Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

22
Mai14

Renascer na praia


O Informador

Um dia de folga, combinar anteriormente ir até à praia, sair de casa por volta das 9h30 para umas compras de última hora e partir por volta das 10h00. Uma hora de viagem que dá início a um dia bem passado ao sol, em boa companhia, sem stress e confusão! Isto é a representação de um bom dia de praia, o pior é o regresso, quando o corpo já está com uma moleza em cima incrível, existindo uma viagem para ser feita e com uma vontade de adormecer como pendura e não querer perder o sentido da viagem, percebendo sempre por onde se passa. Não se fala e não se consegue perceber bem o tempo que a viagem de regresso demora, no entanto a vontade é chegar bem a casa, tomar um banho para tirar a areia e sal acumulados pelo corpo, comer alguma coisa e deitar, relaxar, dormindo até ao outro dia de manhã!

Um dia de praia dá-me uma moleza enorme e o regresso a casa é quase sempre com o pensamento que o dia foi bem passado, serviu para descansar e conviver e que no final vou dormir como uma passarinho exausto em busca do seu ninho acolhedor! Um dia ao sol entre a areia e o mar, com conchas e algas, gaivotas e peixes a passarem é o ideal para deixar de lado o dia-a-dia cansativo de trabalho e da vida normal feita de rotinas. O bom tempo tem o dom de levantar a auto estima de cada um, desfazendo os novelos de mau humor que sobrevivem por cada ser ao longo do inverno e comigo uma ida à praia serve para renovar e reforçar energias, desde que o tempo seja bem aproveitado e não tenha que levar com tempestades de areia!

A moleza que a praia me faz é incrível e quando deixo o areal o que me apetece mesmo é entrar num hotel logo ao virar da esquina, subir a um quarto com uma bela vista, tomar um duche, deixar-me ficar a apreciar o mar longínquo, ali deitado, a olhar através da janela o outro lado, o horizonte, puro como quando vim ao mundo! Adormecer!

21
Mai14

Querido, Mudei de Canal


O Informador

https://www.youtube.com/watch?v=m2eCSeHGoyc

O programa Querido, Mudei a Casa sempre foi uma marca do canal SIC Mulher desde o seu lançamento, agora o formato produzido pela Branded Entertainment muda-se de malas e bagagens para a concorrência, mais concretamente para a TVI Ficção! Uma surpresa televisiva que mostra que não são só os rostos a mudarem de canal, podendo também os programas de sucesso trocarem de casa!

Com vários anos de exibição, centenas de horas de trabalho, uma equipa rotativa e com rostos já bem conhecidos do público, os Queridos mudam-se agora para os lados de Queluz, deixando as paragens de Carnaxide. Apresentado até aqui por Sofia Carvalho e Gustavo Santos, o programa tem o seu público fiel no canal do universo SIC e agora por algum motivo ainda desconhecido deixa a sua casa inicial para se lançar num outro voo. Ao que parece, pelas primeiras notícias reveladas pela imprensa, tudo se irá manter tanto no formato como nos Queridos, só ficando a apresentadora, Sofia, de fora, por ser um rosto da SIC e não da produtora, ao contrário do Gustavo que sempre teve contrato com a Branded Entertainment.

Esta é uma mudança surpresa, que não estava prevista pelo público e imprensa, e sendo agora revelada causa alguma estranheza, estando a nova temporada já a ser gravada para ser transmitida pela TVI Ficção nos finais de tarde de Domingo. Todo o programa continuará a ser feito da mesmo forma, com cinquenta minutos de duração e exibição semanal. A novidade é que além de ser transmitido no canal exclusivo do universo MEO, o Querido, Mudei a Casa também irá passar em modo mais compacto de trinta minutos pela TVI generalista.

Uma aposta certa da direcção dos canais da Media Capital, mas uma grande falha para o grupo Impresa que deixa assim fugir uma marca da casa. Pode-se dizer que desta vez o Querido Mudou de Canal em busca de novos desafios e espetadores, deixando saudades daqui a uns tempos na direcção que o deixou partir!

