Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

Pai Nosso

07.06.16Publicado por O Informador

pai nosso.jpg

Autor: Clara Ferreira Alves

Data: Novembro de 2015

Editora: Clube do Autor

Número de páginas: 480 páginas

Classificação: 2 em 5

 

Opinião: Se o título está perfeito, já a narrativa de Pai Nosso parece um cadeado onde a chave anda desaparecida num palheiro! Clara Ferreira Alves é uma mulher misteriosa e opinativa, mas passar isso para um romance foi arriscado e não correu assim tão bem!

Ao longo desta obra romanceada a que o leitor tem acesso a dúvida persiste do início ao fim... Será que a personagem central não se trata no final de contas da representação da autora? Página após página fui ficando claramente com a sensação que Pai Nosso não passa de um relato vivido pela sua autora, com vários pontos ficcionais misturados com a realidade, servindo assim ao leitor a sua experiência em formato romance. Não estará Clara a fazer-se passar pela personagem Maria?! Suspeitas bem fortes de que a resposta é afirmativa!

Falando agora do conteúdo da obra... Ao longo da leitura fui ficando baralhado com o ritmo com que tudo acontece. Tão depressa se está a viver uma noite quente num hotel em Bagdade como na página seguinte já nos encontramos com Maria em Lisboa para logo depois voltar atrás no tempo e passar a acção para o Paquistão. Ao longo de Pai Nosso vejo um fio condutor mas não o consegui perceber como leitor, ficando sempre baralhado e com vontade de deixar o livro a meio por não conseguir tirar pontos positivos e finais completos quando tudo se vai encaminhando para o término.