Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

Vencedor do Convite Duplo | A Grande Ressaca | 12.04.2018

11.04.18Publicado por O Informador

a grande ressaca.jpg

"A Grande Ressaca" é uma comédia teatral protagonizada por Carlos Cunha, no papel de Alberto, um empresário de mariscos congelados que há dez anos perdeu a sua mulher para Ramiro, um empresário com a mania que vende mariscos vivos (e vende mesmo). Alberto vive angustiado com esta perda e nunca deixou de acreditar que a sua mulher vai voltar para casa.

Na noite em que Alberto faz sessenta anos, ele e o seu amigo – e empregado – Jaime abusam da bebida, o que dá origem a uma grande ressaca no dia seguinte, ressaca essa com uma particularidade: Alberto não se lembra de nada do que fez na noite passada. Todavia, Jaime lembra-se e vamos descobrindo ao longo da peça que a noite foi tudo menos uma noite normal, e que, inclusivamente, Alberto matou Ramiro… e o corpo está lá em casa.

Dá-se então início, num ritmo frenético e com muitas personagens à mistura, ao contra-relógio que Alberto terá de fazer para se livrar do corpo do amante da mulher (e de uma acompanhante que o chantageia), que agora quer regressar a casa. E no meio de muito humor e situações altamente inusitadas, também se tocam temas fortes, como o amor, a solidão, os afetos e a idade…

Carlos Cunha, Erika Mota, Nuno Pires, Élia Gonzales e Líga Ferreira têm andado em digressão pelo país, ao longo dos últimos meses, com a comédia A Grande Ressaca. Agora de 12 a 14 de Abril o espetáculo estará em cena no Teatro Armando Cortez com sessões diárias pelas 21h30. Com texto de Roberto Pereira, esta divertida comédia tem esgotado as salas por ordem tem passado e em Lisboa de certo que não será exceção. 

 

Encontrei-te nas Páginas de Um Livro | Xavier Bosch

11.04.18Publicado por O Informador

encontrei-te nas páginas de um livro.jpg

Autor: Xavier Bosch

Título original: Algú Com Tu

Editora: Marcador

Edição: 1ª Edição

Lançamento: Março de 2018

Páginas: 208

ISBN: 978-989-754-356-2

Classificação: 3 em 5

 

Sinopse: Encontrei-te nas Páginas de Um Livro é um romance sobre a força perdurável do amor. Jean-Pierre Zahardi, galerista na Rive Gauche, é um espírito livre. Paulina Homs, com uma tranquila vida familiar em Barcelona, chega a Paris para o casamento da prima. Como se o destino o tivesse preparado, entre eles nascerá uma atração inesperada que mudará as suas vidas para sempre. Este livro é a crónica da procura e da reconstrução de uma história de amor, a de Paulina e Jean-Pierre, através das recordações, dos documentos e do testemunho das pessoas que conheceram a paixão clandestina do casal. Será a filha de Paulina, Gina, que descobrirá muitos anos depois da morte da mãe o grande amor que a marcou para sempre.

 

Opinião: Um romance descoberto no presente por Gina sobre o passado de Paulina, a sua mãe. Este é o mote de Encontrei-te nas Páginas de Um Livro, da autoria de Xavier Bosch, um romance que acaba por aproximar dois momentos nas vidas de mãe e filha a partir de um simples cartão deixado num livro. 

Gina depara-se subitamente com um passado desconhecido da sua mãe, quando de um dia para o outro e de forma inesperada lhe aparece pela frente Mark, o possuidor da chave que leva Gina a sair momentaneamente do seu país numa viagem de descoberta por um passado que sempre desconheceu e sobre o qual nunca teve qualquer tipo de ideia. Deixando tudo para trás, Gina deixa-se passar por Pauline, o nome por quem Mark procurava através de um cartão, encontrado no interior de um livro e que o levou a procurar a famosa mulher. Dois jovens desconhecidos viajam juntos e entre mentiras, omissões e verdades, conseguem viver dias de loucura, deixando que as suas emoções os fizessem saborear cada momento, ao mesmo tempo que se conheciam de forma rápida, tal e qual como vamos mais tarde a descobrir que terá acontecido entre Pauline e Jean-Pierre.

Conhecendo o artista no casamento da sua prima Julia, os dias seguintes ao dia do enlace revelam-se eternos, onde cada momento marcou para sempre a vida de pessoas distantes e que descobriram a paixão em tão curto espaço de tempo, existindo do lado de Pauline um casamento de onde nasceu Gina. As visitas guiadas, os momentos a sós entre quatro paredes, os jantares românticos e a inebriação do prazer e do amor num romance clandestino mas forte. Rapidamente tudo aconteceu e a separação foi inevitável, ficando para sempre na memória de cada um e nas cartas trocadas com o tempo este envolvimento que fez esquecer muitos outros momentos de cada um que pareceram meros acasos ao lado de três dias tão especiais.