Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

Toda a Gente a Ver

https://www.youtube.com/watch?v=mmTypC2Jdhg

O mais recente tema dedicado ao Secret Story vem de António Raminhos, o ator comediante e apresentador que ficou conhecido no programa 5 Para a Meia-Noite. Ao lado de Pedro Fernandes e Luís Filipe Borges, o tema Toda a Gente a Ver é a nova paródia musical que comenta o reality show da TVI.

Hoje, último dia do ano, termina a quinta temporada do programa e no próximo Domingo, atuais e antigos concorrentes, os mais polémicos de todas as edições, voltam a entrar na casa mais vigiada do país para discutir, comer, rodar e rolar pelas camas, falando alto e bom som que estão de volta para darem nas vistas, garantirem novas presenças e aparições pela imprensa. Querem mais alguma coisa? Poucos sonham com empregos normais depois da passagem pela Casa dos Segredos, por isso mesmo é tão bom discutir e ficar numa casa a encornar e encantar à vista de todos!

Vamos lá ouvir o #todaagenteaver, o próximo sucesso musical dos segredos, depois de tantos concorrentes tentarem a sua sorte pelo mundo das cantorias e vídeos caseiros! Boas entradas e saídas para todos!

Algarve adiado

Primeiro foi pensado para os últimos meses! Depois a data foi alterada para as primeiras semanas de 2015! Agora a minha partida em trabalho para terras algarvias foi adiada talvez até Março ou Abril!

Se por um lado estes dois adiamentos têm acabado por aliviar a pressão dos últimos dias antes de ir viver por uns meses para um local que mal conheço e onde não tenho ninguém, por outro fico expectante por ter de esperar mais um pouco e saber que quanto mais tarde for mais tarde também poderei estar de regresso a casa de forma definitiva.

Penso que poderei gostar de viver a três horas da família e amigos e depois querer ficar por lá. No entanto o meu conhecimento pessoal diz-me que quando for, à partida por quatro meses pré combinados com a entidade patronal, começarei a pensar que já faltará, dia após dia, menos tempos para estar de regresso ao meu lugar, tanto na empresa, como territorialmente. 

Do Outono passou para o Inverno, do Inverno para a Primavera! Será que as coisas estão a ser preparadas inconscientemente para passar os meses quentes junto à praia, podendo desfrutar dos fins-de-semana e finais de tarde à beira mar, com os pés na areia e copo na mão? Seria a hipótese mais apropriada e a que parece que poderá vir a acontecer!

Ofendidos por falar! E se pensar?

Não sei se diga, se conte ou simplesmente pense! O que sei é que se ofendem por admitir as verdades, então nem quero reflectir no que aconteceria se soubessem o que penso sobre cada qual!

Não digo tudo o que me vai passando pela cabeça porque também não sou um maluquinho para andar a disparar para todos os lados. Embora muitas vezes apeteça mandar tudo e todos ao ar e seguir em frente como uma fénix, isso não pode acontecer. Lixam-se com simples palavras e comentários que transmito que nem revelam metade do que me vai pela cabeça. Agora se deixasse escapar tudo o que por aqui vai queria ver a festa que não seria com tanta tinta a escorrer por um autêntico tiroteio de paintball. 

Se já ficam ofendidos com o que falo, imaginem se soubessem o que penso! Ai! Ai! Ai!

Já começaram os Saldos! Boa! Boa! Boa!

A época oficial dos saldos de Inverno já começou! Foi ontem, 28 de Dezembro de 2014, que os preços voltaram a baixar na maior parte das lojas nacionais, para gáudio de muitos!

Pelos próximos dias lá terei que ir espreitar os centros comerciais lisboetas em busca de duas peças pelas quais tenho andado a adiar uma compra à espera dos preços com algum desconto! Será que encontrarei as botas e o casaco ideal até 28 de Fevereiro ou como suspeito as colecções mais caras e melhores de cada marca saem mesmo de venda quando os saldos batem à porta dos lojistas nacionais?

As carteiras estão recheadas e a vontade já aperta para atacarem as lojas mais in do momento, devorando todos os preços baixos da época?! Os consumidores andam aí e nem com o frio irão afastar-se das ricas peças desejadas ou das sobras que agora ganham destaque porque estão com valores bem apetecíveis!

