulher XL

    Opa faz lá mais um passatempo para isto!!! Pode se...

  • O Informador

    Sim, existe sempre um dador ou barriga de aluguer,...

Atual Leitura

_________________________________________________________

Parceiros Literários

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Espaço Cultural

_______________________________________________