Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

Fé no Futuro

16.03.17Publicado por O Informador

Neste momento e devido ao desaire que a empresa sofreu o futuro tornou-se numa incógnita. Ainda não sei como ficaremos com ordenados que embora sejam de dias que se trabalhou este mês são nossos, esta semana em que já nada existe e ainda o seguro não tomou decisões quanto aos funcionários e os papéis para o desemprego ainda não chegaram por consequência. Ou seja, neste momento tudo são questões em aberto quanto aos dias que já passaram deste mês, à indemnização e ao futuro. Quem me irá pagar a partir de agora? O patrão através da seguradora ou o estado se o caminho, que é o mais certo, for o desemprego?

Os dias passam e as questões estão a ser resolvidas, mas tudo parece demorar eternidades necessárias mas que nos acabam por massacrar ainda mais! Encontro-me em período de férias que felizmente me foi pago e espero que seguradora, advogada, contabilidade e entidade patronal se entendam para se chegar a bom porto quanto ao que nos compete a nós, funcionários, que nada temos de perdidos e achados com o que aconteceu e que ficamos agora num impasse sem ainda saber que caminho seguir.

O mais esperado é começarmos a fazer parte dos números do desemprego que por sinal até têm vindo a descer nos últimos tempos mas até poder colocar os papéis estão a passar dias, não esquecendo a primeira semana em que não nos foi e talvez não seja paga por lado nenhum. Ou seja, meio mês já era e nem sinais de pagamentos deste período e de quem sabe de mais uns tempos até se tomarem decisões que nos desvinculem ou não do passado.

Precisamos de respostas para poder agir e iniciar um novo ciclo, deixando o que ficou na memória, com más imagens finais que jamais esqueceremos, mas que finalizam da pior maneira e obrigatoriamente um ciclo para se percorrerem novos caminhos e onde quero muito acreditar que irei encontrar algo melhor, que pode não ser logo da primeira vez mas que com tempo e vontade aparecerá.

Quero muito conseguir desligar-me o mais rapidamente possível de tudo isto para conseguir sossegar a mente, voltar a ter paz e poder descansar para iniciar um novo trajeto que só desejo que corra bem melhor que os últimos tempos.

Não sendo religioso tenho fé quanto ao futuro!

4 Comentários

Comentar Post