Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

29
Abr16

Sexo em discoteca


O Informador

Existe sexo em discotecas! Isto é novidade? Não me parece, pelo menos não me causa qualquer espanto esta parte da notícia! O que acaba por ser, infelizmente, relevante é o facto dos jovens nos tempos que correm além de gostarem de fazer sexo em locais públicos, o que sempre aconteceu, adorarem também dar nas vistas, ser vistos e apoiados por quem está ao seu redor que acaba por ver o ato ao vivo e em direto, de telemóvel na mão e a gravar toda a cena sexual que vai acontecendo dentro das cabines dos locais de festejo noturno!

Os comportamentos sociais evoluem e se em alguns casos acabam por recatar certas atitudes, na maioria das vezes a evolução tem acontecido de forma negativa. Neste caso em especifico o «dar nas vistas» parece estar cada vez mais na moda em determinados grupos que não se coíbem de fazer o que lhes apetece, onde lhes apetece, acabando por provocar quem está à sua volta, dando show e procurando consequências que podem ter um sabor bem amargo daqui a algum tempo. 

A diversão, a vontade, o desejo e a ansiedade com a ajuda do álcool e não só acabam por fornecer um cocktail explosivo a qualquer pessoa mas será que não existem limites de bom senso para com as atitudes? As hormonas podem andar a ferver, mas numa casa-de-banho de discoteca com público ao vivo e com a previsão, como é o caso, de vídeos serem publicados para todos, inclusive familiares, de poderem assistir a estes atos? Nos tempos que correm parece existir cada vez menos discernimento nos pensamentos dos jovens que não medem consequências futuras, agindo consoante vontades do presente. 

29
Abr16

Taxistas contra a Uber


O Informador

Os taxistas estão contra a Uber em Portugal por não quererem concorrência que pague menos impostos e que tem outras condições de trabalho! Estão no seu direito e nós consumidores também estamos no direito de poder escolher!

Agora o que pergunto é... Se os taxistas se queixam da quebra de clientes devido à chegada da Uber a Portugal como pensaram então em fazer uma manifestação nacional para que num dia estejam parados sem ganharem com as voltas que lhes poderiam aparecer? Queixam-se mas depois param para se manifestarem, gastando tempo e combustível sem receberem clientes e algo em troca!

Sinceramente tenho muitas dúvidas que algo mude com esta manifestação dos taxistas que não aceitam ter concorrência direta com melhores condições! Filhos, a vida é assim e quem abre um café também não gosta de ver que uns tempos depois ao seu lado abre um estabelecimento do mesmo género e com preços mais acessíveis e produtos melhores que os seus! 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Segue-me...

Facebook ___________________________________________________________ Instagram ___________________________________________________________ Twitter ___________________________________________________________ Pinterest Visita o perfil de O Informador no Pinterest. ___________________________________________________________ Goodreads
Envelhenescer
Três Homens Num Barco
Confissões de Inverno
O Templário Negro
Larga quem não te agarra
As Desaparecidas
Sentir
A Livraria
A Magia do Acaso
Hotel Vendôme
A Química
Não Gosto de Segundas Feiras
___________________________________________________________ BlogsPortugal
___________________________________________________________ Bloglovin Follow _____________________________________________________

 Subscreve O Informador

Mensagens

Comentários Recentes

Atual Leitura

_________________________________________________________

Parceiros Literários

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Espaço Cultural

_______________________________________________