Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

19
Mai14

A bateria do iPhone


O Informador

Tudo é muito bonito em ter um iPhone4S pela sua qualidade de imagem e pelas mais variadas aplicações disponíveis pela Apple e não só, o pior mesmo nos telemóveis da marca são as suas baterias. Aqui sim está um verdadeiro problema porque os proprietários dos aparelhos não se podem descuidar muito e volta e meia lá está o carregador prontinho a ser usado novamente, muito vezes nem com 24 horas de distância para com o último carregamento de bateria.

Jogar, entrar nas redes sociais e fotografar tudo e mais alguma coisa ao fim de algum tempo de vida do iPhone4S começa a ser um verdadeiro problema. Até aqui estava habituado a ter telemóveis Nokia ou Samsung que de início duravam três dias em média e depois foram reduzindo para dois ou menos que isso. Agora e logo nos primeiros dias percebi, e sei que não sou o único, que o novo telemóvel precisa de mais recargas que os velhinhos pelo seu elevado consumo.

Com o meu uso normal onde estão incluídas as mensagens, emails, chamadas, redes sociais, fotografias e jogos, ando desde o início a colocar o telemóvel à bateria num espaço de dia e meio ou dois. Isto é uma grande falha da marca, falha essa que já devia estar colmatada ao fim de tanto tempo, ainda para mais quando tudo é perfeito e depois acontecem destas coisas.

Se vou sair e sei que estou algum tempo fora, com o iPhone tenho que fazer o cálculo mais ou menos a que o regresso acontece para colocá-lo a carregar antes de sair, evitando assim ficar pendurando em termos de bateria meia hora depois de andar pela rua.

Ainda devia fazer o teste para perceber quanto tempo o telemóvel aguenta com a bateria totalmente carregada e sem ninguém lhe mexer, mas o vício é mais forte que a intenção e não me iria aguentar.

A bateria do iPhone é o seu único problema, infelizmente! De resto, contentíssimo com a escolha!

Sobre mim

foto do autor

Ganha

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • O Informador

    Ainda dizem que não há gente gulosa.

  • Cláudia C Silva

    E eu a ler isto enquanto devoro uma barrinha de um...

  • O Informador

    Acho que as atividades que acontecem nos dias de s...

  • P. P.

    Eu já tive alunos com toda a tarde de sábado ocupa...

  • Ricardo Trindade

    Duas horas semanais no máximo de catequese achas q...

Mensagens

Pesquisar

Segue-me...

Facebook ___________________________________________________________ Instagram ___________________________________________________________ Twitter ___________________________________________________________ Pinterest Visita o perfil de O Informador no Pinterest. ___________________________________________________________ Goodreads
Envelhenescer
Três Homens Num Barco
Confissões de Inverno
O Templário Negro
Larga quem não te agarra
As Desaparecidas
Sentir
A Livraria
A Magia do Acaso
Hotel Vendôme
A Química
Não Gosto de Segundas Feiras
___________________________________________________________ BlogsPortugal
___________________________________________________________ Bloglovin Follow _____________________________________________________

 Subscreve O Informador