Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

Onde andam as meias?

25.12.15Publicado por O Informador

Dinheiro, livros, perfumes, pijamas, doces, aparelhos eletrónicos, desodorizantes, discos, licores, boxers e nada de meias! O Natal realmente já não é o que era!

Onde andaram as meias este ano que não se juntaram aos presentes que sempre são enviados por esta altura por alguém? Assim não estamos no Natal!

Post-its nos presentes

24.12.15Publicado por O Informador

Post-it-13.jpg

O Natal bateu à porta e como são cada vez mais as lojas que não fazem os embrulhos do que compramos para oferecer, na maioria dos casos ensaquei e fiz eu próprio o embrulho para esconder os presentes que irão ser entregues não tarda nada. Como não sou de colar etiquetas com o «De:» e o »Para:», eis que optei por simples post-its para identificar cada saco e os embrulhos que serão reencaminhados para as respectivas pessoas. 

As pequenas folhas coloridas com uma barra colável que são usadas ao longo de todo o ano para me ajudarem a relembrar alguma coisa passadas umas horas serviram neste Natal também para identificar os presentes que assim não são trocados, não correndo o risco de os entregar a quem não pertencem. 

Bravo, Ambrósio!

23.12.15Publicado por O Informador

O Ferrero Rocher é um dos tradicionais bombons que surgem na época de Natal e há anos que este anúncio se tornou célebre com um Ambrósio sempre pronto para agradar a sua senhora! 

Uma publicidade que também ficou reconhecida ano após ano e que continua a chamar a atenção sempre que passa nos intervalos publicitários!

Falsos desejos de Natal

23.12.15Publicado por O Informador

Existe uma coisa que consoante os anos vão passando não consigo evitar, ou melhor, disfarçar. Aos poucos o tempo tem mostrado que disfarçar para se ser um pouco simpático mesmo que contrariado não vale sequer a pena porque quem está do lado de lá não merece o esforço. 

Nesta quadra festiva optei por fazer o que adoptei ao longo de todo o ano, não desejo coisas boas a quem me tem dito pouco ou nada ao longo dos últimos tempos. Se ficarem surpreendidos quando me despeço sem dizer uma palavra simpática paciência porque não vou alterar os meus pensamentos!

A Miss e o Primeiro-Ministro

22.12.15Publicado por O Informador

O que aconteceu com a coroação da Miss Universo 2015 com a candidata da Colômbia a vencer o que não era seu em detrimento da das Filipinas não está dentro da confusão nacional com o cargo de Primeiro-Ministro? 

Ora Cavaco Silva atribui o lugar a Passos Coelho, escolhido pelos votantes, mas passadas umas semanas foi António Costa que se sentou na principal cadeira política. 

A diferença entre as duas situações é que numa a verdade foi reposta e na outra continua a marcar passo com o soberbo do poder com a mania que é o grande triunfador nacional.

Frio de Inverno

22.12.15Publicado por O Informador

frio.jpg

Batemos no final do ano e o frio quis marcar presença entre nós! Temperaturas positivas mas baixas e com os negativos prontinhos a entrarem em acção assim que um pequeno descuido aconteça.

Ouvi dizer até que existem algumas previsões mais promissoras que indicam alguma queda de neve para os próximos dias em várias regiões do país e não só para os pontos altos. 

É Natal! É Natal!

22.12.15Publicado por O Informador

presentes-natal-620x310.jpg

Em menos de nada já estamos na semana mais natalícia do ano!

Presentes comprados, bacalhau na arca, batatas na caixa, couves a caminho (embora não me façam falta) e a galinha a fornecer os ovos, o serão de dia 24 está semi pronto por estes lados para ser passado em sossego como é costume. Sem os grandes alaridos da maioria das famílias nacionais, por aqui a tradição é ficarmos por casa, respeitarmos os costumes gastronómicos mais virados para o peixe e antes das doze badaladas ficarmos pela sala a conversar até que acabamos por trocar os presentes entre nós, abrimos os que nos chegam de outras paragens e passado um bocado já o serão natalício está passado. 

Há uns anos, quando a criança e posteriormente o adolescente cá de casa marcava presença ainda se aguentava para os presentes só serem abertos na hora marcada mas nos últimos anos esse hábito perdeu-se. Não ligamos muito a esta quadra especial do ano e as coisas são feitas talvez porque sim, não existindo um esforço para se seguir um calendário de forma rígida. As coisas vão acontecendo naqueles dois dias e pronto, nada de grandes festejos e felicidade!

E agora o Banif

21.12.15Publicado por O Informador

banif.jpg

Ora vem o BPN, segue-se o BPP e logo depois o BES, agora vem o Banif e o tema dos bancos volta à ribalta, sem nunca ter deixado de lá estar de forma total.

Os nossos sistemas financeiros continuam a mostrar que a sua rentabilidade é pouca ou nenhuma. Em poucos anos quatro bancos caíram e os contribuintes a pagarem de uma maneira ou de outra!

O supermercado da Vila

21.12.15Publicado por O Informador

E ao final da tarde passei pelo novo Continente para umas compras rápidas e ainda bem que esta superfície conta com as caixas automáticas porque todas as outras estavam mais que lutadas com filas enormes, isto a quase uma semana após a abertura. 

Será que existia assim tanta falta de supermercados para agora este novo espaço da Sonae estar cheio e mais cheio a toda a hora? O parque de estacionamento lutado, as caixas lutadas, algumas prateleiras a meio gás mas com boas promoções em destaque por todos os corredores. Está moderno, cheira a novo e foi estudado para não terem de existir grandes mexidas ao longo dos próximos anos.

O que não faltou nesta ida ao supermercado da vila foi a situação do costume... Sempre se conhece alguém, sempre se pára pelo caminho para falar aquele, aquela e aos outros e o tempo que poderia ajudar a umas compras rápidas acaba por esticar!

Irritações

21.12.15Publicado por O Informador

Será de mim ou a maioria das pessoas cria uma certa irritação quando têm um carro recente e a família começa a rondar para ver se o veículo tem algum risco, se está sujo, contém migalhas, leva com algum pó em cima, e por aí fora?

O carro é meu e tenho de ser eu também a verificar essas coisas, será possível não se andarem a intrometer sobre as minhas quatro rodas?

E a questão da média de gastos de combustível por quilómetro? Conseguem controlar-se para manter mais ou menos o mesmo nível e depois alguém pega no carro e estraga tudo? Nova irritação!

Serão divertido!

20.12.15Publicado por O Informador

No rescaldo do jantar de Natal da empresa, confesso que passei um serão bem divertido na companhia das pessoas com quem partilho a maior parte dos meus dias praticamente por obrigação.

Um serão que começou pelas 20h30 e terminou para lá das 03h00 com o sono a aparecer por todos os lados e a ideia de que só iria jantar e partiria para casa logo de seguida a ficar para trás. 

O melhor de há nove anos para cá!