20
Mai14

A ler... O Leitor


O Informador

O LeitorA meio de Abril fiz uma tripla encomenda através do site da Fnac onde aproveitei para comprar o livro O Leitor, um best seller internacional que também já foi adaptado ao cinema onde ganhou um Globo de Ouro, tendo ao mesmo tempo cinco nomeações para os Óscares. Agora chegou a vez de O Informador tentar desvendar o mistério que está por detrás desta obra da autoria de Bernhard Schlink.

Sendo um dos romances mais acarinhados pela crítica internacional e também dos mais vendidos mundialmente, O Leitor foi lançado originalmente em 1995, tendo chegado a Portugal em 1998, já tendo mostrado nessa altura ser um sucesso pela Alemanha e por outros países. Agora serei eu o leitor deste livro que tem conquistado a boa opinião de muitos e que espero que me consiga também apaixonar com a sua forte história de amor onde um segredo tem de ser protegido!

"O Leitor": nomeação para Óscar de Melhor Actriz Michael Berg, um adolescente nos anos 60, é iniciado no amor por Hanna Schmitz, uma mulher madura, bela, sensual e autoritária. Ele tem 15 anos, ela 36. Os seus encontros decorrem como um ritual: primeiro banham-se, depois ele lê, ela escuta, e finalmente fazem amor. Este período de felicidade incerta tem um fim abrupto quando Hanna desaparece de repente da vida de Michael. Michael só a encontrará muitos anos mais tarde, envolvida num processo de acusação a ex-guardas dos campos de concentração nazis. Inicia-se então uma reflexão metódica e dolorosa sobre a legitimidade de uma geração, a braços com a vergonha, julgar a geração anterior, responsável por vários crimes. Perturbadora meditação sobre os destinos da Alemanha, "O Leitor", é desde "O Perfume", o romance alemão mais aplaudido nacional e internacionalmente. Já traduzido em 39 línguas, a obra está a ser adaptada ao cinema. Para além disso, este romance foi galardoado em 1997 com os prémios Grinzane Cavour, Hans Fallada e Laure Bataillon. Em 1999 venceu o Prémio de Literatura do Die Welt.

19
Mai14

A bateria do iPhone


O Informador

Tudo é muito bonito em ter um iPhone4S pela sua qualidade de imagem e pelas mais variadas aplicações disponíveis pela Apple e não só, o pior mesmo nos telemóveis da marca são as suas baterias. Aqui sim está um verdadeiro problema porque os proprietários dos aparelhos não se podem descuidar muito e volta e meia lá está o carregador prontinho a ser usado novamente, muito vezes nem com 24 horas de distância para com o último carregamento de bateria.

Jogar, entrar nas redes sociais e fotografar tudo e mais alguma coisa ao fim de algum tempo de vida do iPhone4S começa a ser um verdadeiro problema. Até aqui estava habituado a ter telemóveis Nokia ou Samsung que de início duravam três dias em média e depois foram reduzindo para dois ou menos que isso. Agora e logo nos primeiros dias percebi, e sei que não sou o único, que o novo telemóvel precisa de mais recargas que os velhinhos pelo seu elevado consumo.

Com o meu uso normal onde estão incluídas as mensagens, emails, chamadas, redes sociais, fotografias e jogos, ando desde o início a colocar o telemóvel à bateria num espaço de dia e meio ou dois. Isto é uma grande falha da marca, falha essa que já devia estar colmatada ao fim de tanto tempo, ainda para mais quando tudo é perfeito e depois acontecem destas coisas.

Se vou sair e sei que estou algum tempo fora, com o iPhone tenho que fazer o cálculo mais ou menos a que o regresso acontece para colocá-lo a carregar antes de sair, evitando assim ficar pendurando em termos de bateria meia hora depois de andar pela rua.

Ainda devia fazer o teste para perceber quanto tempo o telemóvel aguenta com a bateria totalmente carregada e sem ninguém lhe mexer, mas o vício é mais forte que a intenção e não me iria aguentar.

