Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

01
Mar16

Caso Ana Lourenço


O Informador

Quando o universo SIC não sabe aproveitar eis que os bons profissionais batem com a porta e existe logo um bom concorrente a espreitar para fazer uma nova contratação. Ana Lourenço entrou em quezília com a extinta posteriormente direcção de informação e bateu com a porta. Imediatamente a RTP piscou-lhe o olho e a excelente jornalista e óptima pivô mudou-se de armas e bagagens para o canal público. Existiria alguma dúvida que uma profissional como a Ana Lourenço não teria uma ou várias portas abertas assim que saísse do canal de Carnaxide?! Um erro entre vários que a SIC vai cometendo meses após meses, só que até aqui esses erros davam-se mais destacadamente dentro da área do entretenimento e ficção, chegando agora à informação! Sem dúvida alguma que esta é uma boa contratação da RTP!

01
Mar16

Início de Março é assim...


O Informador

Começar um mês e ficar logo de folga é bom demais! Dia 1 assinala também a folga semanal, o dia em que acordei já a manhã ia a meio, passei as restantes horas até ao almoço na cama a saborear o que de bom se faz internacionalmente em termos de ficção. Sentar-me à mesa para um peixinho cozinho e aproveitar a tarde e o sol que apareceu após dias e dias de mau tempo, embora o vento e frio ainda se façam sentir mas em menor quantidade. Isto é um bom início de mês onde as despesas não estão previstas! 

01
Mar16

Bilhete para Allo Allo [24-03-2016]


O Informador

cartaz_net-v3.jpg

Após uma temporada de sucesso pelo Teatro da Trindade do espetáculo Allo Allo e de uma curta digressão nacional no início deste ano, eis que a produção da responsabilidade da Yellow Star Company está de regresso a Lisboa e com um aperitivo extra. Além de voltar com a finalidade de continuar a esgotar sessão após sessão, Allo Allo será o primeiro espetáculo com a assinatura da companhia a entrar em cena pelo Teatro Armando Cortez, em Carnide, que a partir deste mês e até pelo menos ao final do ano será da responsabilidade desta produtora que tem mantido várias salas cheias através de êxitos como A Bela e o Mostro e Boeing Boeing.

O Informador para assinalar este regresso de um sucesso teatral à nossa capital tem um bilhete duplo para oferecer a um leitor do blog que participe, partilhe e tenha a sorte de ser o sorteado para marcar presença na sessão do próximo dia 24, pelas 21h30, de Allo Allo. 

A Yellow Star Company e a Associação Mutualista Montepio têm o prazer de anunciar o regresso do Allo Allo a Lisboa.

Após o estrondoso sucesso desta comédia com 11.898 espectadores, Allo Allo irá estar em cena do Teatro Armando Cortez em Carnide a partir de 10 de Março com sessões de Quinta a Sábado às 21h00 e Domingos às 18h00.

De regresso ao palco com João Didelet, Elsa Galvão, Melânia Gomes, José Carlos Pereira, Filipe Crawford, Suzana Borges, Samuel Alves, José Henrique Neto, Pedro Pernas, Luís Pacheco, Joana Câncio, Mara Prates e Samuel Alves, dão corpo e voz às personagens que animam o café francês mais mediático do momento, René, Edith, Michele, Herr Flick, Coronel, Soldado Helga, Mimi, Alberto Bartorelli, Yvette, Leclerc, General Smelling, Cabtree, Aviador e Gruber.

Este passatempo decorrerá até às 19h00 de 23 de Março, Quarta-feira, e para se habilitarem ao bilhete duplo que tenho para sortear só têm de:

  • Fazer Gosto na página de Facebook d' O Informador.
  • Partilhar este post, mencionando dois amigos nessa mesma partilha.
  • Preencher o formulário que se segue onde só é permitida uma participação por endereço de e-mail.

01
Mar16

As Cores de Um Amor Oculto


O Informador

as_cores_de_um_amor_oculto_fnl_300dpi.jpg

Autor: Firmino César Gonçalves

Data: Dezembro de 2015

Editora: Chiado Editora 

Número de páginas: 282 páginas

Classificação: 3 em 5

 

Opinião: Oficialmente revelo que As Cores de Um Amor Oculto levou-me a fazer uma aproximação com a parte poética que há muito andava ausente da minha vida. Sendo este livro uma união de poemas e pensamentos do autor sobre o amor não correspondido ou magoado, página após página o leitor é convidado a conhecer um ser que sonha, prolonga as suas vontades e sente platonicamente o que está longe, o que não tem correspondência. O ser humano feminino é o verdadeiro amuleto do poeta apaixonado que idealiza um futuro a dois porque sozinho vale tão pouco em comparação com um amor correspondido. Não será a vida recheada de um vazio quando não é partilhada por dois seres que têm um sentimento em comum capaz de seguir de mãos dadas numa comunhão entre o belo, a paz e a paixão? Firmino César Gonçalves mostra como um poeta vive num amor não correspondido, oculto e abafado num mundo em andamento onde a vida pode ser efémera se não aproveitarmos os bons momentos que nos podem ser oferecidos dia após dia. Uma reunião poética refletida num trabalho de autor para ser apreciado aos poucos, em momentos calmos e de forma a ficar na memória!

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Segue-me...

Facebook ___________________________________________________________ Instagram ___________________________________________________________ Twitter ___________________________________________________________ Pinterest Visita o perfil de O Informador no Pinterest. ___________________________________________________________ Goodreads
Envelhenescer
Três Homens Num Barco
Confissões de Inverno
O Templário Negro
Larga quem não te agarra
As Desaparecidas
Sentir
A Livraria
A Magia do Acaso
Hotel Vendôme
A Química
Não Gosto de Segundas Feiras
___________________________________________________________ BlogsPortugal
___________________________________________________________ Bloglovin Follow _____________________________________________________

 Subscreve O Informador

Mensagens

Comentários Recentes

Atual Leitura

_________________________________________________________

Parceiros Literários

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Espaço Cultural

_______________________________________________