Roupa apertada

Há anos que queria engordar e não conseguia! Agora ganhei seis quilos e sinto-me bem, o pior é que tenho várias peças de roupa que estão a ficar-me apertadas! Coisas de mulheres? Não, os homens também engordam e ficam com problemas no guarda-fatos!

Tenho vários pares de calças que vestia há algum tempo e que agora além de umas que não consigo sequer abotoar, existem as outras que ficam apertadas, parecendo que a qualquer momento podem romper no local mais indesejado possível. Engordei, ganhei peso e estou a ficar sem roupa! No que toca ao vestuário que cobre a parte superior do corpo noto que estou com tudo mais justos mas nada para entrar em alerta, só as calças é que ora bolas, estão a deixar de servir!

Tanto desejei que consegui engordar alguma coisa que se veja, depois de talvez oito/dez anos sempre a rondar os 66kg. Agora já ando pelos 72kg e mesmo que possa estar a caminhar para a falta de roupa aqui por casa de tamanho normal para o meu volume, sinto-me bem e isso é o mais importante!

Espelhos IKEA

[caption id="attachment_9863" align="aligncenter" width="500"]Kolja Espelho Kolja Espelho[/caption]

A IKEA é um mundo para quem já tem a sua própria casa! Como ainda vivo com os pais mas penso que em breve poderei dar o passo da libertação do ninho, a decoração é uma das coisas que mais aprecio na arte de rechear as várias divisões de uma casa!

Como tal e fazendo lembrar alguns blogues bem conhecidos da nossa praça, andei a visitar o portal dos famosos armazéns internacionais e eis que estes espelhos encheram-me o olho e estariam completos para preencherem qualquer quarto que me calhe na berlinda! São simples, sem adereços e práticos para colocar em qualquer divisão, sem existirem as preocupações com as cores e material da moldura envolvente!

Um pormenor sobre espelhos... No meu cantinho de solteiro sempre tenho vivido sem um único espelho! Será possível para quem quer escolher o adereço certo para o local certo daqui a uns tempos?

[caption id="attachment_9858" align="aligncenter" width="500"]Krabb Espelho Krabb Espelho[/caption][caption id="attachment_9859" align="aligncenter" width="500"]Krabb Espelho Krabb Espelho[/caption]

O ano do Facebook

«Foi um ano espetacular! Obrigado por fazeres parte dele.» é a mensagem que está nos últimos posts publicados por todos pelo seu perfil de Facebook. A sério mesmo que as altas linhas da rede social lembraram-se desta estúpida ideia e agora querem que todos publiquem o seu vídeo do resumo do ano? Obrigado mas os meus melhores momentos de 2014 não foram passados pelas redes sociais.

Já o ano passado fizeram algo do género com outra frase a chamar a atenção para a publicação que todos acabavam por partilhar com um resumo das suas imagens ao longo dos últimos doze meses. Agora, como não estavam contentes com tal ideia absurda, quiseram mostrar que são espetaculares e arranjaram um vídeo todo piriri com as frases que podem ser as mais partilhadas pela rede social este ano «Foi um ano espetacular! Obrigado por fazeres parte dele.».

Quem é que anda mesmo a partilhar estas coisas pelo seu perfil sem pensar que poderá fazer o seu próprio vídeo, não tendo que seguir as linhas mundiais do Facebook e ter uma ideia igual a todos os outros, com fotos que muitas vezes nem quer ver serem destacadas porque não interessam a ninguém?

Enfim, continuem a partilhar tudo o que eles querem que daqui a uns tempos acabam por controlar tudo e ainda nos andam a tirar imagens diretamente dos computadores ou telemóveis sem qualquer autorização! Aplausos para a ideia e para quem a alimenta!

Próxima leitura... A Virgem

A Virgem1Depois de dois meses quase forçados a ler Comer, Orar, Amar, eis que já está escolhido o próximo livro que me irá fazer companhia pelos próximos dias, esperando que seja uma leitura bem mais rápida que a anterior.

Tendo sido uma oferta há umas semanas da editora Guerra e Paz que pensei que iria desde logo abraçar, o tempo com a obra anterior foi passando devido à sua fraca história e acabei por ir adiando a leitura do romance da autoria de Tempestade Celestino.

