Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

Vencedores dos exemplares de Os Mauzões | Porto Editora

18.03.18Publicado por O Informador

os mauzões 2.jpg

SINOPSE

Eles são Mauzões, todos sabem disso. São assustadores, perigosos e... Maus. Mas estes tipos querem ser Heróis. E vão prová-lo fazendo boas ações… quer queiras quer não. Prepara-te para o mais divertido, atrevido e espetacular coleção que alguma vez leste. Prepara-te para conheceres Os Mauzões.

Os Mauzões, da autoria de Aaron Blabey, chegaram às livrarias nacionais através da Porto Editora que lançou no início deste mês os primeiros volumes desta coleção destinada aos leitores mais jovens. Contando a história do grupo de amigos Sr. Lobo, Sr. Tubarão, Sr. Víbora e Sr. Piranha, Os Mauzões são um quarteto invulgar, assustador, perigoso e com muito má reputação, devido ao longo cadastro criminal que os acompanha. 

Migalhas para todos

18.03.18Publicado por O Informador

migalhas.jpg

Os comportamentos humanos em certas ocasiões conseguem ser tão dispares que nem um pequeno rasgo de bom senso atinge certas mentes. Se almoças no local de trabalho, num espaço onde todos comem, não acharás por bem limpar o teu lugar após fazeres a refeição? Acho que esta ideia é partilhada pela maioria, mas infelizmente não é praticada por todos. 

Embora exista uma pessoa responsável pela limpeza do espaço, não vejo com bons olhos as pessoas que após fazerem a sua refeição, acabam por se levantar, arrumam tudo no seu saco de transporte para a comida e seguem a sua vida, deixando migalhas e vestígios impróprios de que aquele lugar esteve a ser utilizado por alguém que só pensa em si e que não se importaria nada de voltar ao mesmo local no dia seguinte ou mesmo umas horas depois e conviver com o que deixou em espera para que alguém limpe. Acaba por ser inadmissível alguém chegar, procurar um lugar para se sentar e perceber que um dos espaços disponíveis está ocupado com os restos deixados por quem por lá passou anteriormente, deixando o que foi caindo do prato para que umas horas depois o serviço de limpeza fizesse o seu trabalho. É certo que a mesa vai ser limpa mais tarde, mas é mais tarde, não custando nada pegar num papel e deixar a mesa limpa.