Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

Bulldog francês, a experiência

11.03.15Publicado por O Informador

Hey Ricardo, tudo bem? Envio-te esta mensagem porque há alguns meses que ando a pensar ter um cão. Primeiro eram os Shih Tzu que me encantavam, mas depois comecei a conhecer melhor os Frenchies (xD) e tenho-me informado. Já li muita coisa boa e muita má, mas nunca falei com um dono de um. Tu que tens o Tomé, podias dar-me algumas informações? Tipo comportamento, inteligência, energia... esse tipo de coisas. Thanks

Há dias esta mensagem chegou-me via Facebook por um ex-companheiro do mundo da internet onde fóruns acabaram por nos dar a conhecer. Respondi de imediato com a minha mais recente experiência canina, o Tomé, bulldog francês que veio de Espanha no Verão passado para fazer as suas tropelias cá por casa. 

O que falei sobre o que aprendi da raça ao longo destes meses foi algo talvez genérico, não sei. Então o que contei... O cachorro é calmo e conforme vai crescendo mais calmo tem ficado, não necessita de ir à rua por ser molenga e não gostar lá muito de andar, é meigo e vai aprendendo, talvez não tanto como outras raças, mas com calma, gosta de brincar ao seu ritmo, adorando dormir, mas também largado algum pêlo. Que mais posso dizer além de ser casmurro quando é contrariado, ficando amuado quando não o deixamos fazer o que quer?

Os pequenos bulldogs franceses serão todos como o Tomé? Contei a minha experiência destes meses, espero não ter enganado o rapaz e influenciado a sua escolha na decisão de levar um cachorro para casa!

1 Comentário

Comentar Post