Agora vou embarcar na história de Catarina, a jovem que todos querem ter ao seu lado e que poderá não tocar o mesmo tema que os seus pretendentes mais ousados perante a sua beleza! Bem, por aqui vos deixo com a sinopse de A Virgem porque eu irei ter o prazer completo da sua leitura!

Título: A Virgem

Autor: Tempestade Celestino

Género: Ficção/Romance

Ano de Edição: 2014

Formato: 15×23

Nº de Páginas: 256

Peso: 415

ISBN: 978-989-702-121-3

Catarina é muito bonita, religiosa, educada, obediente, bondosa e não con­segue terminar uma frase sem sorrir. Não há em todaa cidade do Lobito nenhuma moça que cante como ela. E é virgem. Talvez demasiado virgem.

Catarina é a mulher que todo o homem quer ter. Pretendente à mão de Catarina, o maestro Martins da Silva Caquarta é o homem que nenhum ho­mem quer ser. Porquê?

Esta é a história que o povoconta: a bela corista Catarina, o grande maes­tro Caquarta. Será que tocam a mesma música?

Agora um aviso, muadié leitor. Para leres A Virgem prepara-te:

Vais viajar de azulinho, pagas 500 kz e tens sorte se ninguém senta no teu colo.

Tens de pagar assoria a Rei Panda e Bolo Fofo, malandros que controlam a mal-afamada discoteca Estraga Família.

Queres casamento? Paga alembamento na tia Bolinha: quatro pa­res de sapato cabedal de marca Luísa vaiumton e três garrafas de Minet Espumante Grão Couve.

Capricha a ouvir o coro Maná Celestial. Até os flamingos lhe aplaudem.

Não se meta com a tia Nonjamba. No tempo colonial, ela humi­lhou uma karateca, negra bonita, seios provocantes, ancas vo­lumosas, conhecida como Maria Bunda.

Se na casa do pastor Romano falta então a electricidade, grita só com os candengues: Uóóóóóó! Luz foi.

Poças, pá, lês e não vais contar no Fecibuki.

Até já!

Habituava-me bem!

Habituava-me tão bem a esta vida de férias, sem os horários para ir trabalhar, não sendo obrigado a dormir a uma hora razoável para conseguir aguentar o dia seguinte. Nestas férias tenho descansado em casa, adormeço para lá das 2 ou 3 da manhã, deixando-me ficar a ver as minhas séries até às tantas, por saber que na manhã que se avizinha não tenho que acordar pelas 8h para ir trabalhar, podendo ficar a dormir até mais tarde e ficar mesmo depois de acordado deitado na preguiça matinal.

Esta sim seria uma boa vida, sem ter de sair cedo para trabalhar, arranjando um emprego sem horários definidos e que pudesse praticar a partir de casa, sem ter que sair na maior parte dos dias. Sei que não consigo estar fechado um dia inteiro em casa, mas ter liberdade para organizar os meus horários, poder dedicar-me ao blogue, ler e escrever, ver televisão e sentar-me ao sol numa esplanada enquanto vou trabalhando seria ouro sobre azul.

Ui, como me habituava tão bem a esta vida de liberdade, não de férias prolongadas, mas com um emprego sem horários e locais estabelecidos. Sonhos!

Comer, Orar, Amar

Comer Orar AmarUm livro bem aplaudido pela crítica e que acabou por ser um tormento pelo meu percurso literário dos últimos anos! Demorei semanas a ler Comer, Orar, Amar, estando a arrastar este livro pelos meus serões e tempos livres por ter uma história lamechas e ser o típico romance feminino de paixões e encontrões na vida.

O destino de Elizabeth, que vai retratando a sua viagem espiritual por Itália, Índia e Indonésia, é revelado de forma maçadora ao leitor que é levado a conhecer os três países e as suas culturas na perspectiva de uma mulher frágil e em busca de uma mudança profunda na sua vida.

O passado com dor amorosa, traumas e presságios é levado para esta viagem na busca essencial do interior que aos poucos vai sendo moldado graças aos vários modelos de meditação encontrados através de diferentes gurus e sábios espirituais. A auto descoberta, a busca do divino de si e do mundo fazem parte desta narrativa que parece quer mudar os leitores que sofrem com casamentos infelizes, depressões e fraca auto-estima.

