Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

As Assistentes [Camille Perri]

as assistentes.jpg

Autor: Camille Perri

Editora: Topseller

Lançamento: Abril de 2017

Edição: 1ª Edição

Páginas: 304

ISBN: 978-989-8800-84-8

Classificação: 3 em 5

 

Sinopse: Tina Fontana, 30 anos, licenciada. Vive em Nova Iorque e trabalha numa grande multinacional. Todos acham que tem um emprego invejável: é assistente de um dos homens mais poderosos do país. Mas após seis anos a cumprir todas as regras e a satisfazer os mais bizarros pedidos do chefe, ela continua a ser uma mera assistente.

Endividada até à ponta dos cabelos, Tina mal consegue sobreviver. Por isso, quando tem a oportunidade de fazer algum dinheiro da empresa cair acidentalmente na sua conta, ela é incapaz de se conter.

Quando a fraude é descoberta, Tina só tem uma solução: continuar a desviar dinheiro para comprar o silêncio da sua (nada discreta) chantagista. Mas as coisas rapidamente fogem de controlo. Muitas das suas colegas fartas das condições de trabalho - e falidas - pedem-lhe ajuda.

Tina torna-se, sem querer, uma espécie de Robin Hood dos tempos modernos. E se antes sentia que estava a quebrar as regras, agora é uma questão de justiça. Mas todas as ações têm consequências e Tina Fontana não está preparada para o que lhe irá acontecer.

 

Opinião: Pegar em As Assistentes é como estar de frente a um ecrã a assistir a uma série virada para o público feminino onde as mulheres reinam o mundo graças ao seu poder, ao romance, ao ciúme e inveja entre si e aos dissabores do dia-a-dia. Tudo isto apresentado com um bom toque de humor onde o medo e a ambição se cruzam e atrapalham a vida de Tina e das suas companheiras, também elas assistentes dos grandes senhores de uma das maiores empresas mundiais. 

Muita vontade, competência e rigor para assumir a sua posição num mundo liderado por homens é a característica que começa por descrever o início da aventura de um grupo de assistentes de nomes reconhecidos no seio negocial. Mas um deslize de Tina acaba por criar um novelo que rola e rola apanhando passageiros pelo caminho e com tudo para dar errado quando embater contra a fortaleza do rosto maior, o patronato. 

Este é um livro que mostra como dar a volta a uma situação que começa de forma imprópria onde tudo parece estar a correr mal e aos poucos as coisas se transformam para que as vidas que se deixam subordinar a outros comecem a ganhar rostos perante a sociedade. Um problema inicial tomado de forma inconsciente que vai sendo transformado e limado com o medo e que aos poucos se transforma num sucesso, alterando vidas, mesmo que para isso se tenha por vezes que jogar sujo na vida. Mas no final de contas não somos todos um vingadores perante quem nos julga inocentes e seres não capazes de agir?

Com os melhores se aprende a errar para voltar a subir e é isso um pouco o que acontece com Tina Fontana, que ao errar percebe que é capaz de voltar a ficar por cima da situação, tal como sempre lhe foi passado dentro da empresa onde deu tudo por tudo para que fosse aceite e vista como a melhor assistente. 

Num texto corrido, marcado por vários momentos descontraídos e divertidos ao mesmo tempo em que existe tenção, a nossa narradora é a protagonista da história que nos vai contando como tudo se vai passando, desabafando e pedindo de certo modo conselhos ao leitor. 

Esta é daquelas histórias leves, para ler na praia e onde todos conseguimos perceber que num certo estado das nossas vidas profissionais já tivemos vontade de agir e lixar ou tirar um pouco do que uns têm em grande quantidade e esbanjam em demasia e que por vezes faz falta a quem mais necessita. Uma criação descomplexada, divertida e moderna sem necessitar de elaborar grandes esquemas para entreter o leitor que só quer passar uns bons momentos na companhia de uma narrativa que não canse ou engonhe.

Como o próprio livro se apresenta, estamos perante uma representação da «geração à rasca» que se desenrasca de forma manhosa mas vencedora porque por vezes é necessário quebrar as regras para se alcançar um lugar cimeiro. 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Pesquisar

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Segue-me...

Facebook ___________________________________________________________ Instagram ___________________________________________________________ Twitter ___________________________________________________________ Pinterest Visita o perfil de O Informador no Pinterest. ___________________________________________________________ Goodreads
Envelhenescer
Três Homens Num Barco
Confissões de Inverno
O Templário Negro
Larga quem não te agarra
As Desaparecidas
Sentir
A Livraria
A Magia do Acaso
Hotel Vendôme
A Química
Não Gosto de Segundas Feiras
___________________________________________________________ BlogsPortugal
___________________________________________________________ Bloglovin Follow _____________________________________________________

 Subscreve O Informador

Mensagens

Comentários recentes

  • O Informador

    Há que procurar e numa fase inicial perceber o que...

  • Mula

    Olha que bom! Fico muito feliz!Eu também estive tr...

  • O Informador

    Este cansaço enquanto blogger porque funciono bem ...

  • Vanessa

    É mesmo isso. Dias não são dias e há alguns em que...

  • O Informador

    Obrigado! Espero que me consiga habituar bem à nov...

Atual Leitura

_________________________________________________________

Parceiros Literários

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Espaço Cultural

_______________________________________________