A bateria do iPhone é o seu único problema, infelizmente! De resto, contentíssimo com a escolha!

18
Mai14

Passatempo - A Manhã de Ser


O Informador

Layout 1Sandra Nóbrega é a autora de A Manhã de Ser, o livro de poesia que a editora Lua de Marfim se prepara para lançar no final deste mês pelas bancas nacionais. Como gosto de presentear os meus leitores com novidades e também boas inspirações, vou oferecer um exemplar deste livro pertencente à colecção Luar de Poesia.

Ao longo de 70 páginas Sandra Nóbrega, a autora do livro sobre momentos da vida real, Histórias Difíceis de Contar, e também do livro de poesia Pedaços D' Alma, mostra agora a sua terceira obra, A Manhã de Ser. 

Quem quiser habilitar-se a ser o vencedor deste livro que tenho para oferecer basta copiar a frase que se segue, colocá-la como comentário a este mesmo texto, fazendo também Gosto nas páginas de Facebook d' O Informador e da Lua de Marfim.

«A Manhã de Ser, O Informador e a Lua de Marfim... A tripla perfeita!»

Este passatempo começa no dia 18 de Maio, Domingo, e termina pelas 19h00 de dia 28, Quarta-feira! Com a participação validada é só ficares atento porque será logo no dia 29 que anunciarei o nome do vencedor que será seleccionado através do sistema random.org. O vencedor será também contactado via email, como tal peço a quem participar neste passatempo que coloque os seus dados corretamente no momento da inscrição para comunicação posterior.

Deixo de seguida a apresentação de A Manhã de Ser e um desejo de Boa Sorte a todos os participantes!

Excerto:

Acordo com a Primavera que floresce no meu corpo.

Desnudo-me até à alma na candura deste Sentir que me invade

Pelo despontar de mais um dia.

Biografia:

SANDRA NÓBREGA – Licenciou-se em educação física e desporto em 1994 pela Faculdade de Motricidade Humana e leciona a disciplina de educação física na escola secundária Jorge Peixinho no Montijo.

Na escrita já participou em 5 antologias. Publicou em 2009 o livro de poesia “Pedaços D’Alma”.

Em 2012, com a chancela da Lua de Marfim, muda de género com um livro de histórias de vida reais “Histórias Difíceis de Contar” que definiu como o seu maior desafio literário.

Em 2014, com este título “A manhã de Ser” regressa ao registo poético.
17
Mai14

Habilidade em escolher


O Informador

Algumas pessoas tem uma certa habilidade em escolher precisamente aquilo que é pior para elas.

J.K. Rowling

A autora da saga Harry Potter partilhou uma expressão real e onde posso afirmar que para a senhora as escolhas profissionais foram tão bem seleccionadas que lhe deram uma grande fortuna da qual tenho inveja! Nos outros campos não sei, mas em termos de escrita e no que atingiu com isso posso claramente confessar que sinto aquela inveja da lourinha!

Sim, os sete pecados mortais são uma coisa feia mas admito que tenho inveja por quem consegue ter tudo e mais alguma coisa com o poder do dinheiro, que não compra tudo, mas que consegue ajudar a atingir grandes objetivos e momentos na vida.

A Rowling teve a grande habilidade de escolher o melhor para ela! E eu, andarei a fazer as escolhas certas ou tenho passado ao lado das mesmas? Boa questão!

Mais sobre mim

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários Recentes

Mensagens

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Segue-me...

Facebook ___________________________________________________________ Instagram ___________________________________________________________ Twitter ___________________________________________________________ Pinterest Visita o perfil de O Informador no Pinterest. ___________________________________________________________ Goodreads
Envelhenescer
Três Homens Num Barco
Confissões de Inverno
O Templário Negro
Larga quem não te agarra
As Desaparecidas
Sentir
A Livraria
A Magia do Acaso
Hotel Vendôme
A Química
Não Gosto de Segundas Feiras
___________________________________________________________ BlogsPortugal
___________________________________________________________ Bloglovin Follow _____________________________________________________

 Subscreve O Informador