Este é um romance de viagens que ajuda a conhecer um pouco das raízes por onde Liz vai passando, no entanto Comer, Orar, Amar não me conseguiu convencer minimamente. Este pode ser considerado o livro dos sentidos através da gastronomia, tradições e experiências, porém nada me conseguiu conquistar nesta viagem de amadurecimento e ascensão pessoal onde se tenta deixar para trás as vivências dolorosas e de esperança através da força e coragem da sua autora.

Um livro fraco que mesmo assim deu origem a um filme que fez sucesso quando estreou pelos cinemas mundiais! Costuma-se dizer que as histórias literárias quando são adaptadas para a grande tela que acabam por perder a sua essência, no entanto neste caso parece-me que o filme ficou melhor que o livro!

Uma obra que não recomendo nem ao menino Jesus!

Televisão no Natal

Nos últimos dias vários foram os queixumes sobre o estado da televisão nacional na época natalícia partilhados pelas redes sociais, reflectindo também um pouco sobre o que acontece ao longo de todo o ano. A questão que coloco é... Quem se queixa que no serão da noite mais familiar do ano nada de bom é transmitido pelos canais generalistas é porque passa essas horas a olhar para o pequeno ecrã sem confraternizar o momento que apregoam de ser especial?

Como estou habituado a ter as noites de Natal bem normais, com o bacalhau à mesa, alguns doces depois e a abertura dos presentes, sem grandes festas, passando quase tudo ao lado aqui por casa, a noite natalícia é quase mais uma de muitas, sem simbolizar o que para muitos é um grande momento familiar onde todos têm de estar reunidos, na conversa e boa disposição que esta época poderá simbolizar para a maioria. Por isso na televisão não notei assim grandes diferenças do que se passa e acompanho pelos outros dias do ano!

Ao final da tarde optei pelos canais de informação com as suas notícias previamente preparadas pelos dias anteriores para que não existam muitas equipas a trabalhar, tendo depois mudando para os principais canais onde acompanhei via TVI o serviço informativo da noite. Depois disso e porque não escondo que embora não acompanhe como nos anos anteriores o Secret Story, sempre fui petiscando e sabendo do que se foi passando ao longo desta edição, vi em família o diário em direto com a noite natalícia dos seis residentes da casa ao mesmo tempo que desvendamos os presentes que chegaram por estas bandas. Após as 23h00 o quarto esperava por mim, tal como a série Scandal que me acompanhou pelo resto do serão até que as pestanas começaram a dar sinais de que o sono estava a chegar.

E pronto, foi assim o meu serão de Natal! O que vi de anormal pelos canais normais que não devia ter visto? Nada porque sempre vejo as notícias, depois enquanto estou no computador deixo a televisão ligada no reality show ou por um canal de música, até que me dedico mesmo às séries! Nada foi alterado na rotina televisiva por aqui, não me podendo queixar este ano desse mundo que todos criticam por quererem ver algo especial e só serem transmitidos filmes ou a programação diária normal de sempre numa noite que acham que devia ser dedicada no pequeno ecrã a algo que ninguém consegue explicar e afirmar o que! Se existem soluções dos programadores de bancada os mesmos não as afirmam, optando simplesmente por criticarem o que é feito sem arranjarem alternativa à realidade!

Pág. 1/5

Mais sobre mim

foto do autor

Pesquisar

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Segue-me...

Facebook ___________________________________________________________ Instagram ___________________________________________________________ Twitter ___________________________________________________________ Pinterest Visita o perfil de O Informador no Pinterest. ___________________________________________________________ Goodreads
Envelhenescer
Três Homens Num Barco
Confissões de Inverno
O Templário Negro
Larga quem não te agarra
As Desaparecidas
Sentir
A Livraria
A Magia do Acaso
Hotel Vendôme
A Química
Não Gosto de Segundas Feiras
___________________________________________________________ BlogsPortugal
___________________________________________________________ Bloglovin Follow _____________________________________________________

 Subscreve O Informador

Mensagens

Comentários recentes

  • O Informador

    Existem os leitores do fast-food e os que gostam d...

  • Psicogata

    Afinal do que gostam os leitores? É a pergunta de ...

  • O Informador

    O que me faz uma certa confusão é ver que alguns d...

  • Psicogata

    Na minha opinião é a atitude correta e acima de tu...

  • O Informador

    Uma questão de não terem noção que estando a menti...

Atual Leitura

_________________________________________________________

Parceiros Literários

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Espaço Cultural

_______________________________________________